Gotham – 2×08 – Tonight's the Night

Gotham 2x08

Imagem: Arquivo pessoal

Continua após as recomendações

 

Que episódio maravilhoso. Se existe alguma palavra que define esta segunda temporada de Gotham é “reinvenção”. Nesta semana, “Tonight’s the Night” veio para confirmar o que venho repetindo em todas as reviews: a série se acertou, abandonou o procedural e realmente está incrível. Uma renovação que fez muito bem para ela.

Continua após a publicidade

A história deste episódio colocou Barbara, Jim e Lee no centro da ação. Um triangulo amoroso unido pela mente doente da psicopata que se tornou um peão de Galavan. Ok, Barbara podia até estar sob o comando do vilão, mas vamos combinar, que guinada, não acham? Colocar a personagem para agir desta forma foi um grande acerto dos produtores – mesmo que para isso, eles tivessem que mudar a personalidade que conhecíamos da HQ. A ex de Gordon se tornou realmente uma lunática, e essa emboscada para Jim foi uma sacada que prendeu o espectador do início ao fim.

Claro que Gordon ainda sente algo por ela. Isso ficou muito claro. Afinal, ele não teria topado essa emboscada assim, de graça. Lee também percebeu isso e parece que as coisas ficarão tensas entre eles. Mas nesse meio tempo, a cena na igreja foi certeira para o clímax do episódio. Fiquei impressionado com a atuação de Erin Richards. Que evolução. De “songa monga” à uma vilã de classe. Gostei de cada segmento que ela teve neste episódio, incluindo o final da história com ela caindo da catedral. Palmas para quem escreveu este episódio.

Aliás, Barbara acabou sendo mais importante para Gordon do que ela pensa. Graças à ela, a GCPD descobriu que o Prefeito James estava vivo e sequestrado, o que possibilitou a prisão de Galavan com a prova que faltava. Será que a casa caiu para o filantropo? Não sabemos. O lance é que ele até tentou passar a pena no pequeno Bruce – que assumiu o posto de “personagem extremamente irritante” da série – sem sucesso. Mas gente, não consigo assistir uma cena desse menino em paz. Já criei birra pelo mini-Batman nesta temporada. E o garoto quase descobriu quem matou os seus pais. Confesso que dei um risinho quando Theo jogou a pasta com as informações na lareira. Moleque chato…

Pois bem, e quando a gente acha que, qualquer plot twist seria desnecessário em um episódio tão eletrizante quanto este, eis que, uma história aleatória do Ed no episódio se torna um grande gancho para o próximo. Acho que finalmente, Nygma deixará de ser plano de fundo e virá para o destaque. Terminamos com Ed encontrando o Pinguim na floresta – ainda debilitado e machucado por conta do confronto com Galavan. Parceria nova à vista?

É, de fato, nunca estive tão ansioso para um próximo episódio de Gotham. E vocês?

 

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=3bfOpoWb8h4[/youtube]

Anderson Narciso

Anderson Narciso

Criador, editor e redator do site Mix de Séries, é apaixonado por séries desde sempre. Fã incondicional de One Tree Hill, ER, Friends, e não perde um episódio da Franquia Chicago.

No comments

Add yours