Gotham – 1×07 – The Penguin’s Umbrella

Gotham 1x07-1

Continua após publicidade

 

Continua após a publicidade

Que episódio! É para correr para o Banco de Séries e marcar um dez! Gotham surpreendeu esta semana de forma positiva e fez valer a pena a caminhada até este sétimo episódio.

Continua após publicidade

Na semana passada, terminamos com um imenso cliffhanger, quando todos descobriram que o Pinguim está vivo e Gordon não cumpriu o desejo de Facolne. Harvey, obviamente, seria o primeiro a se revoltar com o parceiro, mas já dava para perceber que esta revolta era pelo fato que a partir dali, a vida de ambos estaria correndo perigo.

Gotham 1x07-2Gordon teve seu devido destaque neste episódio. A UCE lhe pediu desculpas e até Montoya, durona e apaixonada pela namorada de James, deu o braço a torcer. Com sua cabeça posta a prêmio, restou ao detetive ir pedir desculpas a Bruce por não conseguir dar continuidade ao caso dos Wayne. Foi uma bonita cena, que mostra o caráter do personagem e o compromisso com Gotham City. O policial ainda tinha um último ato que desejava cumprir: executar o plano de prender o Prefeito e Facolne, que acabou sendo furado pela genialidade de Barbara em voltar à Gotham – após Gordon ter sido bem claro para que ela em hipótese nenhuma voltasse. Parabéns Barbara, já conquistou o primeiro “Troféu Gotham de Personagem Imbecil”.

Continua após publicidade

Entrelaçado a esta trama, temos mais uma vez Oswald Cobblepott brilhando em cena. Claro que a família Facolne, ou mais especificamente Fish Mooney, não deixaria barato e foi atrás da cabeça do Pinguim. Mas Maroni não entregaria uma carta na manga à seu inimigo desta forma e manteve seu mais novo aliado como preciosidade. Cobblepott conquistou seu lugar na gangue de Maroni e conseguiu até mesmo corromper capangas a seu favor. Prova disso, foi conseguir assassinar Carbone de forma mais fácil do que tirar doce de criança.

Este episódio também esteve recheado de Easter Eggs para os fãs de quadrinhos. Victor Zsasz, um dos vilões mais insanos de Batman, apareceu como capanga de Falcone. A cena em que Alfred rende o detetive da UCE só provou que ele é mesmo o Alfred que serviu na Marinha de Batman – Terra Um. Carbone também é uma referência ao clássico “O Longo Dia Das Bruxas”, apropriado para o episódio de Halloween: neste arco de histórias, o bandido é morto, acontecendo o mesmo na série, mas aqui, pelas mãos do Pinguim. Aliás, o vilão começou a aderir ao uso do Guarda-chuva, sua marca registrada nas HQs. Continue assim Gotham, os fãs agradecem.

Continua após a publicidade
O MIX DE SÉRIES atingiu 10 milhões de visitas mensais e vamos ensinar tudo que aprendemos nessa caminhada! Aumente o tráfego do seu site com técnicas avançadas de SEO.
Faça seu pré-cadastro aqui!

Ao final, Maroni e Falcone perderam ambos membros de sua família, e acabaram por selarem uma “paz”, tudo isso para que Oswald continuasse do lado de Maroni. Entretanto, a surpresa veio mesmo ao descobrirmos que o Pinguim na verdade é um espião de Falcone na gangue de Maroni e tivemos acesso à acontecimentos ligados ao piloto. Tudo foi arquitetado por Cobblepott, de forma que ele pudesse sobreviver e, ainda, conseguir uma boa posição na máfia de Gotham City. Entendemos assim, porque Gordon conseguiu sair de forma tranquila das mãos de Falcone. Na verdade, a partir de agora, quem está com cabeça a prêmio é Fish Mooney, uma vez que Carmine sabe que sua aliada o quer tirar do trono.

Tudo fez conexão com o piloto e as histórias, finalmente, apresentam uma forma e um sentido. Fiquei muito feliz com este episódio e parece que agora os motores ligaram. Vamos aguardar para ver se, a partir de agora, Gotham engrena de vez.

Até o próximo episódio!