Ellen Pompeo repreende jornalistas por falta de diversidade no grupo; veja

Ellen Pompeo, Grey's Anatomy, Diversidade
Ellen Pompeo, Grey's Anatomy, Diversidade

Imagem: Net-A-Porter/YouTube

Durante uma entrevista para a revista britânica Net-A-Porter, Ellen Pompeo chamou atenção dos jornalistas e da equipe de gravação pela falta de diversidade no grupo de trabalho. As informações são do IndieWire.

Ao lado de Gina Rodriguez, Gabrielle Union e Emma Roberts, haja vista que a reportagem era sobre “Mulheres na Televisão”, a atriz aproveitou o tópico de falta de diversidade para chamar atenção dos próprios entrevistadores. “O dia de hoje foi incrível, e há muitas mulheres na sala. Mas eu não vejo muita cor,” disse. “Eu não vi muita cor quando eu entrei na sala hoje,” continuou.

Eu tive uma reunião com um diretor de outro projeto que eu estou fazendo quando disse, ‘você sabe, quando eu aparecer no set, eu gostaria de ver a equipe se parecer com o mundo que eu vejo todos os dias,” afirmou. “É nossa responsabilidade em falar em todas as salas na qual entramos e dizer que isso não está certo. Que podemos fazer melhor. Esse é o nosso papel. Nós criamos esse problema,” disse a atriz.

Continua após a publicidade

Contudo, essa não é a primeira Pompeo demonstra preocupação em relação ao assunto. Em junho deste ano, ela apoiou Brie Larson ao pedir maior diversidade racial nos jornalistas que cobrem lançamentos de séries e filmes. Em conversa com o Entertainment Tonight, ela afirmou que iria “certificar-se que repórteres negros tivessem a chance de me entrevistar”.

Em síntese, Pompeo está atualmente no ar com Grey’s Anatomy; Emma Roberts esteve na recém finalizada American Horror Story: Apocalypse; Gina Rodriguez está na última temporada de Jane The Virgin, assim como um grande número de outros projetos; Gabrielle Union, enfim, está no elenco do spin-off de Bad BoysL.A.’s Finest .

A reportagem da revista, quem quiser, pode ser lida clicando aqui.

Avatar

Bernardo Vieira

Catarinense e estudante de direito. Escrevo sobre entretenimento desde 2010, mas comecei com política internacional depois da campanha americana de 2016. Adoro uma premiação e um debate político, mas sempre estou lendo ou assistindo algo interessante. Quer saber mais? Me pague um café e vamos conversar.

No comments

Add yours