A Garota da Moto – 1×09 – Vida e Morte

Imagem: Banco de Séries

Imagem: Banco de Séries

Ainda focados em trabalhar com histórias paralelos, parece que aos poucos, a trama central de A Garota da Moto vem sendo desenvolvida cada vez melhor e na surdina. No episódio dessa segunda-feira, tudo girou em torno do pequeno André, amigo de Nico, o qual foi atropelado enquanto brincava com o filho de nossa motogirl na rua.

Joana mais uma vez mostrou toda sua garra feroz, quando nos deparamos com a triste realidade da nossa saúde pública brasileira. O garoto se acidentou fatalmente e, mesmo assim, ficou simplesmente largado numa maca nos corredores do hospital que a personagem o levou. Infelizmente isso é algo muito rotineiro, e eu fiquei sinceramente bem preocupado de como isso tudo seria abordado. Apesar de bem realista, não houve nenhum tipo de exagero, e o plot foi trabalhado na medida certa.

Mais uma vez a Motópolis passou por mudanças em sua estrutura, para fins de redução de custos. Outro ponto realista e positivo abordado aqui, pois tem muita empresa por aí que adota tais práticas utilizadas por Val, como por exemplo, o fato dos funcionários mal poderem comer no local, mesmo tendo recursos para isso. É claro que essa história renderia, e ainda bem que foi para o lado cômico de tudo.

Continua após a publicidade

Imagem: Banco de Séries

Imagem: Banco de Séries

Bernarda vem se superando a cada episódio que passa, mostrando ser muito mais perigosa do que parece. Já está bem nítido agora, que ela vai trair Dinho na cara dura. Após ser menosprezada pela socialite por ter falhado no plano em matar Miguel, o lutador foi a um estágio muito mais perigoso do que é capaz, tudo por ambição e ilusão. Cedendo aos desejos dele, a megera começou a arquitetar seu próprio plano paralelo, mesmo dando a entender uma possível parceria com seu xará.

Voltando para a parte do pequeno André, achei tudo muito rápido demais para apenas um dia, não acham? O garoto foi atropelado, largado no corredor de um hospital, Joana quase foi presa como possível acusa em tê-lo atropelado, se acertou com o médico, fez teste pra ser doadora de rim, resultado saiu, ela foi buscar o órgão compatível com a criança, e o mesmo ainda foi operado. Aí isso acabou saindo totalmente do contexto realista, que até então estava ótimo.

plot dos motoqueiros foi um dos melhores da série até hoje, com Tulio tentando dar uma lição a Val e Bac pelas novas regras do local, montando um base “clandestina”. É claro que boa coisa não ia dar, e quando a “periguete” de meia idade descobriu, a casa caiu, e o motoboy só foi perdoado, após retribuir certos “favores” a ela. Só sei que em relação à sua vida amorosa, podiam resolver logo a situação da personagem, que combina muito com o desnecessário do Rei, ao invés de Pam.

Como o melhor sempre fica para o final, fiquei bem receoso agora com a morte do Miguel. Que o advogado seria tirado do caminho de Bernarda isso era algo óbvio desde o começo, mas a jogatina dela misturada com a sequência fria de Dinho eu não esperava nenhum pouco. Como não é nada boba, a vilã claro que filmou todo o ato, e vai usar a seu favor no futuro, algo que eu havia dito logo acima. Só sei que depois desse acontecimento, o cerco Jo vai finalmente e infelizmente se apertar.

Eduardo Nogueira

Eduardo Nogueira

Administrador apaixonado por séries e música, sou fã assumido de Friends, e tenho guilty pleasure pelas séries da CW. No Mix sou editor de reality show, cobrindo atrações do gênero como as franquias The X Factor , The Voice, American Idol, entre outros. Faço também reviews das séries Mom, Supergirl, The Good Place, Scream, Fuller House e da brazuca A Garota da Moto. Além disso, deixo vocês sempre atualizados com as nossas Bolhas de Cancelamento, e também escrevo as colunas de Elenco e Teu Passado Te Condena. No tempo que me sobra faço um café para as visitas, rs. Ufa!

No comments

Add yours