Gypsy – 1×01 – The Rabbit Hole [SERIES PREMIERE]

Imagem: Netflix/Divulgação

Continua após as recomendações

O que você realmente deseja no seu inconsciente? Até onde você chegaria para satisfazer seus instintos? Você é quem realmente diz ser? Se alguém estivesse te observando, o que essa pessoa veria? Na primeira cena conhecemos Diane que costuma pedir um americano na cafeteria “Rabbit Hole”, enquanto observa a barista do local, porém como nada é o que parece, Diane é na verdade Jean.

Jean Holloway é uma psicóloga que atua em um consultório junto com outros colegas. Ela atende regularmente Claire, uma mãe que acha que tem direitos sobre a vida da filha e não respeita seu espaço; Sam, um rapaz que está passando por um término doloroso; e Allison, sua nova paciente, que está viciada em remédios, roubou dinheiro dos pais e tem uma mãe com câncer. Além disso tudo, Jean é mãe de Dolly e esposa de Michael, mas até ai, tudo certo, né? Errado.

Continua após a publicidade

Gypsy nos mostra uma psicóloga que não consegue respeitar os limites entre sua vida pessoal e profissional. O que é um tanto assustador, imaginem se consultar com alguém que tem uma “dupla personalidade” e nenhuma ética? Uma loucura, tendo em vista que o papel desse profissional é ser imparcial considerando a visão de seus pacientes, não sair por ai procurando o outro lado da história.

Então, o destaque se mantém em Sam e Sidney, sua ex-namorada que, não por acaso, é a barista lá do início. Sidney é aquela garota de espirito livre, que não aguentava mais um namorado tão dependente e assim, terminou seu relacionamento. Mas Sam ainda a ama e não pretende largar o osso tão facilmente. Assim, Jean decide que vai descobrir o que é tão fascinante na garota e começa a ir atrás dela.

Imagem: Netflix/Divulgação

É perturbador ver como ela “analisa” Sidney, tentando desesperadamente saber mais dela e de seu antigo relacionamento. Os flertes entre as duas são crescentes e não sabemos até onde Diane é capaz de chegar para saber mais, porque claramente, a psicóloga começa a desenvolver uma estranha obsessão.

Em segundo plano, temos a pequena Dolly, que passa por um momento delicado. A menina tem apenas 8 anos, sofre com TDAH (que o pai não aceita) e está começando a descobrir sua identidade/gênero. Em um incidente na escola, ela beija uma amiga da sala e isso nos leva a uma frase importante da cena de Jean com o diretor,”se ela tivesse beijado um garoto, estaríamos tendo essa mesma conversa?”. Espero que trabalhem esse ponto de vista, como uma criança pode se desenvolver sem saber quem é de verdade? Será que sendo apenas uma criança, ela já sabe do que gosta e o que quer? Será que em aspectos “normais” isso faria diferença?

Jean está levemente perturbada com a situação da filha, o que a leva a fugir em direção a Sidney. A terapeuta vai atrás da garota no bar, aceita o convite para ir ao show dela e já sobre efeito da bebida consumida no jantar dos amigos, vai beber mais um pouco com ela. Sidney faz várias confissões, inclusive que seu pai foi preso quando ela tinha 5 anos, criando um tipo de conexão com Diane, que foge antes que aquilo chegue ao próximo nível.

Terminamos o episódio com uma cena que deixou o gostinho de quero mais, quando Sam está contando para Jean sobre Sidney, ele afirma que a garota perdeu o pai aos 11 anos e foi avisada pela mãe do acontecimento, em um acampamento. É claro que a psicóloga se sente traída, afinal Sidney mentiu pra ela.

Com várias pontas soltas e gostinho de quero mais, o primeiro episódio foi bom. Naomi está lindíssima, além de atuar com maestria nas diferenças de humor de Jean. Várias perguntas se formaram nesse episódio e esperamos que as respostas venham logo. De forma geral, Gypsy tem alguma coisa que te faz ficar se perguntando se você realmente é aquilo que mostra pras pessoas ou se algo dentro de você, pode se tornar outra pessoa.

Nota 1: Que escova de cabelo foi aquela?
Nota 2: Aquelas amigas de Jean no jantar cheiram falsidade de longe.
Nota 3: A secretária de Michael, Alexis, é uma bela de uma enxerida, não acharam?

Espero que tenham gostado da estreia, as reviews serão postadas aqui no Mix diariamente até o fim da temporada. Espero vocês amanhã, até!

Nenhum comentário

Adicione o seu

Tags Gypsy