Greenleaf: quinta temporada será a última da série

Greenleaf

O fim de Greenleaf

O OWN anunciou neste domingo (03) que a próxima temporada de Greenleaf, cuja estreia nos Estados Unidos acontece em junho, será a última da série.

De acordo com o canal, o ano derradeiro da série trará a família tentando manter-se unida diante da perda da igreja para Bob Whitmore e Harmony e Hope Ministries. O problema é que segredos, tanto do passado quanto do presente, podem ser fatais para as estruturas já frágeis dessa família.

Todo elenco está confirmado para retornar, embora não saibamos o número de episódios que essa última temporada terá.

Grande audiência

Apesar do tempo de exibição, Greenleaf continua registrando uma audiência sensacional. Dentre as produções roteirizadas do pacote de TV a Cabo comercial, a série lidera com mulheres negras e no total de telespectadores. Além disso, é a quarta melhor audiência no demográfico de mulheres de 25 a 54 anos e lidera, toda terça à noite quando está em exibição, com o demo de mulheres negras.

Continua após a publicidade

Produzida pela Lionsgate TV, a série foi criada por Craig Wright (de Lost e A Sete Palmos) e conta com produção executiva de Clement Virgo (The Book of Negroes) e Oprah Winfrey. Durante sua exibição, o drama conquistou dez indicações ao NAACP Image Award, incluindo para Melhor Série Dramática em 2020. Sem contar com as nomeações da trilha sonora e do trabalho de Lynn Whitfield como atriz coadjuvante. Outros prêmios incluem Gracie Allen Awards, concedido pela Aliança das Mulheres na Mídia, e o Black Reel Awards. 

Sucesso no Brasil

A série, assim que chegou ao Brasil, fez um tremendo sucesso de audiência e reação. Frequentemente, a história é mencionada nas redes sociais.

O criador Craig Wright, é um roteirista experiente que já teve passagens por Tyrant, Brothers and Sisters e até mesmo Lost.

Greenleaf é uma série que se passa no Memphis e acompanha uma família que é proprietária de uma das maiores igrejas do estado. Essa igreja é liderada pelo Bispo James, papel do ator Keith David e pela matriarca da família Mae Greenleaf, muito bem defendida pela atriz Lynn Whitfield, vendedora do Emmy de Melhor Atriz em Telefilme pela sua magnifica atuação em A História de Josephine Baker.

Mas é das ações e do ponto de vista de Grace Greenleaf, a filha mais velha do casal, que a trama se desenrola. Igualmente, outro ponto importante da série é que, praticamente, todo o seu elenco é formado por atores afro-americanos.

No Brasil, Greenleaf está disponível na Netflix com todas as temporadas já disponíveis.

Avatar

Bernardo Vieira

Catarinense e estudante de direito. Escrevo sobre entretenimento desde 2010, mas comecei com política internacional depois da campanha americana de 2016. Adoro uma premiação e um debate político, mas sempre estou lendo ou assistindo algo interessante. Quer saber mais? Me pague um café e vamos conversar.

No comments

Add yours