Fãs de Law & Order: SVU estão contra Barba após seu retorno

Crossover épico de SVU e Organized Crime ainda divide fãs: quem estava certo?

Law & Order: SVU
Continua após publicidade

Os fãs de Law & Order: SUV estão completamente divididos com o retorno do promotor-assistente que virou advogado de defesa Rafael Barba, interpretado por Raúl Esparza, no recente crossover de SVU e Organized Crime, da NBC.

Continua após publicidade

O evento televisivo de duas partes viu Barba de volta ao tribunal, enquanto ele aborda o caso de Richard Wheatley (Dylan McDermott). Ele estava sendo julgado por matar a esposa de Elliot Stabler, Kathy. Então, Stabler, de Christopher Meloni, agora em Organized Crime, se reuniu com a ex-parceira Olivia Benson (Mariska Hargitay) para o crossover.

O encontro das séries mostra o promotor público assistente Dominick “Sonny” Carisi (Peter Scanavino) enfrentando Barba em uma intensa batalha legal. A disputa termina com Wheatley andando em liberdade, sob os termos de um julgamento anulado. O escritório de Carisi, então, decidiu não julgar o caso novamente, o que permitiu a liberdade de Wheatley.

Continua após publicidade
Continua após publicidade

As consequências dessa decisão e do julgamento como um todo deixaram muitos fãs escolhendo entre o Team Barba e o Team Stabler/Benson, com alguns indo contra o ex-promotor público e outros elogiando o personagem de Esparza, por flexionar seus músculos do tribunal.

Ele está fazendo seu trabalho um pouco bem demais

Quando a primeira metade do evento crossover entre Law & Order: SVU e OC foi ao ar, em 9 de dezembro, os fãs não conseguiam decidir se amavam ou odiavam o advogado Barba, enquanto ele analisava o caso do estado contra seu cliente.

Continua após publicidade

Este é o show de Barba hoje à noite“, escreveu o usuário do Twitter @tishhh_. “Ele está fazendo seu trabalho… um pouco bem demais“, acrescentou @Nich_Michaels.

Continua após publicidade

Leia também: Law & Order: SVU e mais: séries com protagonismo feminino

Muitas pessoas pesaram os dois lados do argumento de anulação do julgamento de Wheatley e chegaram à conclusão de que nenhum deles poderia alegar inocência completa. “Foi errado o que Barba fez (libertar um assassino). Mas Liv não tinha o direito de tratá-lo assim. É igualmente errado o que ela está fazendo (habilitar um policial horrível). Habilitar um policial corrupto e furioso não é menos perigoso do que libertar um assassino.“, afirmou um usuário.

Continua após publicidade

Muitos fãs sentiram que Barba acabou virando as costas para Benson, que foi uma amiga próxima e aliada dele por anos. “Estou apenas aqui pensando naquele OLHAR que Benson deu a Barba no final do #Law & Order: SVU #SVUxOC da noite passada.”, tuitou Chris Harnick, junto com um clipe que mostra Benson dizendo a Barba: “Eu me sinto traído por vocês.“.

Continua após publicidade

Mas muitos apontaram como Barba estava simplesmente fazendo seu trabalho. “Barba pode representar um canalha, mas ainda gosto mais dele do que de Stabler.”, concluiu @Venti_Poet.

Continua após publicidade

Certamente, os fãs estão bem exaltados diante desse cenário.

Enquanto isso, no Brasil, os espectadores terão de esperar até o dia 10 de janeiro para começarem acompanhar a nova temporada de Law & Order: SVU no Brasil. No entanto, eles assistirão apenas a primeira parte, uma vez que a segunda parte de Organized Crime não terá exibição na TV. No Brasil, os direitos da série são do Star+, que já disponibilizou a primeira temporada em seu catálogo. Sobre uma possível estreia na TV, o Universal TV não quis se manifestar.