Grey’s Anatomy – 13×20 – In the Air Tonight

Imagem: Arquivo Pessoal

Continua após as recomendações

Tensão. Quem nunca se sentiu tenso diante de uma situação? Pois bem, ao assistir este episódio, me senti presa com Meredith e Riggs no avião e a tensão me dominou por completo. Meus amigos sabem que eu não gosto de viajar de avião e que tenho pânico de estar voando, então, imagine a minha reação ao ter que vivenciar mais um episódio de Grey’s Anatomy focado num avião?! O pânico me dominou e eu quase tive que ser socorrida pela Meredith Grey.

Continua após a publicidade

O episódio foi tenso do começo ao fim e, ao terminar, eu só podia ficar de boca aberta, aplaudindo de pé os roteiristas e a direção. Parecia mesmo que eu estava naquele avião e pude sentir cada desespero da Meredith. Não sei ainda o que me deixou mais destruída, se foram os flashbacks ou se foi ver Mer falando daquele trágico acidente, acidente este que matou a Lexie e o Mark d forma tão cruel.

Alguns fãs acham que a morte do George ou do Derek foi a pior de Grey’s Anatomy, mas para mim nada supera a forma como Lexie Grey morreu e aquele acidente que trouxe consequências para todos os sobreviventes. Parece que foi ontem que escutei o desespero da Cristina em encontrar seu sapato; que vi a agonia da Mer em querer achar o Derek e que minha lágrimas caíram em uma enxurrada ao ver Lexie morrendo. E ver todos estes flashbacks foi de cortar o coração. Realmente, Meredith Grey é uma lutadora e digna de ser protagonista de novela mexicana.

Todas as tragédias que ela passou levaram-na a ser o que é hoje: uma brilhante médica. Não foi a toa a forma como ela salvou a vida daquele rapaz. Ela fez o impossível nesse avião e tentou deixar para trás aquele dia infeliz que matou a sua querida amada irmã. Ela não foi a única a brilhar neste episódio, Riggs também mostrou ser um ótimo médico e provou que ainda há chances para ele no seriado sem ser o cara da nova fase da Meredith.

Eu não sou Team Riggs, mas confesso que gostei muito da forma como Shonda colocou ele na vida da Meredith. Por mais que eu seja MerDer for ever não dá para negar que Riggs pode ser aquela pessoa que fará Mer acreditar no amor novamente. Eles têm química e existe algo neles que nos faz acreditar que a vida continua independentemente das nossas tragédias. Não sei se Meredith vai viver feliz para sempre com Riggs, mas eu sei que os dois poderão construir algo daqui para frente. E vamos ser sinceros: Meredith não merece viver presa no passado só porque seu grande amor morreu. Ela merece ser feliz e encontrar alguém que ame seu jeito único de ser.

Ela é a rainha deste seriado e enquanto tiver histórias para ela, eu continuarei assistindo e torcendo por ela. Ela é uma brilhante cirurgiã, uma excelente médica e uma ótima irmã. Porém, ainda falta muito para sua história terminar. Enquanto isso não acontece, eu vou curtir cada momento e torcer por ela. Todo o que aconteceu neste avião foi uma forma de Shonda dizer que nossas vidas são repletas de turbulências, mas é a forma como escolhemos enfrentá-las que nos define. Fiquei feliz por Mer querer começar uma nova página de sua vida e guardar as lembranças com Derek com carinho. Um amor como MerDer não existe, mas não é por isso que devemos viver só do passado.

Foi um ótimo episódio, repleto de metáforas e de tensão, que conseguiu me prender do começo ao fim e torcer para que nada de ruim acontecesse a Mer e a Riggs. Os dois são ótimos médicos e arrasaram ao salvar as vidas dos passageiros e tripulantes. O fato de vermos uma mescla de passageiros e uma piloto mulher mostrou uma crítica ao que vivemos hoje em dia na sociedade, onde mulheres e pessoas de várias raças e etnias são sempre subjugadas. Queria que a maioria dos episódios desta temporada fossem assim, repletos de mensagens e com aquela sensação da velha Grey’s Anatomy.

P.S.: Só eu achei aquele banheiro do avião enorme?

Avatar

Gabriella Siggia

Quem eu sou? Eu sou uma em um milhão: escritora nas horas vagas, seriadora de coração, cinemática de plantão e amante da literatura. Divertida, alto astral e bastante bem humorada. Só não achei ainda minha outra pessoa. Ah, música faz parte da minha vida.

1 comment

Add yours

Post a new comment