Flopou? Altered Carbon tem audiência fraca na Netflix

Imagem: Netflix/Divulgação

Continua após as recomendações

Último episódio da temporada foi assistido por apenas 1 milhão de pessoas.

O Nielsen, confiável fonte que mede audiência de séries nos EUA, está divulgando alguns números da Netflix. O instituto passou a medir a visibilidade da plataforma desde o ano passado. E as notícias não foram lá muito animadores para Altered Carbon, série de ficção que estreou na plataforma no dia 02 de fevereiro.

Continua após a publicidade

Nos seus primeiros três dias, a série totalizou 1,2 milhões de telespectadores em média, chegando a 2,5 milhões em seus primeiros sete dias na plataforma.

A audiência de Carbon também diminuiu consideravelmente desde a estréia até o final. Começando com uma média para sete dias de 5,9 milhões de espectadores, na análise do episódio 10 isso diminuiu para apenas 1 milhão, de acordo com o Deadline.

Dados precisos?

Os dados precisos são difíceis de serem confirmados no início da medição da Nielsen no SVOD, que estrearam no outono passado. Carbon, por exemplo, ficou bem abaixo da estreia de Stranger Things 2 no outono passado, por exemplo, mas um novo show não pode ser comparado com um favorito de retorno.

De qualquer forma, espera-se que a Netflix possa anunciar uma segunda temporada da série.

Leia mais: Altered Carbon – Joel Kinnaman acredita que não estará na 2ª temporada

Anderson Narciso

Anderson Narciso

Criador, editor e redator do site Mix de Séries, é apaixonado por séries desde sempre. Fã incondicional de One Tree Hill, ER, Friends, e não perde um episódio da Franquia Chicago.

1 comment

Add yours
  1. Avatar
    Matheus De Sena 17 fevereiro, 2018 at 14:34 Responder

    Acho desnecessário, pra não dizer inútil, empresas como a Nielsen tentarem medir a audiência de serviços de streaming. Na TV isso existe como forma do mercado publicitário investir em programas com boa audiência ou para um público específico.
    Plataformas como a Netflix não precisam exibir propagandas, e elas tem os dados exatos sobre tudo que foi assistido, então não precisam dos serviços de empresas como a Nielsen.
    No final das contas, esses números só servem pra saciar a curiosidade da mídia e de alguns fãs e, mesmo assim, ainda podem estar distantes da realidade.

Post a new comment