Gotham – 3×04 – New Day Rising

Imagem: Arquivo Pessoal

Imagem: Arquivo pessoal

Continua após as recomendações

Um novo dia está nascendo em Gotham City com um novo prefeito: Oswald Cobblepot.

A trama da corrida à Prefeitura pelo Pinguim chegou a fim – de forma muito rápida. Uma pena terem gastado um plot interessante desse bem depressa, afinal, muita coisa poderia entrar em jogo para Oswald conseguir o cargo. Mas tudo isso teve uma finalidade: a aproximação final de Nygma com a história do mafioso.

Continua após a publicidade

Ok, eu ainda não entendi certos propósitos ou caminhos que as histórias de Gotham percorrem. Por exemplo, usar o Ed, um cara meio pirado, para tornar-se um exemplo de “ficha limpa” para Oswald, impedindo que ele e Butch comprassem votos. Edward quis mostrar para o Pinguim que ele poderia vencer “honestamente”, demonstrando que acreditava nele, quando o próprio Oswaldo – ou Butch, não acreditavam. E venceu. O resultado foi além, com o Pinguim nomeando o futuro Charada para Chefe de Gabinete. O capanga do agora “ex-mafioso” não gostou nada da situação. Mas estou interessado mesmo em saber o que Pinguim e Charada farão com Gotham City. Por favor, algo bem sinistro!

Imagem: Banco de Séries

A história do Chapeleiro se desenvolveu neste episódio mas, confesso, não me encheu os olhos. Com motivações bobas, e uma história com sua irmã que não encheu os olhos, infelizmente o vilão acabou se tornando apenas “mais um” caso da semana. Até que o lance com o Gordon estando preso à seu feitiço fisgou em alguns momentos, mas não passou disso. Alice acabou morta e o Chapeleiro escapou – para uma possível continuação de sua trama, mas os desdobramentos disso tudo vai acabar atingindo o Capitão Barnes, que teve uma gota de sangue de Alice caindo dentro do seu olho (whaaaat? seriously?), dando uma “reação” à ele que certamente causará problemas para todos.

Já o clone-Wayne foi embora sem dizer a que veio. Mais uma trama desnecessária envolvendo o Bruce-Mirim, apenas para constar que o personagem ainda está na série e não possui muita função. Fiquei bem decepcionado com o desenrolar desse plot e, principalmente, com o descaso de Bruce e Alfred para ela. Ah, ok, tem um clone do Bruce agora, vagando pelo mundo, e eles deixarão para lá, afinal, tem vários outros nadas para eles resolverem. Pelo menos a Corte das Corujas o encontrou e nos deu uma ponta de esperança para que ele seja parte de um grande plano! “Estamos te procurando há um tempo”, disse que a líder da seita.

Bat-Nota 1: É notável a química entre Lee e Jimbo, torcendo para que um dos destaques dos próximos episódios sejam eles. Está na hora das coisas esquentarem, rolar uma recaída, e jogar o tal do Mário na roda para que ele se separe logo da nossa legista predileta.

Bat-Nota 2: Cadê Yvy? Tanto alarde para ela sumir assim?

Foi um episódio bem médio, mas serviu de ponta para o começo de um parceria que a série necessitava. Edward e Oswald tomando controle de Gotham City poderá render boas histórias para a série. É torcer para que elas venham…

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=j-NmU445dFA[/youtube]

Nenhum comentário

Adicione o seu

Tags Gotham