Grey’s Anatomy – 14×01/02 – Break Down The House/Get Off On The Pain

Imagem: ABC/Divulgação

S-E-N-H-O-R! Que season premiere foi essa? Shonda Rhimes sabe fazer uma dobradinha de episódio como ninguém. O retorno da Megan Hunt mexeu não só comigo e com o Owen, mas como também com todos do hospital. Sério, ainda estou tentando respirar e entender o que aconteceu nesses dois episódios. Eu já imaginava que Megan Hunt iria causar muitos estragos no hospital, porém, nunca imaginaria que a grande responsável pelo caos instalado seria a Barbie do deserto. Teddy voltou com tudo e pronta para abalar os corações de Omelia.

Sempre é muito bom ver o quanto Meredith Grey amadureceu durante sua jornada no hospital. Quem poderia imaginar que ela se tornaria uma brilhante cirurgiã? Pois bem, Mer cresceu e pouco se parece com aquela garota que tentava se mostrar forte para os outros da primeira temporada. Lembro-me muito bem quando Cristina Yang disse que Meredith precisava brilhar e foi isso o que ela fez nessa season premiere: ela mostrou o quanto extraordinária ela é. Se voluntariar para ser a cirurgiã da ‘pessoa’ de seu ex não é para qualquer um. Ela pode ter errado com a cirurgia, mas provou o quanto ela é brilhante, sem mencionar o fato dela ter conseguido separar o lado profissional do pessoal.

Continua após a publicidade

Depois de tudo pelo o que Mer passou, é impossível não olhar para ela e vê-la como uma heroína e um exemplo de pessoa. Por mais que tenha sido bastante clichê e repetitivo toda essa história dela se envolver com alguém que tem um passado muito presente, eu senti como se visse uma outra Meredith Grey agindo e não aquela Meredith Grey do Derek. Suas atitudes foram mais positivas do que negativas, apesar de ainda achar que ela sente algo muito forte por Nathan e ele por ela. Se até a Megan percebeu que o ex ainda sente algo pela Mer, eu só posso concluir que esse triângulo amoroso (se é que podemos chamar) ainda terão muitas histórias. Aliás, que péssima hora de interromper um pedido de casamento, , Dra. Meredith Grey?

Eu adorei rever a Teddy, mas não gostei nenhum pouco da intervenção que ela, a mãe de Owen e Megan fizeram com o médico. Amelia sofreu muito na vida, e as três não podem julgar alguém sem conhecer. Eu sei que na última temporada Amelia foi um pé no saco e tudo mais, porém, eu ainda consigo entender os motivos que levaram a neurocirurgiã agir daquela maneira. E agora que Shondanás jogou aquela bomba de que minha adorada personagem pode ter um tumor maligno, nem sei o que pensar. Já estou surtando aqui com a possibilidade de ver Amelia morrendo. Pra quê tanta maldade?

O retorno de Grey’s Anatmoy foi contagiante, mostrando o melhor do seriado, entretanto, ainda não sei o que esperar dessa temporada. Eu gostei muito de ver Jo mais leve e um pouco mais engraçada ao tentar fugir do interno com quem ficou, mas detestei esse mimimi sem fim com Alex. Foi bacana vê-la colocando Ben como a sua nova Stephanie, porém, foi muito chato vê-la se entregando para o Alex daquele jeito. Eu sei que os dois ainda tem uma história, mas para quê mostrarem a Jo querendo superar seus erros, se no final ela volta a cometer os mesmos erros de sempre? Sem contar que eu não aguento mais esse chove e não molha entre eles.

Quem me surpreendeu foi Arizona e seu dom em se meter em confusão. Para quem estava curtindo muito a Dra. Eliza, ela até que superou rápido o fora que recebeu. Sem contar que amei a irmã de DeLuca. Sério, eu ri muito com a discussão dos dois em italiano e Arizona se sentindo perdida. Parece eu quando assistia as aulas de biologia. E não posso deixar de comentar que a irmã do DeLuca já deixou o hospital em caos com suas teorias e práticas sobre o orgasmo. Sério, já prevejo muita coisa confusão e mais discussão entre os dois.

Bom, antes de terminar essa review eu preciso dizer que sou Team Japril e estou detestando a forma como Shonda está terminando com esse casal. Ainda é muito difícil de engolir essa paixonite da Pierce sobre o Jackson e vai ser muito complicado ter que aturar os dois como um casal. Apesar de tudo isso, eu simplesmente chorei com que a April falou para o Jackson e espero que ela seja feliz.

PS: Só quero saber como aqueles internos conseguiram entrar para o programa? É um pior que o outro, sem mencionar o quanto que eu ri com o Richard guiando eles.

Avatar

Gabriella Siggia

Quem eu sou? Eu sou uma em um milhão: escritora nas horas vagas, seriadora de coração, cinemática de plantão e amante da literatura. Divertida, alto astral e bastante bem humorada. Só não achei ainda minha outra pessoa. Ah, música faz parte da minha vida.

No comments

Add yours