Grimm – 4×15 – Double Date

Grimm capa

Imagem: Arquivo pessoal

 

No episódio da semana passada, Grimm nos surpreendeu, realmente. Porém, não chegou nem perto de considerarmos um dos melhores e mais criativos episódios dos últimos tempos. Na minha opinião, deixou a desejar, e muito. E isso que eu nem falei ainda do wesen, que tem verdadeiramente duas faces, mas isso veremos daqui a pouquinho. Vamos começar a conversar, porque nesse episódio muitas coisas estão em jogo.

O episódio basicamente começa mostrando uma cena bem forte e extremamente marcante do passado de Sean Renard: o momento em que ele leva os tiros no final da terceira temporada. Quando ele acorda desse pesadelo perturbador e repara que o peito estava cheio de sangue, isso mesmo gente, foi um pesadelo, mas um pesadelo real até demais, não acham?

Continua após a publicidade

Bom, avançando um pouco mais, Nick se encontra deprimido em função da saída de Juliette de casa, mas isso não o deixou quieto por muito tempo. Mas, vamos ao que realmente toma conta do episódio: o caso de investigação. Numa bela noite, uma linda mulher aparece em um bar de Portland envolvendo um senhor com suas palavras deprimidas, dizendo que havia se separado do marido e tal. Claro que só pelo jeito da mulher já tínhamos percebido logo de cara que era uma vigarista. Depois do bar, eles já estavam direto no apartamento da mulher e se beijando loucamente. Então, ela foi para o banheiro e deixou o senhor aguardando ansiosamente para irem para cama. Nisso chega um homem dizendo que é marido dela e que ele iria atirar naquele senhor. Desesperado, ele deu a carteira com dinheiro para o homem e saiu imediatamente. Nessa transição, sai a mulher do prédio e esbarra no senhor. Aí é que vem o grande lance do episódio: o senhor estressou a víbora e ela se transformou num wesen mega estranho, mas cá entre nós, além de estranho era nojento também. O wesen lesma ou verme, passou sua gosma no senhor e acabou por matá-lo instantaneamente.

Como de costume, já até sabemos o que aconteceu depois disso, ? A Polícia de Portland estava a caminho do local do crime, incluindo Nick, que eu falei que não iria ficar quieto por muito tempo. Na investigação, o sargento Wu novamente se destacou e acabou por solucionar grande parte do crime. Descobriram que no local havia as digitais de um tal de Linus, que foi o homem que entrou no quarto dizendo ser o marido da mulher, como de fato era. Mas não tinha nenhuma digital da mulher. Todos ali concordaram com Nick, que com certeza quem havia matado o homem era wesen, o que eu achei muito aleatório e artificial no episódio. No trailer, Hank descobriu que o wesen se chamava Hunta Lami Muuaji, que traduzindo para nossa linguagem era um wesen lesma hermafrodita, que na verdade foi adaptado pelo autor da série, que tinha uma face dupla, ou seja, era homem e mulher no mesmo corpo, que poderia a qualquer momento fazer a transformação para wesen lesma. Quando ele se sente ameaçado, encosta sua gosma na vítima fazendo com que as enzimas soltem um ácido e queimem a pessoa. Tudo certo, só que não. A isca para pegar a mulher era, nada mais nada menos que, Monroe. Claro que Rosalee não gostou nem um pouco, mas fazer o quê.

Do outro lado da cidade mostrou o reencontrou entre Sean Renard e Juliette que foi até sua casa para ficar mesmo. Ele até permitiu, mas como tudo tem um preço, Sean pediu para ela que se cortasse e derramasse o sangue no livro que só pode ser aberto por uma hexenbiest. Juliette no desespero fez e deu tudo certo. Agora basta saber se Sean conseguirá achar no livro o que ele procura.

Mas voltando para a investigação. Monroe foi até o bar e ficou na espera da mulher. Quando ela chegou, veio com o mesmo papinho de ter se separado do marido. Logo em seguida, foram para o apartamento da mulher e ela novamente vai para o banheiro. Na sequência, Linus chega e disse que era o marido dela. Monroe, apavorado, fez sinal na janela para que Nick e Hank entrassem. Na hora que entraram, Linus fugiu pela janela e Nick foi atrás. Hank e Monroe ficaram para ver se a mulher estava no banheiro, e nem sinal dela. Nick então faz seu papel de Grimm e finalmente descobre que o homem e a mulher são a mesma pessoa. Então todos foram imediatamente consultar Rosalee que deu uma solução imediata: terapia hormonal com testosterona, ou seja, quando o wesen estivesse na sua forma mulher e fosse se transformar Nick, atiraria dardos com a fórmula, para inibir sua transformação e permanecesse pelo resto da vida como Linus. Assim, ele poderia ser finalmente preso. Dito e feito. A armadilha foi montada e, finalmente, conseguiram prender Linus que não conseguiu mais se transformar de jeito nenhum.

Grimm imagem texto

Imagem: Arquivo pessoal

 

Mas e a Adalind, como ficou a história de que ela estava grávida? Bom, depois de três testes seguidos, realmente, foi confirmado que ela estava grávida, mas a questão era: quem vai ser o pai da criança? Adalind rapidamente pensou e achou um pai perfeito e da família real: Viktor. Porém, achamos que não vai rolar, porque Viktor estava de partida e não poderia se despedir dela. Mas o que me deixou mais triste e emocionada foi a última cena do episódio em que o Nick estava lembrando de alguns momentos com a Juliette e ela dizendo “estou do seu lado assim como você esteve do meu”. Muito triste, gente, mas a verdade é que o Nick vai atrás dela, e vai dar muita treta no próximo episódio. Será que Juliette perdoará Nick? Assistam o episódio Heartbreaker e descubram!

 

[youtube]https://youtu.be/vyJH55sLbtc[/youtube]

Tags Grimm
Equipe Mix

Equipe Mix

Perfil criado para realizar postagens produzidas pela equipe do Mix de Séries.

No comments

Add yours