E quando as séries de TV influenciam sua vida?

Existe aquele tipo de seriador que não se contenta em vivenciar a sua série predileta só no “episódio nosso de cada semana”.

Continua após a publicidade

Esse tipinho de gente (sim, tipinho. É eu sou um deles!) costumam trazer para o seu cotidiano referências dos seus programas prediletos de TV, isso quando não se vestem iguais ou baseados, citando referências e tudo mais.

Alguns acham que essa galera precisa de um hospício. Outros acham que elas precisam de vida (lembram do nosso post sobre vida social? Não? Corre AQUI).

A verdade é que a séries de TV influenciam o cotidiano  mais do que a gente pensa…

 

Vai dizer por exemplo, que você nunca foi para um café com uns amigos em um fim de tarde de quinta feira, só pra jogar conversa fora e fazer piadas completamente sem nexo?

 

Totalmente F.r.i.e.n.d.s

 

Ou pra um bar na sexta a noite com a esperança de que seria ali que você encontraria a mãe de seus filhos…

 

Ahm? Encontrar a mãe dos meus filhos? Eu quero é beber e ser legen…DARY!

 

Dou o meu braço a torcer se não teve gente que passou a prestar mais atenção nas aulas de química, após fazer uma maratona esperta de alguma série que mostra como enriquecer usando-a.

 

 

Vou ficar rico, bitch! (#sqn)

 

As gírias então? Essa já fazem parte, né?

 

Sou nerd, jogo RPG, discuto Marvel vs DC. mas sou cool!

 

E vem tentar me convencer que você consegue entrar num avião sem problema algum após assistir Lost?

 

Cancelando as milhas agora!

 

Mas séries pode incentivar a praticar exercícios também. Quem aí tá malhando pra ficar igual ao Oliver Queen?

 

“Eu na academia. Faço isso 4 vezes seguidas”. (#SQN #NãoLevantoNemABarra #YouHaveFailedMaromba)

 

Além do comportamento, a moda e os acessórios são importantes na vida do seriador aficionado. Por exemplo, seriador que é seriador surta ao ver aquela estampa maneira que a Chico Rei acabou de lançar da série predileta! (Calma que tem surpresa no fim do post!)

 

Tem camisa nova da minha série na Chico Rei?  #EuQuero

 

Ou começa a encher o caderno de adesivos, a estantes de objetos que fazem referência ao protagonista do seu amado show entre outros…

 

 

É, a vida do seriador é assim. Você se encaixa neste tipo? Conta pra gente, o que as séries de TV influenciam na vida de vocês?

Surpresa: a Chico Rei e o Mix tem um presente pra vocês! Já que o assunto desta semana é a influência das séries no nosso cotidiano, nada mais justo do que vestirmos essa tendência. Com descontos! Corre agora na página da loja (www.chicorei.com), escolhe sua estampa e use o cupom exclusivo do Mix para ganhar 15% de desconto. Tem estampa pra tudo quanto é gosto, inclusive de algumas séries referenciadas neste post. Por isso, ao finalizar a sua compra, digite o cupom “mix” (sem aspas) pra poder chorar de alegria.

Tá vendo? Já pode abrir aquele sorrisão, presente nosso pra vocês 😀

Até a próxima.

Anderson Narciso

Anderson Narciso

Mestre em História, apaixonado por mídias, é o editor responsável e idealizador do Mix de Séries. Eterno órfão de Friends, One Tree Hill e ER, acompanha séries desde que se entende por gente. No Mix é editor de colunas e de notícias, escreve a coluna 5 Razões e resenha a série Gotham.

18 comments

Add yours
  1. Avatar
    Alice Risso 19 setembro, 2014 at 09:37 Responder

    Tem sempre o momento em que eu acho que os personagens existem. Tipo uma vez eu estava no hospital há horas e o médico não sabia o que era. Só pensei “Se fosse o House eu já estava fora daqui”.

  2. Avatar
    Alice Risso 19 setembro, 2014 at 09:37 Responder

    Tem sempre o momento em que eu acho que os personagens existem. Tipo uma vez eu estava no hospital há horas e o médico não sabia o que era. Só pensei “Se fosse o House eu já estava fora daqui”.

  3. Avatar
    Janyne Bib's 19 setembro, 2014 at 17:20 Responder

    Quando eu era teenage, eu imaginava minha vida like a gossip girl( só que pobre,RS), quando eu tava na aula de anatomia na faculdade, me sentia em greys Anatomy. Hahaha

  4. Avatar
    Janyne Bib's 19 setembro, 2014 at 17:20 Responder

    Quando eu era teenage, eu imaginava minha vida like a gossip girl( só que pobre,RS), quando eu tava na aula de anatomia na faculdade, me sentia em greys Anatomy. Hahaha

Post a new comment