Grey’s Anatomy: 17ª temporada ganha data de estreia no Brasil

Greys Anatomy estreia Brasil 17 temporada

Episódios sobre a pandemia estreiam em 2021 no Brasil

Os novos episódios de Grey’s Anatomy já têm data para chegar ao Brasil. De acordo a assessoria, o Sony Channel irá exibir a 17ª temporada do drama médico a partir do dia 9 de fevereiro.

Continua após as recomendações

A nova temporada da série está sendo exibida atualmente nos Estados Unidos. Além disso, a trama está abordando o impacto da pandemia na rotina da equipe médica do “Memorial Grey Sloan. “Todos serão diretamente impactados por situações extremas causadas pela pandemia do COVID-19”, diz o texto de divulgação.

Aparições surpresas

No entanto, não é apenas o drama da pandemia que promete arrancar lágrimas do público. Os novos episódios registraram o surpreendente “retorno” de alguns personagens amados pelo público. Derek (Patrick Dempsey) e George O’malley (T.R. Knight) apareceram durante os primeiros episódios emocionando os fãs.

Continua após a publicidade

A primeira parte da nova temporada exibirá um total de 6 episódios. O sexto e último vai ao ar nesta quinta-feira, 17 de dezembro, nos Estados Unidos. A segunda leva de inéditos está prevista para ir ao apenas em março de 2021.

Imagem: Divulgação.

O que vem por aí?

O primeiro episódio da nova temporada da série médica mais aclamada pelo público se passa em abril de 2020. Dessa forma, neste período, o mundo já enfrentava a maior pandemia dos últimos tempos.

Mantendo seu compromisso de ser um drama de ficção que lida com questões reais, Grey’s Anatomy irá explorar ao longo deste novo ano essa temática tão atual na vida de quem trabalha salvando vidas.

Logo no início, a protagonista Meredith Grey (Ellen Pompeo) se vê diante do dilema de se recuperar da doença ou cuidar de seus pacientes.

O público vai acompanhar o drama diário vivido pelos profissionais da área da saúde: medo, cansaço bem como superlotação dos leitos… Além disso, muitas mortes, falta de equipamentos e, igualmente, problemas na infraestrutura.

Já na estreia, os telespectadores poderão acompanhar todas as mudanças e protocolos adotados pelo hospital para receber os pacientes infectados. Além disso, chega ao hospital, que só está priorizando casos de Covid, um adolescente em estado grave, vítima de um incêndio ocorrido em Station 19 – série derivada de Grey’s que conta o dia a dia dos bombeiros na cidade de Seattle.

Série pode acabar na 17ª temporada

Ellen Pompeo, recentemente, comentou sobre um possível fim da série.  “Ainda não sabemos quando a série realmente vai terminar. Mas a verdade é que este ano isso pode acontecer”, Pompeo compartilhou como parte da retrospectiva aprofundada sobre o drama médico (via Variety).

Quero dizer, este é o último ano do meu contrato agora”, disse Pompeo, que em maio de 2019 renovou com a ABC até 2021, e consequentemente até a 17ª temporada. Na ocasião, ela firmou um acordode US$ 550.000 por episódio, colocando-a como a atriz mais bem paga da TV aberta norte-americana. Não sei se este é o último? Mas poderia muito bem ser.”, completou, indicando que Grey’s Anatomy pode sim acabar na 17ª temporada.

Mas como a própria Ellen Pompeo disse, essas frases tem efeito forte na indústria e, provavelmente, ela disse isso para que consiga negociar um acordo ainda melhor com a ABC para retornar para mais temporadas. “Aproveite este clickbait, enquanto a ABC me telefona“, brincou.

Só que em um tom mais sério, Pompeo disse que ao meditar sobre seu futuro ela pensa bem. Portanto, sobre o futuro de Grey’s Anatomy, “não toma uma decisão levianamente”; Tudo isso, visto que a série emprega muitas pessoas e oferece um grande fórum para resolver os problemas. “Estou muito grata por isso.

E você, é fã da série? Deixe nos comentários e, igualmente, continue acompanhando as novidades aqui no Mix de Séries.

  • Além disso, siga nossas Redes Sociais (InstagramTwitter, Facebook).
  • Baixe também nosso App Mix de Séries para Android no Google Play (Download aqui) e fique por dentro de todas as matérias do nosso site.