É oficial: Disney vai comprar parte da 21st Century Fox por 52.4 bilhões de dólares

Imagem: ABC/Divulgação; Fox/Divulgação; Disney/Divulgação; 20th Century Fox/Divulgação

No início de novembro, o Mix de Séries trouxe ao leitor a possibilidade da Disney adquirir grande parte da 21st Century Fox. Já na semana passada, nós comunicamos que as partes estavam bem próximas de um acordo que poderia ser anunciado nos próximos dias. Durante esse tempo o processo acelerou-se a partir do momento que a Comcast (controladora de todo o grupo da NBCUniversal) desistiu das conversas e o caminho ficou livre para a aquisição.

Com muita ansiedade e empolgação, seja do mercado financeiro, da indústria e da mídia que cobre tal movimentação, o acordo foi anunciado nesta quinta-feira (14). Segundo a CNBC, o valor do acordo é de 52.4 bilhões de dólares, que também consiste na manutenção de Bob Iger, CEO da Disney, no cargo até 2021 como garantia de uma transição “tranquila” e adequada.

O acordo inclui a 20th Century Fox, 20th Century Fox Television, Fox Star Studios, FX Networks, National Geographic, afiliadas esportivas regionais, ações internacionais estratégicas (como a América Latina), 39% da Sky, o que proporciona uma abertura estratégica para o mercado de mídia na Europa, tal qual 30% da Hulu, dando controle de 6o% para Disney haja vista que a empresa já controlava 30% da plataforma.

Continua após a publicidade

Não fazem parte do acordo – a Fox, Fox Sports, Fox News, Fox Business e as afiliadas da emissora ao redor dos Estados Unidos. De acordo com a CNN, tais empresas serão recolocadas sob a guarda da News Corporation (também da família Murdoch), que já inclui o The Wall Street Journal, o New York Post, o The Sun e o Sunday Times no Reino Unido e entre tantos outros meios de comunicação mundo a fora.

Enquanto a Disney busca cada vez mais conteúdo para seu portfólio, uma vez que ela planeja lançar sua própria plataforma digital em 2019, a família Murdoch observa que não tem como competir e acompanhar as mudanças da indústria da mídia nos últimos anos. Sabendo disso eles planejam focar em esportes e notícias, até porque mesmo que quisessem vender a Fox não seria possível, uma vez que as leis anti-trust impedem que a Disney (dona da ABC) seja dona de mais um canal da TV aberta, assim como emissora a cabo de esportes já que não seria possível uma mesma empresa controlar a ESPN e a Fox Sports.

Esse acordo coloca Modern Family sobre total controle da Disney, haja vista que é de propriedade da 20th Century Fox TV e exibida pela ABC, além de deixar a porta aberta para um potencial cruzamento entre os Vingadores (Disney) com os X-Men (Fox) no cinema, sem contar com Quarteto Fantástico, Avatar, Family Guy, Arquivo X e entre tantos outros. Essa compra vem num momento que o Departamento de Justiça desafia a fusão da AT&T com a Time Warner (dona da HBO, CNN, TBS, Warner Bros. e entre outras) nos tribunais norte-americanos.

O Mix de Séries entrou em contato com a Fox Film do Brasil assim como a FOX Networks Group Latin America, que controla Fox, FX, NatGeo, Fox Sports e outras que você tem no seu pacote da TV a cabo para saber o que tal acordo significa para o consumidor. A assessoria da Fox Film do Brasil anunciou que “não vai se pronunciar sobre o rumor da compra”, enquanto nós não tivemos resposta da FOX Networks.

Nós também contatamos a ABERT (Associação Brasileira de Estações de Rádio e Televisão), que foi contra a fusão da AT&T com a Time Warner no Brasil, tal qual a Anatel e o CADE (agências do governo que trabalham na aprovação ou rejeição de fusões e compra e venda). O CADE respondeu que “ainda não foi notificado da operação, o que impede qualquer posição a respeito”. Ainda não há posicionamento da ABERT ou da Anatel.

Para ser aprovado e efetivado, o acordo precisa ser analisado pelo Departamento de Justiça e, caso necessário, ser estudado pelo Congresso dos Estados Unidos.

Tags DisneyFOX
Avatar

Bernardo Vieira

Catarinense e estudante de direito. Escrevo sobre entretenimento desde 2010, mas comecei com política internacional depois da campanha americana de 2016. Adoro uma premiação e um debate político, mas sempre estou lendo ou assistindo algo interessante. Quer saber mais? Me pague um café e vamos conversar.

No comments

Add yours