Gotham – 3×03 – Look Into My Eyes

Imagem: Banco de Séries
Imagem: Banco de Séries
Imagem: Banco de Séries

[spacer size = “20”]

Continua após publicidade
Hello, old friend!

 

Continua após a publicidade

O Chapeleiro Louco chegou à Gotham City e já deixou seu rastro de sangue.

Continua após publicidade

No episódio desta semana fomos apresentados Jervis Tetch, um hipnotizador que se tornou atração no clube de Barbara. O que não sabíamos era que o homem tinha interesses mais obscuros na cidade, ao buscar sua irmã – que aparenta ser um tipo de meta-humana. Foi uma introdução bem trabalhada, sem tomar as histórias principais, e uma homenagem bem fiel ao retrato do que o ex-neurocientista é nos quadrinhos.

O envolvimento de Jim Gordon com a trapa do Chapeleiro acabou ficando em segundo plano com o retorno de Lee à Gotham City. A legista voltou a cidade com seu noivo e causou o maior climão pra Jimbo. A surpresa para o público foi que o tal Mário que ela está namorando é o mesmo Mário filho de Carmine Falcone. Achei bem interessante a cena do jantar entre eles e, apesar de Falcone alegar que Mário não se envolve com a máfia, está bem claro que o médico em algum ponto vai causar algum mal para Lee. Mas nosso, agora, caçador de recompensas já avisou: “Se a machucar, terei de te matar”.

Continua após publicidade

Bruce conheceu seu clone, desenvolvido em Indian Hill. Ainda não foi explorado quando ou como ele foi feito, mas parece que o garoto foi criado na época em que Thomas ainda estava vivo, principalmente pela fala do clone dizendo que ele cresceu ouvindo tudo o que falavam nos corredores. Mas esse experimento, portanto, deu certo? Não sabemos.

Acontece é que o pequeno milionário foi até acolhedor, mesmo com a desconfiança de Alfred e o resultado foi que o clone saiu pelas ruas fingindo que é o verdadeiro Wayne, deparando-se com Selina que caiu no papo. O que ele irá causar para Bruce? Dependendo do final dessa história, confesso: estou achando essa história um tanto chatinha. A trama de Bruce com a Corte das Corujas estava mais interessante!

Agora, o que foi Pinguim minha gente? Corre para Brasília agora… Oswald, nas HQs, sempre acabou se envolvendo com políticos. Até o filme Batman – O Retorno, de Tim Burton, tentou aproveitar a ideia do Pinguim prefeito, e era de se esperar que Gotham trabalhasse por este lado. Pois bem, Pinguim, agora é candidato a prefeito e promete deixar as coisas agitadas. A cena dele no bar com seu rival foi hilária. Mas ainda queremos descobrir como ele usará Nygma, após o mafioso retirar seu “Old Friend” do manicômio. A cena dos dois reencontrando foi divertidíssima.

Pinguim continua carregando grande parte da série e se tornando, mais uma vez, o centro das atenções. E a quem queremos enganar, adoramos isso!

[spacer size = “20”]

Bat-Nota 1: E esse slogan do Pinguim, o mesmo que o do Donald Trump? Hilário…

Bat-Nota 2: O nome da irmã do Chapeleiro, Alice, é uma clara alusão a Alice No País das Maravilhas.

[spacer size = “20”]

Na semana que vem, aprofundaremos mais na história do Chapeleiro! Até lá…

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=zz6ZhNW0L6U[/youtube]