How To Get Away With Murder – 2×01- It's Time to Move On

Imagem: Banco de Séries

Imagem: Divulgação/Banco de Séries

 

Statistically, if you’re going to be murder, your killer will be someone you know.

Pelo visto, Viola Davis realmente não tem limites. Como se não bastasse o maravilhoso Emmy que ela recém adquiriu – fazendo história por ser a primeira mulher negra a ganhar o prêmio de melhor atriz dramática -, esta deusa já chegou na premiere com a verdadeira intenção de destruir.

How to Get Away With Murder é uma série bastante peculiar. E a sua capacidade de surpreender os telespectadores não tem fim. A segunda temporada já veio direto ao ponto, precisa, jogando informações e detalhes sem enrolação. E do nada, quando menos esperávamos, lá estava a revelação do assassino de Rebecca. Ou melhor: assassina. Parece que de sonsa a Bonnie não tem nada, não é mesmo? A loirinha matou Rebecca, e ainda por cima deixou Annalise e Frank desesperados atrás do verdadeiro assassino. As suspeitas passaram de Wes a Laurel, mas graças à sagacidade de nossa brilhante advogada, a ficha caiu e ela percebeu que estavam procurando pela pessoa errada. Não é que as quietinhas são as mais perigosas mesmo?

Falando na advogada, Annalise vê como promissor o caso de dois irmãos que estão sendo acusados de matar seus pais para ficarem com a herança. Ela recruta sua tropa de pupilos e juntos fazem de tudo para tomar o caso, até conseguirem. Mas parece que o envolvimento de Keating com os irmãos vai muito além do que sua simples defesa. Isso porque, nos segundos finais do episódio, um tempo de dois meses se passa, e ouvimos um barulho de tiro vindo da mansão dos dois irmãos. Logo em seguida, Wes aparece correndo do local e depois é mostrada ninguém mais ninguém menos que Annalise caída no chão sangrando em agonia por ter levado um tiro.

Isso tudo nos coloca para pensar. O que diabos Annalise vai arranjar com esses dois irmãos? E por que, em nome de Jesus amado, Wes atirou em Annalise? Esse recurso que a série utiliza de avançar no tempo e dar spoiler de si mesma é uma verdadeira aflição. Nada como prender a audiência, porque aposto que vamos demorar a temporada inteira até que se passem os dois meses e os motivos sejam revelados. Não sei qual é a proposta dos roteiristas para essa temporada, mas tenho a impressão do que aconteceu na primeira season foi fichinha comparado ao que provavelmente acontecerá nessa. De Murder devemos esperar tudo. Sem especulações ou tentativas de prever o futuro, porque certamente estaremos errados e os plots twists vão deixar a gente de queixo caído.

PS1: Quem esperava ver um beijaço entre Annalise e Jean Grey, hein?

PS2: Pra quem não imaginava que Connor continuaria ao lado do Oliver mesmo depois de seu diagnóstico, estava completamente enganado. Não só ficou do lado, como também foi morar junto com o rapaz. Coisa linda de se ver!

Share this post

Izabella Viana

Izabella Viana

Enfermeira, viciada em séries, apaixonada por livros e que tem como melhor amiga a menina Netflix. Daquelas que trocam uma noite de balada pelo conforto de sua casa assistindo a um bom seriado. Do coração: Friends, Dexter, Breaking Bad e Grey's Anatomy.