Grey’s Anatomy quebra recorde histórico na TV e a gente comemora!

Imagem: ABC/Divulgação

Grey’s Anatomy se torna a série médica mais longa da TV

Hoje, 28 de fevereiro, vai ao ar o episódio de nº 332 de Grey’s Anatomy. O capítulo 15 da 15ª temporada registra um grande marco para a série, que passa a ser o drama médico mais longo da TV, superando o recorde da clássica E.R. – Plantão Médico.

No entanto, mais do que um número importante, o episódio serve para refletir e agradecer sobre a importância de Grey’s – sim, fã que é fã chama pelo apelido carinhoso – ao longo desses quase 15 anos de histórias. Por isso, deixamos aqui uma espécie de carta de agradecimento à mente brilhante que criou à série.

Continua após a publicidade

Creio que falamos por muitos fãs, que assistem a série com a mesma paixão de sempre, durante 332 episódios.

Para Shonda

Shonda, olhando daqui para 2005, entendemos que na época ninguém sabia o fenômeno que Grey’s se tornaria. É impossível saber disso no começo, mas Grey’s nasceu diferente. Dá pra sentir isso logo no primeiro episódio. Seja pelos belos textos narrados por Meredith (e agora por vários outros personagens). Ou seja pelos emocionantes e curiosos casos médicos semanais. Ou ainda, pelos personagens incríveis e apaixonantes que você nos apresentou.

Se no atual cenário político que vivemos tem sido difícil debater sobre determinados temas sem ocasionar grande polêmica, Grey’s Anatomy nunca decepcionou e nos ajudou, desde o início, antes mesmo de isso isso se tornar uma “tendência”, a repensar situações, rever perspectivas e a nos livrar de preconceitos.

Já aprendemos sobre assédio sexual no ambiente de trabalho. Sobre dependência química. E até mesmo sobre racismo, machismo, homofobia, transfobia, relacionamentos abusivos. Nossa!

Além disso, ass lições aprendidas são imensuráveis. Assim como são incontáveis as lágrimas que qualquer um de nós já derramou durante esses 332 episódios.

O público ama te odiar, Shonda.

A gente xinga, ameaça desistir, diz que não aguenta mais, e até jura não te perdoar por tantas mortes e despedidas, mas aqui estamos – e audiência é uma prova disso – fazendo parte de um momento histórico e colocando Grey’s, de uma vez por todas, na história.

A gente sente tudo isso, mas hoje, nós só queremos agradecer pela incessável vontade de provocar mudanças na vida real das pessoas através de histórias tão reais. Obrigado por invadir nossas televisões e nossos corações e nos apresentar personagens com os quais nós podemos nos reconhecer das mais diversas formas. Obrigado por nos ensinar que cada um de nós pode ter alguém para chamar de “minha pessoa”. Obrigado por nos ensinar a “dançar” mesmo quando não temos motivos. Obrigado por nos ensinar que há sempre um recomeço após uma tragédia. Até mesmo após uma queda de avião. A gente agradece até pelas lágrimas derramadas. Seriously.

Há quem diga que é chegada a hora de por um fim nessa trajetória. Há também quem esteja preparado para mais temporadas. A verdade é que, hoje, isso pouco importa. Hoje é um lindo dia para quebrar recordes.

Obrigado Grey’s Anatomy e Feliz 332 episódios!

 

Leia também: A verdade obscura por trás do elenco de Grey’s Anatomy

Italo Marciel

Italo Marciel

Cearense, 28 anos. Jornalista especialista em Assessoria de Comunicação. Viciado em séries desde que se entende por gente e apaixonado por cinema. O cara que fica feliz em indicar uma boa série ou um bom filme para os amigos.

No comments

Add yours