Grey’s Anatomy – 10×22 – We Are Never Ever Getting Back Together

greys 10x22 b

Continua após as recomendações

“You’re leaving” (Meredith Grey).

Um episódio em que Cristina Yang é o centro das atenções, não poderia ser pouca coisa. Ainda mais quando Preston Burke retorna para facilitar a saída da médica mais amada do seriado. Foi triste demais saber que ele seguiu em frente, mas mais ainda foi saber que Cristina estará se mudando para Suíça. Não consigo ver o seriado sem ela. Não dá. Ela é a alma do hospital. Sem ela, as coisas serão meio que sem graça. Mas entendo a necessidade da atriz abandonar o seriado. A única coisa boa nisso tudo foi saber que ela não morrerá. Shonda se superou para escrever um final lindo para uma das minhas personagens favoritas. E o retorno de Burker foi necessário e útil para o andamento e encerramento da história de Cristina.

Continua após a publicidade

Ele foi o responsável pela sua ida até Zurique. Mais ainda: ele é o responsável por fazer ela desistir de Meredith e Seatle. A oportunidade que ele deu para ela é tentadora e até eu não recusaria se fosse ela. Dar um hospital com os melhores recursos de pesquisa para a médica que abandonou no altar foi muito pouco, mas o suficiente para ela aceitar. Como sabemos, Cristina nasceu para a competição. A perda do prêmio e essa oportunidade foram a gota d’água para ela aceitar a proposta de Burker. Mas foi interessante ver o quanto ele ainda mexe com ela. Não sei não, mas se ele não tivesse casado e com filhos, talvez Cristina aproveitaria essa oportunidade para reatar com ele. Para mim, Burker foi o mais próximo de levá-la a modificar.

Talvez se eles estivessem juntos, ela seria exatamente tudo aquilo que ela não gostaria de ser: mãe. Mas isso é outra história. O fato é que ela aceitou e está para abandonar Mer e nós. Só que ao contrário de Karev, nós não iremos mais vê-la no seriado. Pelo menos, não tão cedo. Vou sentir falta da Dra. Cristina Yang sim. E espero que Shonda tenha outras cartas na manga para compensar essa grande perda.

Minha maior aposta é colocar Amelia, ou Amy, no seriado. A interação dela com Derek foi magnífica. E confesso que adorei o caso semanal: das irmãs siamesas. Quando colocam Derek na cirurgia, ele ganha mais destaque. Sem mencionar que esse caso mexeu com todos os envolvidos no hospital. Entretanto, a pessoa mais prejudica foi justamente quem não estava envolvida com essa cirurgia: Jo. O acúmulo de  funções fez com que ela acabasse cometendo um erro. Talvez tenha sido isso uma das consequências de Karev abandonar o hospital, ou talvez não. Sei lá. Para mim, está claro que alguma coisa vai acontecer e que Karev voltará mais cedo para o hospital do que imaginamos.

Quanto ao Avery e April duas anotações: está sendo fofo demais acompanhar essa gravidez e sim, ela defendendo o marido foi a coisa mais linda desse episódio. Já Callzona está num love total na escolha do nome do próximo filho que nem foi concebido. E só mesmo a Callie para amar o nome estranho que Arizona escolheu. Mas quem continua sendo a Rainha do hospital é Bailey. Ela conseguiu mudar o quadro clínico daquele menino às escondidas dos pais. E por mais que eu ache que vai dar besteira, eu sei que ela só fez porque é uma excelente médica.

 

Avatar

Gabriella Siggia

Quem eu sou? Eu sou uma em um milhão: escritora nas horas vagas, seriadora de coração, cinemática de plantão e amante da literatura. Divertida, alto astral e bastante bem humorada. Só não achei ainda minha outra pessoa. Ah, música faz parte da minha vida.

No comments

Add yours