Estudo revela que 78% de personagens do Oriente Médio em séries são terroristas

Imagem: USA

EUA discutem diversidade nas séries de TV

A representatividade e a inclusão são práticas em ascensão na indústria do entretenimento. Cada vez mais temos visto personagens de diferentes etnias, orientações sexuais e identidades de gêneros nas séries de TV e streaming.

Mas diante de tanta diversidade no mundo, esse progresso ainda parece pequeno. A representação de personagens do Oriente Médio na ficção é um exemplo claro de como ainda há muito a ser mudado.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

De acordo com um estudo realizado por uma organização de advogados de Hollywood, a MENA Arts Advocacy Coalition (MAAC), 78% dos personagens do Oriente Médio e do Norte da África apresentados em séries de TV americanas entre 2015 e 2016 foram retratados como terroristas, espiões, soldados ou ditadores.

Segundo o Deadline, a pesquisa analisou mais de 242 séries exibidas em canais abertos, fechados e serviços de streaming entre os dois anos apontados.

Personagens não estereotipados podem combater preconceito

O estudo apontou ainda que apenas 1% dos personagens regulares em séries de TV norte-americanas são descendentes do Oriente Médio ou do Norte da África (os quais eles se referem como “MENA”), enquanto esse grupo étnico representa 3,2% da população dos EUA.

Das 242 séries estudadas, apenas 20 possuíam atores dessa etnia em seu elenco regular. A pesquisa também chamou atenção para o fato de que 63% dos personagens MENA falam com sotaque, reforçando o estereótipo de que eles são estrangeiros e não cidadãos americanos.

Para Nancy Wang Yuen, uma das criadoras do estudo, “esses estereótipos podem ter efeitos prejudiciais na percepção do público. Personagens MENA mais complexos e relacionáveis podem combater sentimentos e políticas antimuçulmanos”, ressaltou.

Atores de descendência do Oriente Médio que se destacam na TV

A análise também reconheceu alguns exemplos de boa representação na TV. Em Mr. Robot, o protagonista Elliot Anderson é interpretado por Rami Malek, que é de descendência egípcia. A atriz Necar Zadegan tem descendência iraniana e interpreta uma advogada em Girlfriend’s Guide to Divorce.

Alguns personagens famosos são interpretados por atores descendentes do Oriente Médio e você nem sabia: a Zoey Johnson (Yara Shahidi) de Black-ish da ABC, Rogelio (Jamie Camil) de Jane the Virgin e o Enzo (Michael Malarkey) no The Vampire Diaries.

Continua após a publicidade

Apesar dos passos pequenos, Hollywood parece está disposta a correr atrás desse prejuízo. Há, inclusive, uma série sobre uma família do Oriente Médio com superpoderes em desenvolvimento na ABC. A Netflix também encomendou sua primeira série original árabe, que deve ir ao ar em 2019.

Leia mais notícias sobre séries de TV, aqui no Mix de Séries

Italo Marciel

Italo Marciel

Cearense, 28 anos. Jornalista especialista em Assessoria de Comunicação. Viciado em séries desde que se entende por gente e apaixonado por cinema. O cara que fica feliz em indicar uma boa série ou um bom filme para os amigos.

No comments

Add yours