Dynasty – 1×02 – Spit It Out

Imagem: The CW/Divulgação

Não importa o evento, o drama sempre acompanha a família Carrington.

Spit It Out aproveita o ótimo gancho deixado no final do episodio anterior para organizar a dinâmica do segundo episódio e explorar mais os personagens apresentados. Ao que tudo indica cada episódio terá um grande evento e dessa vez se trata de um funeral. Toda atenção da mídia e do FBI está sob os Carringtons e mesmo com tantas brigas e diferenças eles precisam se manter unidos pelo bem dos negócios e da família que no final das contas da no mesmo.

Continua após a publicidade

As coisas já começam agitadas. Quando o casal está prestes a sair em lua de mel o casamento se torna uma investigação de homicídio colocando os Carringtons como principais suspeitos. Claudia está mais desequilibrada que o normal e ao mesmo tempo muito sã e faz acusações fortes sobre os responsáveis pela morte de seu marido. Steven até tenta justificar o estado mental de Claudia para um policial, mas não é suficiente para eliminar as suspeitas. Falando em Steven parece que o relacionamento com Sam está ganhando mais espaço. Só resta saber se o Sam está apenas jogando com Steven para ganhar vantagem. Ele é sobrinho de Cristal e se ela tem caráter duvidoso ele definitivamente também tem. Tudo farinha do mesmo saco.

Fallon continua determinada a fazer da vida da nova madrasta um inferno e não mostra nenhuma misericórdia em seus comentários sobre a situação. Ela é tão imponente que nem se inclina ou esboça espanto quando seu pai lança com copo em sua direção que acaba atingindo a parede. Fallon devolve um sorriso e avisa que seu pai errou. Como não amar essa mulher?

Que Fallon tem sentimos por Culhame, seu motorista nós já sabemos, mas e Jeff? Parece que um triângulo amoroso começa a ganhar forma e será interessante ver a moça divida ou quem sabe se divertindo com os dois. Fallon é capaz de fazer várias coisas e misturar negócios com prazer pode ser uma delas. Jeff prova que ele confia em Fallon independente dos pensamentos dela. Sua irmã tem o papel de sempre alertar sobre não confiar na família rival. Mesmo assim, acredito que ele saiba que pode correr o risco de ser usado em algum momento. Jeff é potencialmente perigoso, é só ficar de olho.

Imagem: The CW/Divulgação

Uma cena de destaque desse episódio sem duvida é quando Cristal está discutindo com a enteada e no final empurra Fallon dentro de uma cova vazia. Eu ri muito, mas ao mesmo tempo não gostei. Já sou #TeamFallon. A rivalidade só aumenta. Outro fato interessante foi ver Fallon usando um vestido vermelho na recepção do funeral. Sua presença além de incomodar e chamar atenção ainda trouxe referências a Alexis, sua mãe e primeira esposa de Blake. Pelo que sei na versão original ela só apareceu na segunda temporada. Parece que temos mais um mistério no ar. Eu mal posso esperar para ver mais uma mulher chegando para tirar a paz de Cristal.

Sai a decoração de casamento e entra a decoração de uma recepção após o funeral de um dos funcionários da empresa. Cristal troca o vestido branco e a alegria de recém-casada por um vestido preto e luto. Noiva e viúva no mesmo dia! Mas Cristal é esperta e logo assume controle da situação e se afirma como a Sra. Carrington e também como a nova CEO durante uma discussão com um amigo de Matthew que resulta na demissão do sujeito. A família conhece o romance de Cristal com o finado, é importante que mais ninguém saiba, principalmente a mídia que Blake acaba convidando. Já sabemos que seu verdadeiro nome é Celia Machado e graças a Sam descobrimos que ela já fez coisas questionáveis em nome da família. Um dos grandes mistérios da temporada é saber quem é essa mulher e isso com certeza deixará tudo mais quente.

Como não sabemos nada sobre Cristal é bem possível que ela esteja fazendo sua melhor performance (leia-se teatro) para se livrar das suspeitas e de uma acusação de homicídio. Cristal chegou à família faz pouco tempo, mas precisa aprender rápido que família e negócio andam de mãos dadas. Seja como for, Fallon está de olho nela e Joseph Anders também. Falando nele, parece que nosso mordomo já sacou quem é Cristal e já descobriu alguns pobres da nova Sra. Carrington. Que as chantagens comecem! É sonhar muito uma cena ao estilo Nina e Carminha em Avenida Brasil com a clássica “Me serve vadia”? Bem, se tratando de novelão, tudo é possível. Seja como for Cristal guarda muitos segredos, sobre sua família, origem e o que fez antes de conhecer Blake.

A morte de Matthew parece ser um dos grandes mistérios da temporada. Todos têm motivos para o acidente, mas a morte pode ter sido na verdade apenas um efeito colateral dentro do jogo sujo que rola em Atlanta. Fallon poderia ter planejado para reduzir o preço das terras e atrapalhar os negócios do pai. Cristal pode ter encontrado um jeito de se livrar de seu amante que ao que parece estava muito mais envolvido que ela. Jeff poderia ter traído Fallon e arruinado os negócios dos Carringtons. E Blake talvez não tenha aceitado muito bem a coisa da traição e resolveu mostrar quem manda. Há muita ganância e desonestidade principalmente entre os recém-casados. Todos desconfiam de todos na mansão e ninguém é capaz de dizer quem é o responsável pela morte de Matthew e enquanto isso cada um tenta tirar de si qualquer suspeita. Jogar a culpa para Jeff é o movimento mais obvio que Blake poderia fazer, mas nada sai como o esperado. De todos os suspeitos Steven seria o ultimo e acabou sendo o único preso. Acredito que não seja ele o responsável, mas foi um bom final de episódio.

Eu realmente estou gostando de Dynasty. O drama, a riqueza, os relacionamentos complicados, personagens que têm algo a esconder, são bons elementos para uma boa história. Além de Dallas e Gossip Girl como já citei antes algo faz lembrar Revenge (uma antiga paixão). Enquanto apresentar episódios divertidos como esses dois, vale muito a pena assistir Dynasty e se deliciar com a guerra declarada de Fallon e Cristal.

Tags Dynasty
Yuri Alves

Yuri Alves

Bacharel em Direito, fascinado pelo universo dos heróis e um viciado por séries e filmes. Um escritor a procura do meu espaço. Amante dos livros e da boa música. Adoro realitys. A série da minha vida , The OC. No Mix, sou responsável pelos textos de algumas séries como, Blindspot , Ozark, La Casa de Papel entre outras. Quando não estou no cinema ou maratonando uma série estou me aventurando na cozinha.

No comments

Add yours