Gotham – 1×20 – Under the Knife

Gotham 1x20

Imagem: Divulgação/Fox

 

Gotham veio com mais um episódio e continuou diretamente os assuntos iniciados na semana passada. O arco final envolvendo o Ogro está até interessante, mas é uma pena a série reservar sua reta final para uma história recente. Isso acaba por ignorar algumas histórias desenvolvidas desde o início e prova que, os produtores não se organizaram tão bem assim.

Mas vamos lá. O tal do Ogro continua com sua sede de matar. Gordon está ainda mais empenhado a pegar o seria killer, principalmente porque agora ele sabe que este caso foi parar em suas mãos por conta de uma armadilha. Pegar o Ogro é mais uma questão de ego mesmo. Entretanto é algo que não envolve só ele. Como já sabemos, o vilão se interessa em seduzir mulheres para depois assassiná-las, e além disso, mutila qualquer ente querido de quem ousar entrar em seu caminho.

Continua após a publicidade

A princípio, Gordon achou que Leslie poderia ser o alvo do assassino, mas na verdade foi sobrar mesmo é para Barbara. Acontece que, o vilão acaba por ver uma foto de Gordon nos jornais na época em que ele era ainda noivo da moça, e isso desperta e muito o interesse dele. Seria matar dois coelhos com uma cajadada. Claro que, se o Ogro matasse Barbara, ele estaria fazendo um bem pra a humanidade que acompanha a série, afinal nem gosta dela. Mas é muito provável que ela não morra, afinal, se seguirmos as histórias originais, a moça ainda se casa com Jim.

Paralelo a esta perseguição ao Ogro, tivemos um Pinguim que continua mais psicopata do que nunca, a ponto de enlouquecer-se ainda mais depois que Maroni revelou para sua mãe o quão assassino ele era (poxa Oswald acha mesmo que ela não desconfiava?), e um Bruce Wayne que começa a ficar com uma história meio chatinha, com esse lance de “sou criança prodígio e vou perseguir quem ta acabando com as Empresas Wayne”. Valeu pela cena dele com a Selina no baile beneficente. Mas a gente sabe que o Bruce criança não se envolve com negócios da família. Pra quê forçar a barra né? Jogar o menino na caverna com os morcegos e fazê-lo sentir medo nada né? Bruce Wayne é uma criança com medos, e até agora, ele está parecendo forte e corajoso. Nem parece que perdeu os pais há pouco…

Gotham 1x20_2

Imagem: Divulgação/Fox

Entretanto, preciso ressaltar o quão Edward Nygma avançou neste episódio. Ele nem tomou tanto tempo de tela, mas como foi sensacional vê-lo matar pela primeira vez. Enfurecido com o policial que maltratou a sua paixão platônica na polícia de Gotham City, o futuro Charada assassinou brutalmente com facadas o homem, colocando uma bela risada sarcástica em seu rosto. Doentio. Como um bom Charada pede. Ele está demais e mal posso ver para a série explorá-lo ainda mais. Creio que ele será um dos grandes ganchos que a série levará para a segunda temporada.

Senti falta de Fish Mooney. No episódio passado tivemos uma grande tensão, ela terminou baleada pilotando um helicóptero, e neste episódio foi simplesmente ignorada. Não apareceu nem nada. Como assim? Erro de continuidade? Era o mínimo terem dado sequência à sua história, que é um dos arcos principais, e isso, dá base ainda mais para o que critiquei sobre a falta de articulação dos roteiristas. Vamos acordar aí moçada…

O episódio terminou numa vibe Cinquenta Tons de Cinza, e o Ogro mostrou para a Bárbara como ele gosta de brincar. Será que esta história terá conclusão na semana que vem? Faltam dois episódios para a temporada acabar e é isso. Vamos ficar no aguardo…

 

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=UXBfNBf9pkg[/youtube]

Anderson Narciso

Anderson Narciso

Criador, editor e redator do site Mix de Séries, é apaixonado por séries desde sempre. Fã incondicional de One Tree Hill, ER, Friends, e não perde um episódio da Franquia Chicago.

1 comment

Add yours

Post a new comment