Fuller House – 1×04 – The Not-So-Great Escape

Imagem: Arquivo Pessoal/Eduardo Nogueira
Imagem: Arquivo Pessoal/Eduardo Nogueira
Imagem: Arquivo Pessoal/Eduardo Nogueira

 

Continua após publicidade

Estamos começando a ver progressos do elenco infantil, pois esse episódio foi de extrema importância para mais precisamente dois personagens: Jackson e Ramona. Como se já não bastasse o fato dos pais se separarem e de mudar com a mãe para a casa de sua madrinha, a garota teve que enfrentar mais um desafio, sendo esse um verdadeiro tabu quando ocorre na vida de alguém da sua idade, que é a mudança de escola.

Continua após a publicidade

Aquela picuinha entre os dois claramente tinha hora para acabar, e se no episódio passado eles já haviam se unido numa brincadeira para deter Joey, é claro que aquilo nada mais foi que o pontapé inicial da aproximação deles. Quando Ramona disse que queria fugir, logo pensei que ele tramaria alguma emboscada para queimar a filha de Kimmy, mas me enganei totalmente. Jay logo bolou um plano que tinha tudo para ser infalível, mas em troca queria uma recompensa, obviamente. Tal prêmio atendeu pelo nome de Lola que, apesar dela ser sua girl crush, volto a dizer que se Fuller House ir além de uma temporada os dois vão acabar se envolvendo em algum momento.

Continua após publicidade

O lado bom disso tudo é que nasceu uma grande amizade, mesmo que ambos não admitissem isso, por enquanto. É claro que o plano dos dois daria errado, e a punição inevitável. Falando nisso, gostei da conversa de D.J. com Kimmy em relação ao castigo da garota, que a princípio não teve um. Ainda bem que essa conversa rolou, pois sinceramente eu ia achar uma grande injustiça somente ele levando a pior. Como dito, nossa malucona mais amada trata a filha como se fosse sua melhor amiga, mas limites precisam ser impostos, o bom disso tudo é que ela percebeu o erro que estava cometendo.

Max continua sendo a melhor coisa desse revival. Como não amar essa criança? O plot dele tendo que escolher qual filhote da Cometa Junior Junior levar para casa foi espetacular, principalmente quando ele acabou entrando onde os cãezinhos estavam, ficando no meio deles. Juro que quando vi essa cena, minha reação foi igual daquele meme da internet que vomita arco-íris. Caso eu venha a ter um filho, que seja que nem esse garoto, por favor.

Continua após publicidade

Outro destaque foi Steph com Tommy, que dupla maravilhosa! O bebê deixava a todo momento sua tia intrigada olhando para o teto, e ela toda curiosa querendo saber o que tanto olhava. Nada besta, ela aproveitou que teve que cuidar do sobrinho, usando-o como pretexto de ser mãe solteira, para flertar com o rapaz que conheceu na cafeteria. Nada contente, ela ainda conseguiu utilizar seus dois sobrinhos e Ramona também, pra ser dar bem.

Mais um episódio bom, mesmo que não tendo a mesma qualidade de seus anteriores. Pelo meno serviu como fio condutor para muitas coisas, como por exemplo, a introdução de Matt, filho do chefe de D.J. Ficou nítido a química dos dois, e que essa história vai render muito.

Continua após a publicidade
O MIX DE SÉRIES atingiu 10 milhões de visitas mensais e vamos ensinar tudo que aprendemos nessa caminhada! Aumente o tráfego do seu site com técnicas avançadas de SEO.
Faça seu pré-cadastro aqui!