Grey’s Anatomy: intérprete de Owen comenta a história de Amelia na 14ª temporada

Imagem: ABC/Divulgação

Grey’s Anatomy retornou para a décima quarta temporada, com uma estreia de temporada de duas horas mais leve que, em alguns momentos, foi bastante hilário. Ou seja, até a última cena do episódio, quando a série lançou uma bomba sobre uma personagem de grande duração.

Embora Amelia (Caterina Scorsone) estivesse lá para apoiar Owen (Kevin McKidd) ao descobrir que Megan (Abigail Spencer) estava viva no final, ela foi rápida em voltar para o trabalho, ao invés de estar ao seu lado na estréia da temporada 14. Na verdade, ela o evitou até o ponto em que Megan disse que Owen estava em uma farsa de casamento.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Quando Owen tentou confrontá-la, sugerindo que ela precisasse de terapia ou algum tipo de medicação, Amelia revidou, enviando Owen direto para os braços de Teddy (Kim Raver) – literalmente. Owen e Teddy acabaram se beijando, um momento que reviveu temporadas passadas. Mas os minutos finais do episódio colocoram Amelia se juntando ao estudo de ondas cerebrais de Carina DeLuca (Stefania Spampinato) durante um orgasmo feminino, que é como eles descobrem que Amelia tem um tumor cerebral gigante. Touché!

Infelizmente, Amelia manterá a boca fechada sobre essa trama. Pelo menos foi o que disse o ator Kevin McKidd, que dirigiu a segunda parte da estreia dupla da 14ª temporada. “Ele não sabe que o tumor existe“, McKidd disse em entrevista à EW que você confere traduzida neste post. “Não irá demorar muito para ele descobrir, e ele se levantará como um marido deveria. Mesmo que Amélia tenha dito certas coisas para ele, e mesmo que ele esteja obviamente muito conflituoso e olhando para a possibilidade de que esse casamento não funcione, e eles estão em páginas diferentes, ele definitivamente intensifica o papel que deveria fazer.

O tumor cerebral de Amélia questiona muitas das decisões que ela tomou ao longo dos anos, possivelmente voltando aos dias de Private Practice (série derivada de Grey’s Anatomy sobre a Dra. Addison, onde a personagem apareceu pela primeira vez), onde ela lutou contra o vício das drogas e teve uma propensão para tomar decisões impulsivas. “Ela não conhece há muitos anos, e esse tumor vem crescendo por um longo, longo, longo tempo e tem afetado todas as suas escolhas e todas as suas ações e ninguém sabia disso, e menos ainda,” completou McKidd. “Então, é difícil para Owen, porque ele deixou de lidar com essa pessoa que, em frente, se conseguissem remover o tumor, poderia ter uma personalidade muito diferente daquele com quem ele se casou. Ela tem muitas perguntas sobre: ​​’Quem realmente serei quando esse objeto for tirado de mim?’ Então, isso vai afetar tudo“.

Imagem: ABC/Divulgação

Com isso em mente, o tumor poderia realmente ser o que trará de volta Owen e Amelia? “Pode ser, ou pode ser que finalmente faça com que eles percebam que talvez eles não estivesse [destinados a ficarem juntos]“, ressaltou o intérprete de Owen. “Quando você percebe que esteve com alguém que não é a mesma pessoa que pensou que era, pelo menos nessa situação, há uma verdadeira justificativa para isso, então acho que vai fazer com que eles lutem com fatos e realmente olhem o que sua vida tem sido nos últimos três a quatro anos. Vai ser um caminho complicado para eles“.

Ao lado do tumor cerebral, a outra coisa que poderia estar no caminho deles é Teddy. Resta saber se Owen realmente teve sentimentos por sua velha amiga ou se o beijo nasceu de tristeza pelo estado de seu casamento. “Eu acho que tudo está confuso. Sempre houve negócios inacabados entre Owen e Teddy. Ele está muito confuso e perdido. Amélia basicamente dá permissão de maneira muito estranha. É quase como se ela já tivesse deixado o casamento. Naquele momento, acaba de sair desse frenesi de desespero com o caminho do casamento.”, completou.

Continua após a publicidade

Ainda assim, McKidd insiste que a relutância de Teddy em avançar com Owen enquanto ele ainda é casado é um alerta para Owen. “Ele dá um passo errado e Teddy o chama atenção, porque ela também não é apenas alguém que tem sentimentos por ele também, mas também é sua melhor amiga e não quer que ele vá por essa caminho”, disse McKidd. “Você poderia ler isso que Owen a beija, mas eu dirigi o episódio, então minha intenção era que ambos se beijassem. Ela coloca as coisas alinhadas e então joga um balde de água fria e dá um tapa em seu rosto, em efeito, com suas palavras. Ele já se acordou disso e percebe que ele precisa olhar para a vida dele, sem ele mesmo descobrir o tumor “.

GUIA | Conheça a história da Amelia de Grey’s Anatomy na série Private Practice

E vocês, o que acham da trama de Amelia nesta temporada? Grey’s Anatomy continha com episódios inéditos nos Estados Unidos todas as quintas pela ABC.

Anderson Narciso

Anderson Narciso

Mestre em História, criador de conteúdo, é o editor responsável e idealizador do Mix de Séries. Eterno órfão de Friends, One Tree Hill e ER, acompanha séries desde que se entende por gente. No Mix é editor de colunas e de notícias e resenha séries semanalmente.

1 comment

Add yours
  1. Avatar
    Cleber Segundo 3 outubro, 2017 at 12:56 Responder

    Achei um recurso muito preguiçoso dos roteiristas. Arranjar um problema do nada para dar solução a um plot que veem se arrastando a muito tempo.

Post a new comment