Hart of Dixie – 4×10 – Bluebell [SERIES FINALE]

HoD

Imagem: Arquivo pessoal

Continua após as recomendações

 

Cantando junto a música do final, com o coração apertadinho. Sei que a CW não oficializou o cancelamento, mas depois desse final está na cara. Foi uma despedida, em alto estilo Bluebell. Foi tudo lindo e os dez últimos minutos ainda estão meio embaçados pelas lágrimas.

Continua após a publicidade

Zoe ficou entre o casa e não casa, enquanto Lemon estava se arrumando para sua festa de noivado. A evolução da personagem da Lemon foi muito marcado nesse episódio. Madura, realizada, feliz. Deu para ver na pele dela! Ela ficou meio abalada ao saber que o pedido de casamento não era para ela, mas… Ah, e daí, aquele homem adora ela. Até o Padre se emocionou com o pedido real. Irmã, avó e pai, todos empenhados em fazer da festa de noivado algo perfeito para ela. E o que impressionou foi o desapego dela. Estava casando com o homem certo, para que ansiedade? A sua hora sempre chega não é mesmo, Lemon?! Vale a pena esperar.

HoD

Imagem: Arquivo pessoal

O agradecimento especial dessa finale foi de Zoe para seu pai biológico. Brick colocou o nome dela na clínica novamente e contratou outro médico para tirar as folgas deles, que agora com criança pequena, teriam que se desdobrar. – Seu pai estaria muito orgulhoso vendo quão longe você chegou Zoe Hart! (lágrimas) Poxa vida, a garota de New York chegou tipo a advogada ali do George, toda nojenta e metida, acabou casando com um cowboy arretado de sem vergonha e gente boa, grávida e atuando em uma clínica local, em Bluebell, a terra dos sonhos e dos mosquitos. Eu queria, eu queria também Zoe.

Hart of Dixie não foi uma série tão assistida e apreciada, mas muitos nem deram chance. Era leve, gostosa, para sentar (ou deitar), rir e assistir. Guilty Pleasure maybe? Acredito que tenha terminado em um ótimo momento, onde os produtores conseguiram seguir para um fim lindo, sem enrolação e digno do pequeno legado da série.

Os casais ajeitados, AB e George finalmente ficaram na mesma página da vida, e então O Pequeno Cowboy resolve nascer no meio da festa de noivado de Lemon. Mais surpreendente ainda, todos da cidade vão ao hospital – porque em Bluebell tem dessas coisas, você acompanha o nascimento dos filhos dos amigos, em bando, de um jeito muito fofo – e Zoe vê todos ali e resolve CA-SAR. Chama a mãe via Skype, de roupão prestes a dar a luz, eles se declaram, todos em volta empurrando ela para sala de parto, o tão esperado SIM, aquele vuco-vuco, Senhoras e Senhores: Que momento! A cara da Zoe casar com tanto fusuê. Lembram que falei que esse bebê viria no final? Profetizei!

Quando o bebê é apresentado, entram os Truitt Brothers e Meatball e começam a cantar a música do final da série, sobre coração, felicidade e alma. Momento que só HoD poderia proporcionar a você! Mais perfeito impossível. Todos muito emocionados cantam, coreografam, tudo fica embaçado para mim aí. Lemon casa cantando, nesse ritmo gostoso de finale forever, eu canto, todos cantam, dançam – coração apertadinho do lado de cá, e tenho certeza que no de lá também. Rachel conseguiu emplacar seu segundo personagem inesquecível depois de Summer Roberts (The O.C.). Foi um prazer acompanhar Hart of Dixie com o Mix de Séries para vocês! Zoe Hart, o prazer foi meu, meu coração ficou um pouquinho por aqui também. Desculpem, hoje não tem promo. Acho que estou meio de luto.

Nenhum comentário

Adicione o seu