Game of Thrones – 7×06 – Beyond the Wall

Imagem: HBO/Divulgação

Continua após as recomendações

Altas emoções no penúltimo episodio da sétima temporada de Game of Thrones. Ainda estou chocada! Este de fato simbolizou um tradicional “episódio 9”, como toda temporada teve: bombante e grandioso. Teve batalha, mortes e grandes descobertas. É disso que a gente gosta, é por isso que amamos GOT!

Bem mais agitado que o episodio anterior, Beyond The Wall também teve diálogos relevantes, como o que ocorreu entre Daenerys e Tyrion. Ele discute com ela sobre casamento e sucessores, bem como deverá ser seu governo, suas conquistas. Se ela quer ser respeitada e ter um reino digno, ela não pode se contradizer e conquistar pelo medo, com assassinatos e mortes, e ser temida. Ela tem que quebrar a roda, ser respeitada por merecimento, e não fazer como os reis anteriores. Será que Dany consegue? Apesar de adorar o Tyrion, acho que ele tem dados uns conselhos meio tortos para ela, com exceção deste último de quebrar a roda. Ele vai na onda do Varys, isso não vai dar coisa boa.

Continua após a publicidade

Outro diálogo que me chamou atenção foi de Sansa e Arya, bem como de Sansa e Brienne. As duas primeiras discutiram bastante, lógico que com muita troca de farpas, mas puderam conhecer mais sobre as novas mulheres e o que elas passaram. Arya, meio doidinha, ao seu modo, mostrou para sua irmã que ela pode ser quem quiser, mas que jamais ela vai trair a sua família. Já Sansa tentou mostrar que graças a ela, elas tem a casa delas novamente. Enfim, cada uma a sua maneira está certa, porém, Sansa tem que ficar atenta, pois tudo o que tem acontecido faz parte de um plano do Mindinho. Acredito que aquele convite para ir até Porto Real foi ideia dele – ou elas já sacaram isso tudo e estão tramando outro plano contra ele! Brienne vai no lugar de Lady Stark, justamente vai deixar as duas irmãs sozinhas, como Petyr quer. Será que Bran não está vendo toda esta manipulação? Ele não vai fazer nada? As lobinhas tem que parar com estas brigas bobas e se unirem!

Um ponto que deve ser notado neste episódio é a frequência do alívio cômico nunca usado na série. Achei na medida perfeita e coube muito bem nos momentos certos. Tormund mais uma vez falando de Brienne, Cão o provocando, além das conversas com Thoros e Beric. “- Vamos nos encontrar novamente! – Espero que não!Hahaha. Personagens como estes que dão o equilíbrio perfeito para uma série de drama, sem perder a essência da trama.

Por último, a prometida super batalha aconteceu. Grande produção e cenas muita bem feitas, além da trilha sonora esplendida. O que foi esperado foi cumprido. Aquele Rei da Noite, aqueles mortos e aquele frio todo me faz arrepiar a espinha!

Agora, eu já tinha falado que não era uma boa ideia esta missão. Sair para Além da Muralha para pegar um morto para convencer a Cersei, a Louca? Furada demais. Eles colocaram a vida em risco, conseguiram perder um dragão e ainda deram aos White Walkers o que é preciso para atravessar a Muralha. Eita! O que pareceu é que o Cão foi o guia, baseando-se nas visões que ele teve no fogo.

Ainda perdemos Thoros de Myr, que encerrou sua missão. Agora, sem seu sacerdote, Beric deve aproveitar sua última vida! Falar em perda, o pior aconteceu, um dragão morreu. Viserion foi a vítima, o que me questionou muito, pois o Rei da Noite estava muito mais próximo do Drogon com todos em cima, mas enfim, roteiro é roteiro. Ver Drogon rugindo com a morte do seu irmão foi de partir o coração mesmo. E Daenerys nem para escorrer uma lágrima de tão chocada. Ela perdeu um filho, esperava dela mais expressão, porém ela estava mais preocupada com Jon Snow.

Mas aqui, alguém poderia me explicar porque o Jon não subiu no dragão, ao invés de ficar tentando matar meia dúzia de mortos? Quase morreu ainda! Haja coração, viu?! Vibrei demais quando uncle Benjen apareceu do nada. Ele que sempre aparece para salvar os seus familiares.

No navio de Daenerys, já recuperado, Jon finalmente dobra os joelhos para a rainha. Achei que não teve momento melhor para ele fazer isso, pois não foi algo forçado, foi reconhecido. A cena foi bonita e até sentimos um clima no ar, até de Dany ele a chamou. Será que Jonerys ainda pode acontecer? Tomara que não, ainda mais agora, não faz muito mais sentido isso na história. Já há aliança entre eles. Qualquer relação seria mero fan service. E sabemos que GOT nunca teve esta preocupação de ser agradável.

Já que estamos falando em agradar os fãs, uma teoria antiga se concretizou: o dragão de gelo. Jamais imaginaria que isso pudesse acontecer de fato, ainda mais quando lembramos que nem faz muito tempo que Daenerys e seus dragões estavam em Essos e nem sabiam que existiam White Walkers. Porém, aconteceu, agora o dragão tem olho azul e está a serviço do Rei da Noite e seu exército! Negócio está feio para a galera de Westeros!

Está acabando… Preparados para o último episódio? Comecem a se despedir de uma das melhores séries de todos os tempos, pois faltam apenas 7 episódios para a series finale! 🙁

Obs.: Dany dizendo para Tyrion, o anão, que Jon é mais baixo que ela foi hilário! Aliás, todo este diálogo dos homens apaixonarem por ela foi incrível!

Obs. 2: Dragão de gelo cospe fogo ou gelo? Fica o questionamento!

Obs. 3: Que o último episódio não vaze também, porque eu cansei de ver spoiler!

No comments

Add yours