Grey’s Anatomy: Addison está de volta! Retorno terá reviravoltas e surpresas

Icônica personagem retorna na próxima semana em Grey's Anatomy.

Greys Anatomy

Existe alguma chance de a chegada de Addison Montgomery em Grey’s Anatomy ser tão intensa quanto sua primeira aparição na série?

Continua após publicidade

Kate Walsh, que fervilhava como a cirurgiã neonatal aparentemente de sangue frio, mas muitas vezes de coração caloroso, nas temporadas 2 e 3 de Grey’s Anatomy, faz seu esperado retorno ao hospital no episódio de 14 de outubro.

Continua após a publicidade

Mas os fãs nunca esquecerão sua introdução em 2005, no final da primeira temporada. A misteriosa ruiva impecavelmente vestida caminhou até seu parceiro distante, Derek Shepherd (Patrick Dempsey), e sua nova amante, Meredith Gray (Ellen Pompeo). Estendendo a mão, ela se apresentou rispidamente a Meredith como Addison Shepherd antes de acrescentar, após uma pausa significativa, “e você deve ser a mulher que está transando com meu marido”.

Continua após publicidade

Agora, Walsh ri deste primeiro dos muitos momentos marcantes de sua personagem. “Para aquela cena de 30 segundos, recebi mais atenção do que qualquer coisa que fiz antes ou depois”, lembra ela.

Uma das maiores personagens de Grey’s Anatomy está de volta

Os holofotes estão de volta em Addison, cuja entrada é orquestrada por Richard (James Pickens Jr.) pedindo a ela para ajudar a colocar a atual safra de residentes em forma. Mas a questão operacional é: que novos capítulos os fãs podem esperar ver na longa saga dela e de Meredith? “As pessoas ficarão surpresas”, brinca Walsh. Assim, “teremos reviravoltas”.

Continua após publicidade

Leia também: Grey’s Anatomy: 18ª temporada ganha data de estreia no Brasil

E isso, a história de Addison tem de sobra. Ela e Derek tentaram se reconciliar durante a 2ª temporada, mas depois se divorciaram, com Meredith finalmente se casando com seu McDream Man na 7ª temporada. Enquanto isso, Addison ficou famosa por um tempo com Mark “McSteamy” Sloan (Eric Dane). Em 2007, ela se mudou para Los Angeles para trabalhar em um grupo médico, no que se tornou o spinoff de Grey’s Anatomy. Assim, ela floresceu profissionalmente e passou por vários parceiros e falhou em tratamentos de fertilidade antes de terminar contente em 2013 com um bebê adotado chamado Henry e o novo marido, Dr. Jake Reilly (Benjamin Bratt).

Agenda cheia adiou retorno da atriz

Problemas de agendamento há muito impediam qualquer retorno da atriz à série. A showrunner da série, Krista Vernoff, entretanto, afirma: “Nós tivemos uma ideia este ano, eu estendi a mão e ela estava pronta”. O enredo C*VID da 17ª temporada, que trouxe de volta um Derek caminhando pela praia na mente de Meredith, ajudou no retorno. Vernoff acrescenta: “Acho que [Walsh] viu a alegria que esses retornos trouxeram aos fãs e estava animada para voltar”.

Walsh se encaixou perfeitamente, confirma Vernoff. Em seu primeiro dia no set, “muitas pessoas estavam chorando. Foi como se sua irmã favorita voltasse para casa depois de uma década no exterior. ”

Addison, portanto, tem uma grande quantidade de recuperação emocional para fazer durante esse arco de vários episódios. “O fato é que ela não voltou para assistir a eventos bastante comoventes na história de Grey, como o funeral de Derek, os filhos de Meredith e Amelia [Shepherd]”, afirma Walsh. “Você não pode deixar de sentir que a filha pródiga está voltando.” 

Rivalidade com Meredith deve voltar com força

Algumas palavras duras podem voar com a rival romântica de longa data, Meredith, agora chefe de cirurgia geral. “Há tanta água sob a ponte entre elas”, diz Vernoff, incluindo “uma história que foi reformulada pela morte de Derek” após um acidente de trânsito na 11ª temporada. “Embora haja respeito real entre elas, também há uma nova dinâmica que você nunca viu antes no programa.”

Enquanto isso, Meredith tem seus próprios horizontes profissionais mais ensolarados. Tendo sobrevivido a C*VID por pouco, ela recebeu uma oferta para executar um estudo de grande orçamento com células-tronco para encontrar uma cura para o Parkinson, cortesia do Dr. David Hamilton (Peter Gallagher), um amigo de sua falecida mãe, Ellis (Kate Burton, que aparece nas últimas visões de Mer).

Addison também ganha tempo de qualidade em “belas cenas íntimas” com a ex-colega Amelia (Caterina Scorsone), irmã neurocirurgiã de Derek, diz Walsh. Os amigos “se abrem de maneiras que não fazem com ninguém”, diz Vernoff, com Amelia revelando por que rejeitou a proposta de casamento de Link (Chris Carmack) no final da temporada 17.

“Eu adorei Private Practice, mas Grey’s é como uma panela de pressão”, diz ela. “Momentos pessoais às vezes surgem do nada e são surpreendentes, comoventes e, com sorte, atraentes.” O prognóstico final da estrela para seu enredo? “Como uma boa e velha Grey’s Anatomy, você vai rir e depois chorar.”