Grey’s Anatomy – 10×23 /10×24 – Everything I Try to Do, Nothing Seems to Turn Out Right / Fear (of the Unknown)

greys 10x24

Continua após as recomendações

Adeus, Cristina Yang!

Ainda não acredito que Cristina Yang foi embora. Para mim, parece mentira. Não sei como será o seriado sem ela. E por mais que esses dois últimos episódios tenham sido sensacionais, ainda não consigo me despedir dessa cardiologista. Acredito que esses episódios finais só demostraram a falta que ela vai fazer. Cristina é alma do seriado; sua história com Mer é linda e uma amizade verdadeira; é ela quem arranca as melhores tiradas e é a única capaz de falar o que quiser sem ser julgada. Você fará muita falta, Cristina Yang.

Continua após a publicidade

Dito isso, vamos falar do que aconteceu nos últimos episódios dessa temporada. Começando por Bailey. A nazista mostrou o quão genial ela é. Mas as consequências de continuar um tratamento contra a vontade dos pais do paciente quase fizeram com que ela perdesse o emprego. Sua atitude foi linda, mas, como médica, ela errou. Pelo menos, Stephanie estava lá e deu um jeito para evitar que a brilhante Dra. Miranda Bailey fosse demitida e tivesse ido para a cadeia. Em contrapartida, ela acabou perdendo espaço com suas pesquisas, uma vez que o orçamento era muito alto. Entretanto, o fato de Weber achar que ela merece substituir Yang no conselho, mostrou que ela ainda tem muito para oferecer para o hospital.

Só espero que o fato de Karev ganhar o lugar da Yang não acabe trazendo mais reviravoltas para ela. Adorei ver que Cristina se preocupa com Alex, Mer e Owen. E foi uma atitude nobre o que ela fez: dar seu lugar para o amigo, amigo este que ela, vira e mexe, adora zoar. Karev aceitou o emprego na clínica particular pensando ser o melhor para ele, mas descobriu que o hospital faz parte do que ele é. E seu relacionamento com Jo continua firme e forte. Fico feliz, porque ele merece um pouco de alegrias depois de tudo pelo o que ele passou.

Já Callzona parece não ter tanta sorte assim. Callie descobriu que não pode ter filhos, e isso acabou deixando-as um pouco preocupadas, afinal, uma nova criança poderia ser a solução para muitos dos problemas do casal. Entretanto, uma paciente com barriga de aluguel parece ter dado esperança para as duas. E se isso for verdade, Callie e Arizona deverão, na próxima temporada, escolher a futura mamãe de aluguel para o filho delas. Só espero que elas não encontrem uma Amariles (Amor à Vida) no caminho, rs.

E como se era de esperar, Amelia (Amy) ficará em Seatle. Adorei a novidade e espero que tenhamos ótimas cenas dela e Derek. Mesmo achando que Derek vai para Washington, acredito que ele perceberá que Mer e seus filhos são mais importantes que qualquer emprego com o Presidente dos EUA. Falando nisso, a briguinha entre Mer-Der foi feia e acredito que Shondanás quer tentar desabalar a estrutura desse casal depois de ter sossegado um pouco. Medo do que ela vai aprontar.

Agora a minha maior surpresa foi saber que Richard Weber pode ter gerado uma filha com Elis Grey. Sim, a nova cardiologista foi adotada e descobriu, recentemente, quem é a sua mãe biológica. Ou seja, Shondanás está trazendo uma Lexie Grey genérica para a próxima temporada. Tirando tudo isso, fiquei satisfeita com essa season finale. Estou amando Japril e espero que o bebê deles seja fofo. A saída de Murphy e Ross foi muito bem elaborada, sem mortes; e o melhor: de uma maneira digna. Mas é aí que mora o perigo: Shondanás não costuma ser tão boazinha assim. Aguardando as bombas da próxima temporada!

PS: A despedida da Yang foi linda. Crowen acabou de uma forma mágica e a dancinha de Mer com Cristina foi linda e perfeita! Vou sentir saudades da Crsitina Yang!

Avatar

Gabriella Siggia

Quem eu sou? Eu sou uma em um milhão: escritora nas horas vagas, seriadora de coração, cinemática de plantão e amante da literatura. Divertida, alto astral e bastante bem humorada. Só não achei ainda minha outra pessoa. Ah, música faz parte da minha vida.

No comments

Add yours