Grey's Anatomy – 11×23 – Time Stops

greys 11x23

 

O impossível.

April Kepner já foi uma personagem muito odiada. Com o tempo ela foi nos conquistando com seu jeitinho caipira de ser e depois desse episódio ela entrou para o hall de diva da série. O que ela fez foi sensacional, deixando Meredith e Amelia no banco das reservas. Se Shonda brincar com a gente de novo e separar Japril, a situação vai ficar feia, afinal, April merece ser feliz e continuar arrasando no seriado médico.

Continua após a publicidade

Um desastre colocou os médicos em alerta e alguns problemas começaram a surgir no penúltimo episódio da temporada. Não acredito que Jo e Alex terminaram, apenas acho que cada um quer seguir rumos diferentes. Ainda acho que teremos alguma reviravolta na season finale, mas quero acreditar que a briguinha deles foi apenas para nos despistar do que vai acontecer no próximo episódio.

Já Pierce parece que percebeu que algo estranho está acontecendo com sua família adotiva. Será que ela perdeu algum ente querido? Só saberemos – se é que vamos saber – no próximo episódio. O importante é que ela ficou ao lado de Meredith nesse momento de luto que a personagem está passando e estou começando a gostar do relacionamento das duas. Demorou mas Pierce achou seu lugar e não quero que Alex tenha algum caso com ela, demorou tanto para ele esquecer a Izzie e quando apareceu Jo eu soube que ela era a mulher certa para ele. Será que estou exagerando?

Stephanie continua me surpreendendo e foi uma das personagens que mais evoluiu na série. Já estou shippando ela com o novo residente. Pode? O cara veio com todo o ar de médico, para no final nos surpreender e dizer que era apenas um residente. Sensacional! E Stephanie arrasou salvando a vida da paciente enquanto que seus internos só faziam besteiras. Quero mais Stephanie detonando no hospital.

Quanto ao momento mais esperado no episódio, a briga de Amelia e Meredith, eu achei super estranho. Eu entendo o que a Amelia está sentindo. Ela não conseguiu se despedir do irmão e Meredith parece que toma todas as decisões e esquece que Amelia mora com ela e os sobrinhos. Realmente ela conseguiu o impossível ao salvar a vida da mentora da Arizona e esse sentimento de se sentir um lixo diante da cunhada é aceitável. O problema é que nós conhecemos Meredith muito bem. A heroína sofreu muito durante essas 11 temporadas e era de se esperar que ela fosse forte o suficiente para dizer adeus ao amado. Se Amelia conhecesse Meredith como nós conhecemos ela entenderia porque a cunhada agiu daquela maneira.

Não acho que se desfazer da casa ajudará Meredith a seguir em frente e esquecer Derek. Pelo contrário. A casa era dos dois e é importante esse vínculo para que não esqueçamos do médico. Ela precisa superar a morte do marido da mesma forma que nós fãs também temos. E esses flashbacks não facilitam esse trâmite. Apesar de estar amando os flashbacks, sei que o seriado é mais do que isso. E a grande prova de tudo isso está com a atitude de April que fez o impossível para mostrar para suas colegas que ser médico não é apenas ter cirurgias incríveis, mas sim se arriscar para salvar a vida dos seus pacientes. E o fato dela levar o paciente até o hospital, mesmo em uma situação complicada, só mostra que ela é uma médica excelente. Que Shonda não estrague esse plot da April tão cedo; ela merece brilhar no seriado também!

Avatar

Gabriella Siggia

Quem eu sou? Eu sou uma em um milhão: escritora nas horas vagas, seriadora de coração, cinemática de plantão e amante da literatura. Divertida, alto astral e bastante bem humorada. Só não achei ainda minha outra pessoa. Ah, música faz parte da minha vida.

No comments

Add yours