Ator de Empire, Jussie Smollett é preso em Chicago por falso registro de crime

Jussie Smollett, Empire
Imagem: Richard Shotwell/Invision/AP
Jussie Smollett, Empire
Imagem: Richard Shotwell/Invision/AP

Entenda o caso envolvendo ator da série Empire

O ator da série Empire, Jussie Smollett, foi preso na manhã desta quinta-feira (21), em Chicago, sob acusação de falso registro de crime e conduta desordeira. As informações são da NBC News, Washington Post e Associated Press.

Continua após publicidade

A prisão vem horas após ele ser indiciado por um grande júri. Ele foi acusado de mentir para polícia ao afirmar ter sido vítima de um crime de ódio. A detenção do ator é mais uma reviravolta num caso que vem surpreendendo desde o ocorrido no final de janeiro. Na ocasião, o Mix de Séries noticiou que Smollett estava internado após um suposto ataque racista e homofóbico.

Continua após a publicidade

Desde então, a investigação da polícia de Chicago vem mostrando que o ator, na verdade, pode ter orquestrado o próprio ataque. Tudo começou com Jussie hesitando em cooperar com as autoridades, inclusive negando a entregar seu celular para perícia. Com isso, detetives buscaram câmeras de segurança em busca de pistas que acabaram levando aos suspeitos.

Continua após publicidade

Os irmãos foram liberados após serem interrogados e ficarem presos por dois dias. De acordo com a polícia, eles não eram mais suspeitos do suposto crime. As provas coletadas, assim como o testemunho dos rapazes, levou a procuradoria a criar um grande júri que culminou com Jussie sendo indiciado.

Dúvidas

Apesar da comoção criada em volta do caso, alguns especialistas da área de segurança e jornalistas se mostraram céticos em relação ao ocorrido. Primeiramente porque o crime teria acontecido na noite mais fria do ano em Chicago. Não tinha ninguém na rua além dos supostos agressores e Jussie.

Continua após publicidade

Além disso, chamou atenção o fato da TMZ ser o único veículo de mídia a ressaltar que a agressão teria sido feita por apoiadores de Donald Trump. O Mix de Séries decidiu, inclusive, não incluir o detalhe na reportagem. Haja vista  que nenhum meio de comunicação trazia tinha confirmado o detalhe.

Supostos motivos

De acordo com a CNN, o ator teria orquestrado um falso crime de ódio porque estava com medo de perder seu personagem em Empire. A Fox, assim como os criadores (Lee Daniels e Danny Strong), negam essa informação. Por outro lado, também falou-se que o motivo teria sido a “pouca atenção” que ele teria recebido após receber mensagens ameaçadoras no passado. Contudo, agora investiga-se a possibilidade do próprio ator ter enviado a si mesmo tais cartas.

Continua após a publicidade
O MIX DE SÉRIES atingiu 10 milhões de visitas mensais e vamos ensinar tudo que aprendemos nessa caminhada! Aumente o tráfego do seu site com técnicas avançadas de SEO.
Faça seu pré-cadastro aqui!

A FOX ainda não se pronunciou sobre o ocorrido.

[Atualizado em 21/02/2019 às 13h15] Numa coletiva de imprensa encerrada há pouco, o superintendente de polícia, Eddie Johnson, deu mais detalhes do caso. “Esse anúncio hoje reconhece que o ator de Empire, Jussie Smollett, tirou vantagem da dor e ódio envolvendo racismo para promover sua carreira,” disse. Em seguida, ele descreveu o que teria acontecido.

“Primeiramente, Smollett tentou ganhar atenção ao mandar uma falsa carta que trazia linguagem racista, homofóbica e política,” disse. “Quando isso não funcionou, Smollett pagou três mil e quinhentos dólares por um ataque e jogar a reputação de Chicago na lama. E o porquê? Essa cena foi orquestrada porque ele estava insatisfeito com seu salário, então ele criou essa história sobre ser atacado,” disse.

Questionado sobre o que o ator poderia fazer, Johnson foi objetivo. “Justiça absoluta seria um pedido de desculpas para essa cidade que ele desonrou; admitir o que ele fez; e em seguida ser homem o suficiente para oferecer uma compensação por todo os recursos envolvidos nisso,” concluiu.