Grey’s Anatomy – 12×22 – Mama Tried

greys 12x22 a

 

Às vésperas dos dias das mães, Grey’s Anatomy nos presenteou com um episódio que traduz o verdadeiro significado de ser mãe. Foi mais um brilhante e emocionante episódio que culminou na decisão de quem teria a guarda definitiva da pequena Sofia Robins Sloan Torres e, de quebra, deu uma perna para a Arizona (se é que me entendem). Toda a tensão envolvendo o julgamento nos levou a questionar (e refletir) até que ponto somos capazes de lutar. Independentemente de ser #TeamCallie ou #TeamArizona, o que vimos foi um espelho do que acontece com qualquer pessoa no mundo real.

Callie pode ter jogado sujo, colocando todos os podres de Arizona em xeque, porém, foi a atitude nobre da Arizona que fez com que a juíza percebesse quem realmente estava disposta a ir além de ter a guarda da Sofia. Ser mãe qualquer um pode ser, entretanto, apenas algumas pessoas nasceram para a maternidade. O fato de Arizona mostrar que uma mãe adotiva é tão mãe ou mais quanto uma mãe biológica só fez com que ela crescesse no meu conceito. Ela colocou aquela advogada do diabo, digo, da Callie no seu lugar e ainda deu uma lição de moral em todos nós. Ela adotou Sofia e a amou desde o dia em que soube que Callie estava grávida. Sofia pode não ter o mesmo DNA dela, mas isso não signifique que ela não seja a sua filha.

Continua após a publicidade

Além disso, Arizona foi altruísta ao mostrar que pensa mais nos outros do que nela própria, abandonando a audiência para salvar sua paciente. O fato dela reconhecer que tanto ela como Callie são ótimas mães e que independentemente com quem Sofia ficasse, nada mudaria o fato de que Sofia Robins Sloan Torres sobreviveria e o mesmo não poderia se dizer sobre a sua paciente e seu futuro filho. Por isso, não teve como não se emocionar quando vimos Arizona ganhando a guarda total de Sofia e Callie, aos prantos, vendo que perdeu por ser arrogante demais. Não sei se isso fará com que Callie desista de ir à NY; o que eu sei é que Callie se enforcou com a própria corda e mereceu perder a guarda da filha por ser arrogante, prepotente e agir daquela maneira no tribunal.

Se Callzona vai se destruindo aos poucos, Japril começa a se reconstruir. O fato de Jackson e April quererem um futuro pacífico para seu filho só demonstra que existe ainda esperança para os fãs do casal. Eu, particularmente, não quero me iludir novamente e esperar que Japril possam viver felizes para sempre, até porque em se tratando de Grey’s Anatomy, essa história de ‘felizes para sempre’ é pura ilusão. Vide a história de MerDer! Mas fico feliz com a bandeira branca colocada pelos dois. Só espero que Mama Avery não apronte nada para eles. Já sobre Stephanie e seu drama de ter terminado com Kyle prefiro nem comentar pois foi ridículo e totalmente sem noção. Ou vocês acreditam que o retorno do personagem foi mera coincidência? Preparem os lenços, pois a season finale está chegando e já podemos esperar fortes emoções!

PS: Bailey diva! Nem preciso comentar o quanto fiquei feliz e aplaudindo pelas sábias palavras que ela deu no tribunal. Se fosse com um homem que trabalhasse demais, ninguém falaria nada. Mas quando o assunto é mulher, as coisas mudam de lugar!

 

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=22cwWEoeA_c[/youtube]

Avatar

Gabriella Siggia

Quem eu sou? Eu sou uma em um milhão: escritora nas horas vagas, seriadora de coração, cinemática de plantão e amante da literatura. Divertida, alto astral e bastante bem humorada. Só não achei ainda minha outra pessoa. Ah, música faz parte da minha vida.

No comments

Add yours