Game of Thrones ganhou o Emmy por sua pior temporada. Vai entender?

Imagem: Divulgação/HBO

Game of Thrones foi a grande vitoriosa da noite, mas foi justo essa vitória?

Quem acompanhou ao Emmy 2018, nesta última segunda feira (17), ficou impressionado com a falta de sorte dos favoritos. Praticamente nenhum deles venceu a categoria que estavam “destinados” a vencer. Mais impressionante ainda, foi ficar acordado a noite toda para ver Game of Thrones ganhar o Emmy de melhor série do ano. Me senti frustrado!

GoT ficou um ano fora do Emmy. Ano passado, a exibição da sétima temporada ficou fora do prazo de inscrição dos episódios para a premiação. Assim, os episódios de 2017 concorreram na cerimônia deste ano. Mas ninguém iria imaginar que ela conquistaria nove troféus, com uma temporada que foi bem aquém da qualidade da série. Sim, Game of Thrones não é mais a mesma.

Continua após a publicidade

Por mais que eu adore a série e por mais que sou fã, eu reconheço o quão a sétima temporada do programa decaiu o nível. E quando falo isso, eu falo sobre algo simples: sua história.

Incomoda um pouco ver Game of Thrones ganhar o Emmy de Melhor Série Drama, quando sei que o roteiro da sétima temporada não chegou aos pés de outras temporadas. E tudo isso tem um motivo, a falta de material base para construir a série que todos aprendemos a amar.

Melhor série? Acho que não… 

O fato é que a série ultrapassou os livros há duas temporadas e a impressão que fica é que a HBO prefere investir na perfeição da escama de dragão, ao invés de pagar bons roteiristas para construir as histórias finais da série. É como se eles tivessem uma lista de prioridades, desde lutas bem coreografadas, batalhas épicas, chegando às grandes batalhas de CGI. Mas quando chegam nas histórias, o roteiro soa capengo. Como se fosse uma fan fic.

Acontece que os produtores de Game of Thrones estão preferindo ir pelo caminho mais simples, entregando histórias previsíveis, atendendo o que o público gostaria de ver em geral – sem qualquer surpresa ou reviravolta. E isso é muito chocante, porque a forma que George R.R. Martin escreveu a história original não foi assim. Ele preferia ir pelo caminho mais difícil, com heróis fazendo coisas estúpidas à ponto de invariavelmente eles morrerem (saudades Ned Stark, Casamento Vermelho, Etc.).

Analisando estrategicamente, Game of Thrones estava longe de ser a Melhor Série Drama dentre os indicados. The Handmaid’s Tale, mesmo com uma temporada mais arrastada, é incrivelmente superior, com uma história rica e importante para os dias de hoje. Até mesmo Westworld, com uma temporada confusa, teve um conjunto da obra melhor. E o que falar de The Americans, injustiçada por cinco anos, e ignorada na sua temporada final, ficando apenas com troféus de consolo.

Continua após a publicidade

Então, é uma vitória um tanto amarga. Amamos Game of Thrones, mas não foi muito merecida. Temporadas anteriores mereciam mais.

Mas a indústria cinematográfica e televisiva é assim. Nem sempre os melhores vencem.

Leia também: Surpresas, pedido de casamento e GoT campeã – veja o que rolou no Emmy 2018

Share this post

Anderson Narciso

Anderson Narciso

Mestre em História, apaixonado por mídias, é o editor responsável e idealizador do Mix de Séries. Eterno órfão de Friends, One Tree Hill e ER, acompanha séries desde que se entende por gente. No Mix é editor de colunas e de notícias, escreve a coluna 5 Razões e resenha a série Gotham.