O Fenômeno Shondaland

Shondaland

 

Se você é um seriador, com certeza sabe quem é Shonda Rhimes. Mesmo que não assista a nenhuma das séries produzidas por ela (o que é cada vez mais raro), seu nome é tão forte que todos que acompanham a televisão americana conhecem.

A roteirista, cineasta e produtora criou sua própria empresa em 2005, para produzir Grey’s Anatomy (que ainda está no ar, na sua décima segunda temporada). Desde então, Shondaland contou com mais quatro séries. As que já estão fora do ar são Private Practice, um spin-off de Grey’s e Off The Map, que fracassou e foi cancelada no seu primeiro ano. A série política Scandal está na quinta temporada, sempre com bons resultados, e o mais recente sucesso da produtora, How To Get Away With Murder, acabou de estrear a segunda temporada. Além delas, seu próximo lançamento confirmado será The Catch e já se fala sobre mais uma vindo por aí.

Continua após a publicidade

 

Contra fatos, não há argumentos.

 

ViolaDavisEmmyEm suas cinco produções, quatro são ou foram sucesso. Nesses onze anos, foram aproximadamente 240 nomeações a diversos prêmios da área e Shondaland levou o troféu para casa aproximadamente 100 vezes. Isso equivale a 42% de aproveitamento. As vitórias de maior destaque foram: o Globo de Ouro de Melhor Série de Drama de 2007, para Grey’s Anatomy e o recente Emmy Awards de Melhor Atriz Dramática para Viola Davis, por ter sido a primeira negra a receber este prêmio. Além desses, as cinco vezes que Grey’s levou o People Choice Awards de Melhor Série de Drama podem não representar os críticos e a indústria, mas mostram um pouco de como o público acompanha de perto as produções de Shonda Rhimes.

E não para por aí. Que Grey’s Anatomy faz sucesso há anos todos nós já sabíamos, mas, de 2014 para cá, é perceptível que Shonda está em seu momento de glória. Afinal, desde o ano passado, Shondaland tem as noites de quinta-feira garantidas para ela na emissora ABC. A chamada #TGIT (Thanks God, It’s Thursday) se tornou a noite mais importante e lucrativa da semana para o canal. Durante a temporada passada, na audiência geral da noite de quinta-feira, as séries de Shonda só perdiam para The Big Bang Theory. E, na maioria das vezes, eram as vencedoras de seus horários de transmissão.

 

Qual será o segredo do sucesso?

A pergunta é: qual é o diferencial para tamanho sucesso? O que as séries tem de tão especial que conquistam um público tão grande e fiel? Podemos começar pelo óbvio: Shondaland não só representa, como dá poder às minorias. Suas quatro maiores produções tem mulheres como protagonistas, sendo duas delas negras. E se engana quem acha que elas são estereótipos de mocinha de novela das oito. Passam muito longe disso! Meredith, Addison, Olívia e Annalise são fortes e cheias de erros. E não só as principais, mas todos os personagens, são profundos, complexos e humanos. Sentem medos, cometem erros, se divertem, se apaixonam, se ferram… Assim como todos nós.

Também não dá para passar o detalhe de que as mulheres de Shonda sambam na cara do machismo. Meredith, quando solteira, não tinha vergonha de beber tequila e dormir com quantos caras quisesse. Addison traiu o marido (considerado o cara perfeito) com o melhor amigo dele e, mesmo assim, foi aclamada e perdoada pelo público. Olívia é amante de anos do presidente dos Estados Unidos. Annalise tem um casamento infeliz e trai o marido. Cristina Yang abortou não uma, mas duas vezes, por não querer filhos. O fato das personagens mais importantes das séries terem defeitos, cometerem erros ou fazerem escolhas tão comuns, as torna extremamente identificáveis com o público.

 

 

O foco nas minorias e na quebra de preconceitos não acaba por aí. Shondaland mostra que até as pessoas providas de beleza sofrem (como é o caso de Izzie, em Grey’s Anatomy) e não se importa de colocar uma oriental e uma gorda no núcleo principal. Todas as suas séries também tem personagens gays ou bissexuais, de extrema importância para o enredo. E, além de mostrar toda a luta para a aceitação da sociedade, a representação é a mais real possível: FAMÍLIAS exatamente normais, que se amam como todas as outras.

Tudo isso não seria suficiente se não fosse bem feito. E Shondaland faz direito. Roteiros excelentes e trilhas-sonoras impecável são marcas registradas das séries da produtora. Além, é claro, de saber mexer com todas as emoções dos telespectadores. Shonda não tem medo de matar personagens queridos ou separar casais de sucesso. E, por causa disso, ganhou até o apelido carinhoso de Shondanás por aqui pelo Brasil. E o mais incrível? Apesar de causar tristeza e choro em todos que acompanham, é difícil encontrar quem tenha conseguido largar de vez todas as suas séries.

 

 

Como podemos ver, vários fatores podem ser os responsáveis pela atual febre Shondaland. Mas esses são só alguns motivos. Se continuarmos a pensar sobre, acharemos muito mais! Por isso queremos a sua opinião: para você, qual é a fórmula do sucesso de Shonda Rhimes?

*Texto originalmente publicado no dia 11 de outubro de 2015.

Avatar

4 comments

Add yours
  1. Eduardo Nogueira
    Eduardo Nogueira 11 outubro, 2015 at 13:13 Responder

    Excelente texto, Fê. Shonda realmente é um ícone na TV americana, e é difícil imaginar nenhuma atração dela na TV americana. Não gosto de Greys, e isso não é segredo para ninguém, mas mesmo assim é incontestável seu sucesso, o mesmo em relação a Scandal, que série maravilhosa. E Murder está indo para o mesmo caminho. Um sonho meu: ela produzir uma comédia de humor negro, quem sabe?

    • Avatar
      Fernanda Azevedo 11 outubro, 2015 at 16:03 Responder

      Quem sabe? Não sei se é a especialidade dela. Será que ficaria bom?
      Obrigada por prestigiar e por elogiar, Duh! Beijos

  2. Avatar
    Paula Reis 11 outubro, 2015 at 20:23 Responder

    Sensacional, Fer! Shonda é fenômeno mesmo. O que ela faz eu não sei… deve ser um hipnotizador que causa vício, porque não consigo largar nenhuma das séries que esta mulher cria! Hahahaha.

    • Avatar
      Fernanda Azevedo 12 outubro, 2015 at 01:23 Responder

      Quem consegue, Paulinha? hahahaha. Eu quase morri junto com o Derek, jurei nunca mais assistir e tô aqui, chorando com todos os episódios de Greys! hahaha
      Obrigada!!! *-*

Post a new comment