Final da 6ª temporada de The 100 marca guerra no céu e na terra, com suas purificações

Confira o que rolou no final de temporada de The 100

Eis que chegamos ao finale da penúltima temporada de The 100, o começo do fim da série. Admito que esperava muito mais do episódio, tivemos finales e até mesmo episódios mais impactantes do que este. Mas que de fato tivemos algumas conclusões e um belo de um gancho para a última temporada, tivemos.

The Blood of Sanctum nos leva a duas guerras, uma na terra e outra no espaço. Em Sanctum, apesar da fuga de Rusell, seus crentes ficam com a missão de purificar o lugar. Ou seja, dar a escolha aos descrentes, viver ou voltar a crer na divindade dos Primes. Sim, ainda mais louco, que além de seu líder ter os abandonado, e a verdade sobre eles ter sido jogada no ventilador, ainda temos aqueles que acreditam cegamente na divindade dos Primes. Bellamy e os outros são salvos da purificação por Muphy e Emori que se passam por Primes e levados ao palácio. Murphy que tanto oscila entre suas decisões é uma legítima caixinha de surpresas, nunca saberemos como ele irá agir e de que lado ficará.

Altruísmo tomando forma…

E eis a grande maravilha desta temporada de The 100: a mudança de atitudes, começando por Octavia e sendo seguida por Bellamy e os outros. No momento de escolher entre salvar os seus ou a todos, Octavia segue Gabriel para salvar os demais descrentes que seriam purificados ou mortos. É aí então que a guerra na terra começa. Portanto, Murphy e Gabriel dentro, e os demais do lado de fora dando tudo de si contra os crentes de Sanctum. Foi muito gratificante ver Bellamy e Octavia lutando lado a lado novamente, e finalmente terem a perdoado. Bem como Echo lutando ao lado deles. Achei lindo de ver!

Algo intrigante foi o discurso de Jordan para Bellamy. O garoto não quis juntar-se aos demais e ficou em Sanctum para ajudar no estrago que eles causaram. Acusou Bellamy de matar Priya e demonstrou não ter ficado nada satisfeito com a estadia deles em Sanctum, dizendo que todos ali viviam em paz antes que eles chegassem. De certa forma, ele está certo, sabemos disto. E apesar da paz e da crença que todos tinham ali ser pelos motivos errados, eles a tinham. Como viverão agora que tudo em que acreditavam lhes foi tirado? Seria ideia de todos permanecer ali ou seguir viagem para outro planeta?

Guerra no espaço

A guerra no espaço foi algo mais intrigante. Clarke manteve seu disfarce como Josephine por pouco tempo, pois Rusell travou uma rota para o planeta Beta e cogitou apagar todos aqueles que ainda estavam em criogenia para serem usados, posteriormente, como hospedeiros. Claro que Clarke não poderia permitir mais um genocídio. Portanto, ela revelou-se e precisou puxar mais uma alavanca, levando os Primes a flutuar no espaço, junto do corpo de Abby. Mais uma vez, Clarke despediu-se de sua mãe e mais uma vez foi doloroso de ver.

Fonte: CW / Divulgação

Rusell por sua vez, ainda vivo, uniu-se a Sheidheda. Como sabemos, ela controla o corpo e mente de Maddie para ter o poder. Porém, mais uma vez, Clarke precisou tomar medidas drásticas. Apontou uma arma para si mesma e apelou para que Maddie tomasse o controle de sua mente. Achei fácil e previsível, mas tudo bem, Maddie retornou e foi preciso apagar Sheidheda da mente dela e com isto retirar a chama. Não temos mais uma comandante e há sinais que Sheidheda não fora totalmente destruído, mas para onde ele iria? Temos uma vaga em aberto para o próximo comandante ou líder, espero ver isto na sétima temporada.

A Anomalia e tudo que não sabemos sobre ela

Ao final, ainda havia algo a resolver, a Anomalia. Octavia retornou de lá com as costas tatuadas com uma espécie de código, e quando Gabriel a viu foi possível solucionar um enigma que ele esperava desvendar há anos. Uma matemática avançada, ele disse, mas Octavia sabia que deveria retornar para lá. A Anomalia aparece e Hope – a filha já adulta de Diyoza – sai de lá e esfaqueia Octavia e ela simplesmente desaparece. Bellamy, é claro, entra em desespero, ficando apenas com o sangue da irmã em suas mãos. E, ao invés de responder nossas perguntas, nos gera ainda mais, o que sabemos é que será o plot da última temporada. Apenas uma coisa é certa, é a última e terão de fazer valer a pena estes anos.

Que venha então a sétima e última temporada!

Nota do Episódio7
Crítica do último episódio da sexta temporada de The 100,
7
Tags The 100

No comments

Add yours