How to Get Away With Murder – 1×11 – Best Christmas Ever

HTGAWM

“Haven’t any of you ever done something bad that you need a lawyer for?” – Keating, Annalise FUCKING.

Em mais um bom episódio de Murder, nossa querida professora Annalise Keating nos mostrou mais uma vez sua capacidade de ser forte – e duas caras – diante os acontecimentos que a rodeiam.

Neste, vemos que a estrutura do episódio deu uma mudada. Foi nos mostrado a perspectiva de cada um dos Keating Five nas festas de fim de ano. A relação deles com suas famílias foi bem abordada e ficou nítido o quanto todos ali estão abalados e fragilizados por causa da morte de Sam. Isso se refletiu no modo como eles se relacionaram com seus parentes – muito barraco, gritaria e confusão com direito a discussão em espanhol e tudo por parte da Laurel.

Continua após a publicidade

O grupo está realmente enfraquecido. Michaela conseguiu que seu noivo terminasse com ela, Wes anda tendo pesadelos toda noite, Laurel disse umas boas verdades para sua família e Connor quer mais que nunca estar ao lado do seu ex namorado. Por falar em Connor, o estudante parece ser o mais mentalmente desequilibrado dali. É bom ficarem de olho nele, pois a qualquer momento ele pode escorregar e acabar entregando todo mundo.

“Best Christmas Ever” nos trouxe um caso excelente, de deixar a todos pensativos. Nos fez ficar em cima do muro em relação à mulher que foi estuprada pelo próprio marido diversas e diversas vezes. Ao mesmo tempo que consideramos que ela está fazendo uma boa ação, concluímos que ela também é culpada. Annalise – que pode ser tudo, menos boba. saca logo qual era a dela. Ela percebe que a mulher é uma doida varrida que quer acabar com o marido e decide abandonar seu caso. Mas não seria a Annalise a mesma coisa que ela?

HTGAWMAqui temos também a irmã de Sam na cola de Keating em uma busca implacável por respostas. Então Annalise faz o que sabe fazer de melhor: veste sua máscara de pobre mulher coitada dizendo que não possui culpa alguma no sumiço de seu marido. Mas a pergunta é: sua cunhada está realmente acreditando em suas lágrimas de crocodilo?

E por fim, a melhor parte do episódio. “Wes, we have a really nightmare”, diz Rebbeca ao ver o noticiário. O que parecia improvável se tornou realidade: os restos mortais de Sam Keating foi encontrado em um aterro. Como será de agora em diante? Conseguirão os detetives juntar as pontas que ligam Sam ao grupo de estudantes, e, consequentemente, a Annalise? Só assistindo aos próximos episódios. Todos aí ansiosos para o desfecho dessa excelente temporada de estreia de Murder?

PS: Finalmente começarão a dar mais foco aos arranhões da parede do quarto do Wes. Mais alguém aí desconfia que essas marcas escondem uma história bem bizarra sobre o assassinato da Lila? Bom, só nos resta aguardar.

Izabella Viana

Izabella Viana

Enfermeira, viciada em séries, apaixonada por livros e que tem como melhor amiga a menina Netflix. Daquelas que trocam uma noite de balada pelo conforto de sua casa assistindo a um bom seriado. Do coração: Friends, Dexter, Breaking Bad e Grey's Anatomy.

No comments

Add yours