Game of Thrones – 4×10 – The Children [SEASON FINALE]

Game-Of-Thrones-arya

Imagem: HBO/Divulgação

É tempo de Copa do Mundo, mas também é tempo de final de temporada de GOT. Chamei a galera e reuni o pessoal todo aqui em casa para assistir a season finale. Uns ficaram decepcionados com o final, a expectativa era alta; outros adoraram, como eu. Acredito que o episódio final cumpriu com o seu objetivo, fechou ciclos e preparou terreno para a próxima temporada. Foi um episódio tranquilo, mas que aconteceram muitas coisas. O boom maior ficou para o nono episódio, que é o que normalmente acontece em Game of Thrones. Então vamos comentar?!

A batalha ao Norte, na Muralha, continua. Jon Snow foi acertar as contas com Mance. Momento de muita tensão! Mas quem aparece para colocar ordem em tudo?! Nada mais, nada menos de que Stannis, o rei legítimo dos Sete Reinos, e seus homens. Foi lindo isso! (mesmo Mance não aceitando ajoelhar) Stannis seguiu os conselhos de Melisandre e foi para o local mais frágil de Westeros. Mas me deu medo aquele olhar dela para Jon Snow… o que será que ela está aprontando?!

Em Meereen, Daenerys, a quebradora de correntes tem que acorrentar seus dragões. Que irônico isso, mas ao mesmo tempo muito triste. Eles estão indomáveis. Mas será que não teria outra saída sem ser prendê-los? Não há nenhum modo de controlá-los? Ainda há um dragão a solta. Coitada de Dany, seu declínio está a vista!

Screen-Shot-2014-06-16-at-1.18.54-AM-620x330

Imagem: HBO/Divulgação

No núcleo de Bran, houve bastante avanços. Apesar da morte de Jojen não ocorrer nos livros, os demais acontecimentos foram fiéis às obras de George R. R. Martin. O que foram aqueles esqueletos saindo do chão? Deu muita aflição! Hodor possuído por Bran e o lobo Verão tentaram lutar e  destruir aqueles seres. Sorte que apareceram aquelas crianças e com golpes de mágica salvaram Bran, Hodor, Meera Redd e Verão (por isso o nome do episódio, The Children). As crianças levam Bran a uma caverna, que deu a entender que era dentro da árvore do coração represeiro, onde os esqueletos assassinos não podem entrar. Lá Bran encontrou o que estava procurando, o corvo de três olhos, do seus sonhos, que estava representado por um velho de muitos anos. Ele diz a Bran que ele não voltará a andar, mas voará. Que doideira! Imagina Bran voando!

Agora, adorei a parte da Arya. Apesar de não ter ocorrido este encontro entre ela e Brienne nos livros, achei que veio a calhar esta cena, pois Brienne é uma motivação para Arya, um exemplo a seguir de mulher batalhadora e guerreira. O Cão morre (Brienne foi sensacional!), Arya risca mais um nome da sua lista, mas sabiamente não suja suas mãos, deixa ele lá implorando para ser morto. Gostei da sua atitude! Decide, por fim, seguir seu caminho sozinha… Arya para mim é uma das melhores personagens da série. Acredito que ainda vamos nos surpreender muito com ela!

Finalmente, vamos para Porto Real, resolver a questão de Tyrion (outro personagem que sou fã). Jaime o ajuda a escapar e logo ele entra nos aposentos de Tywin, se deparando com Shae na cama de seu pai. Que cena! Que puta! Não sei como ela teve coragem de fazer isso; não sei como o pai teve esta audácia. Tyrion está derrotado, acabado, seu coração está em pedaços, o ódio domina seu corpo. Neste momento acaba matando Shae. E não o culpo por isso. Tyrion foi o personagem mais judiado e mais mal tratado desta temporada. Mas mesmo assim, foi muito difícil para ele matar Shae! Ele amava aquela mulher. Depois disto, ele pega a besta e vai ao encontro de Tywin! São muitas emoçoes neste momento!

GOT-4x10-lzp-spoilersQuando Jaime libertou Tyrion e se despediu, nos livros, rola uma conversa (além da despedida) que a série preferiu não mostrar, onde Jaime conta a verdadeira história da primeira esposa de Tyrion, Tysha. Na verdade, ela não era uma prostituta como seu pai falou. Isso enfurece ainda mais Tyrion. Acredito que isto foi um dos grandes motivos de querer matá-lo. Na série, esta mulher foi representada por Shae, por quem Tyrion gostava, pois ela era uma mulher forte e eles tinham realmente uma relação extremamente densa. Diferentemente, da Shae dos livros, que era apenas uma prostituta manipuladora que estava com ele apenas pelo dinheiro e status. Ela é tudo que Lorde Tywin pensou sobre a primeira esposa de Tyrion e que ela realmente não era. Elas são a mesma personagem, mas também são personagens muito diferentes. Acredito, então, que além de matar o cara que o condenou a morte, Tyrion matou Tywin pelo fato de chamar de prostituta, a mulher que ele amou. Ele avisa seu pai para não falar mais assim. Mas seu pai continua a dizer. Tyrion aperta o gatilho da besta sem pensar duas vezes. Cumpriu com o que ameaçou. Não adiantou de nada aquele papo furado do Tywin de que ele era o filho dele e que jamais iria matá-lo. Tywin, litetalmente, morreu cagando. Achei brilhante! Foi uma morte muito tranquila, aceitada por todos os fãs da história do jogo dos tronos. Faltou Cersei, sua irmã, toda desequilibrada, que agora sem o pai vai acabar se desentendendo com os Tyrell. Isso não vai dar certo. Por fim, Tyrion foge, com a ajuda de Varys. Mais uma vez Varys fica do lado de quem o convém.

O episódio se encerra, e com isso o fim da temporada, com Arya indo para Bravos. Foi lindo isso! Bravos é uma cidade para os grandes! Ela vai se tornar uma grande guerreira, mais do que já é! Ninguém segura esta mulher (pra mim ela não é mais uma doce criança Stark)! Foi sensacional ela mostrando a moeda para o comandante do navio, demostrando que ela não é qualquer pessoa. Valar Morghulis!

Fantástico! Toda esta temporada superou todos os níveis que Game of Thrones estabeleceu. E deve ser possível continuar superando. Não é a toa que é uma das séries com maior audiência. Na minha opinião, uma das melhores séries já produzidas de todos os tempos! O que me deixa triste que teremos que esperar um ano até a quinta temporada! Quem sabe não aparece na próxima temporada alguém aí dos personagens que alguns estavam esperando, hein?!

Já estou com saudades! Mas vamos aproveitar este meio tempo para rever a quarta temporada, ler e reler os livros! A história
de Westeros é muito bem contada, bem complexa, sempre ocorre de deixarmos passar algum detalhe importante!

Então é isso…. 🙁 
Até o ano que vem!
Valar Morghulis….Valar Dohaeris!

 

Paula Reis

Paula Reis

Advogada e concurseira de plantão, no Mix, é editora de reviews e colunas. É viciada em tudo sobre Game of Thrones e adora séries jurídicas.

2 comments

Add yours
  1. Anderson Narciso
    Anderson Narciso 8 abril, 2015 at 21:45 Responder

    Legal, legal. Gostei deste final. Finalmente estou em dia com a série.

    Obrigado pelo estímulo Paula, adorei a review. Finalmente li hahaha.

    Então, gostei muito do desfecho do Tyrion, achei justíssimo ele matar aquela puta (desgraçada) e o pai dele. Sem dor na consciência. Ainda bem que o Jaime o ajudou, e estou curioso para saber o destino dele. O que vai acontecer com ele? Vamos acompanhar…

    Daenerys, me partiu o coração ver os dragões sendo presos. Ela falava “Mãe dos dragões” com tanta convicção hahaha. Espero que ela arrume um jeito de virar “mestre Pokémon” e domá-los hahahaha.

    Já Arya, é um show a parte realmente. Ela é o que mais me chama atenção na série, a garra, a coragem e a evolução da personagem. Completamente diferente da Sansa, que passou várias temporadas uma sonsa.

    Pois bem, partiu Season 5. Bora e vamos ver o que vai acontecer 😀

Post a new comment