As novidades da Netflix de 01 à 15/01: o que vale a pena (ou não) assistir

as novidades na netflix

 

Estreia hoje a mais nova coluna do Mix de Séries. As Novidades da Netflix, como o nome sugere, abordará as séries e filmes que chegam ao catálogo da plataforma regularmente. A cada quinze dias faremos um apanhado dos lançamentos e traremos sinopses e breves comentários daquilo que você pode assistir. A ideia é trazer para você, leitor, opções do que assistir. Sabemos que você gasta horas indo e voltando no catálogo para enfim achar algo legal para assistir. Agora, as coisas ficaram mais fáceis. Então, siga em frente e, depois, curta uma novidade na Netflix. Ou duas. Ou cinco…

 

Continua após a publicidade

A-Young-Doctors-Notebook-mixdeseries

oqueé

Segunda temporada da série estrelada por Jon Hamm e Daniel Radcliffe. Com duas temporadas lançadas até agora, o show conta com oito episódios de 25 minutos no total. Em uma mistura de drama e comédia, o programa conta a história do Dr. Vladimir, um sujeito que passa a recordar a juventude e o início de sua carreira na medicina. Hamm e Radcliffe interpretam o mesmo personagem em períodos diferentes da vida.

vale a pena assistir

Ideal para ser assistida de uma só vez, Young Doctor é a típica série britânica; curta, as duas temporadas disponibilizadas na Netflix totalizam oito capítulos de 20 minutos cada. Aqui, a mistura de drama e comédia pode soar estranha, mas o resultado é positivo. Destaque para as performances de Jon e Daniel, além da ambientação certeira, que joga o público para uma ótima atmosfera de época.

 

American crime mix

oqueé

Segunda temporada da elogiada antologia criada por John Ridley. No segundo ano, parte do elenco retorna para uma história totalmente nova, mas sem deixar a forte crítica social de lado. Dessa vez, o foco é um estudante do ensino médio que acusa dois jogadores de basquete de estupro. Entram em cena as questões familiares e sociais de todo o processo (a vítima é de uma escola pública, os acusados de uma particular) e Ridley aproveita mais uma vez para construir um pequeno retrato da sociedade americana.

vale a pena assistir

Das antologias lançadas nos últimos cinco anos, American Crime talvez seja a mais subestimada. De forte apelo social, o projeto de John Ridley surpreende pela coragem e elenco, principalmente se considerarmos que esta é uma série de TV aberta. No segundo ano, Ridley e seu time de roteiristas tocam em feridas pulsantes não só da sociedade norte-americana, mas pintam um retrato doloroso, porém fiel, da vida urbana como um todo. O ritmo pode afugentar os mais apressados, mas a recompensa vale a pena.

 

desventuras mix

oqueé

Série original da Netflix baseada nos livros de Lemony Snicket (pseudônimo de Daniel Handler). Na história, três crianças ficam órfãs depois da morte repentina dos pais. A herança é boa, mas eles devem ficar sob a tutela de um tal de Conde Olaf. Só que nada de bom está para acontecer na vida destes pequenos órfãos e o show, assim como os livros, promete contar suas desventuras.

vale a pena assistir

É impossível discutir Desventuras em Série sem compará-la com os livros que lhe deram origem e a adaptação cinematográfica de 2004. Ao lado de seus gêmeos literários, a produção da Netflix é um exemplo de fidelidade e respeito. Também pudera: Daniel Handler, autor dos romances, está diretamente ligado às decisões criativas do programa. Isso garantiu uma passagem delicada das páginas às telas. Comparada ao filme, a série faz bonito, mas empalidece frente a alguns aspectos. Neil Patrick Harris é um excelente ator, mas seu Conde Olaf fica muito abaixo daquele criado por Jim Carrey. Se no longa-metragem o ritmo era dinâmico, na série as coisas caminham bem mais devagar. Fora esses pequenos detalhes, o projeto da Netflix faz bonito e tem tudo para ser um sucesso.

 

fleming mix

oqueé

Minissérie em quatro episódios que acompanha o escritor Ian Fleming, criador de James Bond, enquanto atuava no serviço de inteligência naval britânica durante a 2ª Guerra Mundial. É aqui que começa a nascer o agente 007 na mente do criativo sujeito. O programa ainda acompanha o relacionamento de Fleming com uma jovem que teria inspirado a criação da primeira Bond Girl.

vale a pena assistir

Fleming é daquele tipo de produção que proporciona “fã services” mas, no geral, agrada à todos. Obviamente, aquele que é fã de 007 irá reconhecer detalhes, falas e caraterísticas que foram incorporados ao longo das adaptações do personagem em uma franquia que já dura mais de 50 anos. Mas não se preocupe. Para aqueles marinheiros de primeira viagem tem muita ação, espionagem e histórias interessantes por trás do homem que criou Bond. James Bond.

 

sttng mix

oqueé

Sete temporadas da clássica série de Star Trek. Ambientada aproximadamente 70 anos depois dos acontecimentos da primeira série, The Next Generation acompanha a segunda tripulação da Enterprise desbravando a fronteira final. Sucesso de público, ST – TNG é imperdível para antigos e novos fãs da Jornada nas Estrelas.

vale a pena assistir

Prestes a lançar uma nova série do universo Star Trek, a Netflix traz ao catálogo uma das versões mais clássicas da saga. The Next Generation tem alguns dos personagens e arcos mais conhecidos e se passa anos após a trama da série original. Com uma nova tripulação à bordo da Enterprise, TNG explora ficção e realidade como Trek sempre fez tão bem. Os fãs mais novos ou eventuais, que conheceram a jornada com os filmes de J.J. Abrams podem não ser fisgados, mas é uma ótima pedida aos mais antigos e receptivos.

 

diad mix

oqueé

Série coreana que acompanha a correria de um hospital após um terremoto destruir a região. O programa começa horas antes do evento e acompanha os momentos decisivos que o sucedem.

vale a pena assistir

Tem uns que até gostam de se arriscar em coisas exóticas. Mas se as séries norte-americanas com temáticas médicas já estão saturadas e cheias de mesmices, imagine uma coreana. Dia D tem uma proposta interessante, mas pode não agradar gostos ocidentais. O ritmo não é dos melhores e o característico humor coreano parece mais deslocado do que o normal. Além disso, o projeto sofre com um elenco pouco carismático. Ao fim, não chega a ser um desastre, mas empalidece entre um catálogo cheio de coisas mais interessantes.

 

Oneday negative mix

oqueé

Remake da clássica sitcom exibida entre as décadas de 70 e 80 que acompanha os altos e baixos de uma mãe divorciada que cria duas crianças. Para a nova versão, a Netflix apostou em temas mais atuais, que dialoguem com as mulheres e o público moderno.

vale a pena assistir

Com um elenco bem mediano, One Day at Time é uma tentativa de resgatar a essência do humor oitentista contextualizado na atualidade. Além de ferir o legado de sua original, o show falha miseravelmente em agradar aqueles que procuram uma série leve e divertida. Corra para as montanhas…

 

shannara mix

oqueé

Série de fantasia, ação e aventura que se passa em um mundo governado por elfos e em que humanos são considerados uma subespécie. Ainda que vivam em uma aparente harmonia, os povos estão sob a ameaça de diversos demônios que passaram a escapar e suas prisões. Um grupo, então, é enviado para achar uma solução e restaurar a ordem.

vale a pena assistir

A sinopse pareceu absurda ou infantil? Pois você deve perder o medo e o preconceito, porque Shannara é uma ótima aventura produzida pela MTV. Recebida com certo receio e frieza pelo público e crítica, a série acabou surpreendendo pelo elenco jovem e pela notável qualidade técnica. Do visual cinematográfico com ótimos efeitos visuais até uma narrativa bem amarrada, Chronicles é um divertimento descompromissado. Como um show da CW, Shannara sabe o seu espaço e limitações; com isso, há boas cenas de ação, alguns exageros dramáticos e, claro, uns romances bobos. No fim, podemos categorizá-la até como guilty pleasure, mas não subestime o projeto, pois este se encontra acima da média.

 

filmes em destaque mix de séries

Em um clima de nostalgia, a Netflix em janeiro relembra alguns clássicos do cinema para incrementar as férias. As nossas dicas de cinema estão divididas entre alguns clássicos e outros mais recentes, mas com variedade para agradar à todos os gostos.

Se os bons tempos de ficar em casa a tarde assistindo Sessão da Tarde passaram, que tal conferir na plataforma alguns filmes que fizeram nossa alegria na infância como Clube dos Cinco e Gatinhas e Gatões, ambos do mestre John Hughes. Além deles, a segunda aventura de Batman estrelada por Michael Keaton e o inesquecível Os Aventureiros do Bairro Proibido também entraram no catálogo.

No gênero ação, as lembranças ficam por conta da estreia de Comando Para Matar, um clássico de Arnold Schwarzenegger.

Já dentre os longas mais recentes, O Cavaleiro Solitário com Johnny Depp e Sobrevivendo ao Inferno com Ryan Phillip são os destaques, além do nacional Meu Nome Não é Johnny.

Textos: Matheus Pereira e Anderson Narciso
Artes: Matheus Pereira
Equipe Mix

Equipe Mix

Perfil criado para realizar postagens produzidas pela equipe do Mix de Séries.

2 comments

Add yours
  1. Avatar
    Juk 18 janeiro, 2017 at 12:54 Responder

    One day at time é muito boa, é engraçada e divertida. E ainda fala sobre feminismo e homossexualidade muito bem, temas importantes e que precisam ser discutidos, isso sem falar na acidez que rola contra o racismo

  2. Avatar
    BernardoVieira 19 janeiro, 2017 at 09:48 Responder

    Que coluna sensacional essa que o Mix criou. Estava precisando colocar “American Crime” em dia e foi de grande ajuda saber que já está disponível na Netflix a segunda temporada. Entretanto, eu tenho que concordar com a Juk, eu simplesmente adorei “One Day At a Time” pela pegada latina e também pela presença de Rita Moreno no elenco, que sempre vale minha atenção.

Post a new comment