How To Get Away With Murder – 3×12 – Go Cry Somewhere Else

Imagem: Banco de Séries
Imagem: Banco de Séries

 

Continua após publicidade

All I have is pain.

Na reta final da terceira temporada, as coisas resolveram finalmente esquentar um pouquinho. Ok que continuamos sem muitas grandes emoções no episódio dessa semana, mas já deu para perceber que os fatos estão sendo construídos para culminar num grande final – bom, assim esperamos, não é mesmo?

Continua após a publicidade

Laurel foi claramente o destaque do episódio. A moça pode estar bem fisicamente para receber alta hospitalar, mas emocionalmente falando, ela se encontra devastada. Eu sinceramente não sabia que ela gostava tanto do Wes quanto o que ela demonstrou aqui. A cena em que ela pede para ver o corpo dele e a mulher não deixa foi de cortar o coração. Claro que as emoções de Laurel podem estar mais à flor da pele por conta da gravidez, mas que seu sentimento pelo rapaz era genuíno, isso não podemos negar. E que foi impagável ela explodindo com aqueles desconhecidos no velório, isso foi! Karla Souza é uma excelente atriz.

Continua após publicidade

Now, let’s talk about Annalise. Que mulher. Que personalidade. Que inteligência. Percebeu que com Bonnie no comando ela iria apodrecer dentro da prisão, então resolveu tomar alguma providência. A gente sabe muito bem que titia Annalise não veio nesse mundo a passeio, né? Nossa deusa tratou de provocar bastante sua colega de cela e conseguiu o que queria: levar umas boas porradas que deixaram seu rosto deformado. Mas com isso ela finalmente conseguiu pagar a fiança e ser liberada. Annalise só me surpreende. Ela se submete até a grandes dores físicas para conseguir o que quer. Lembrando que essa não foi a primeira vez, porque ela já até pediu para o Wes dar um tiro nela. Como ela mesma disse: it looks worse than it feels. Nada abala essa mulher.

É, pelo visto o envolvimento do Oliver com a turminha da bagunça que apronta altas aventuras não tem mais volta. Dessa vez, os detetives ligaram para ele pedindo informações sobre  Annalise. O rapaz tremeu na base. Mas não é que ele foi muito bem em seu teatro? Os alunos ensinaram direitinho como ele deveria se comportar, e aqui os créditos devem ser dados a Michaela. Ela está convivendo muito com Annalise. Sua postura em muito se assemelha com a de sua professora. No fim, Oliver mentiu na cara dura para os detetives e se livrou dessa. Bom, pelo menos por enquanto. Porque vimos que o idiota mantém a cópia dos arquivos do celular de Annalise em um pendrive. Me diz, pra quê? Parece que não tem medo de ser pego.

Continua após publicidade

A cada episódio eles jogam uma nova informação sobre um suspeito de ter matado o Wes, mas dessa vez juro que me surpreendeu. Primeiro: o corpo do Wes sumiu do necrotério. Em seguida descobrimos que Nate assinou um documento para a liberação do corpo para outra unidade. E depois descobrimos que o próprio estava na casa de Annalise quando o Wes chegou lá.  O que isso quer dizer? Que foi ele quem matou Wes? Ou que tem um plano maior por detrás disso tudo? Olha, esse episódio embolou tanto a minha cabeça que começo até a pensar que o Wes não morreu de verdade. Sei lá, vai que o Nate e ele forjaram sua própria morte. Eu espero de tudo dessa série. Claro que seria ridículo da parte deles enrolar a gente assim, mas que seria engraçado, isso seria.

P.S.: Que peninha da mãe da Annalise. Acreditou que a filha estava realmente livre, tadinha. Sempre rende boas cenas quando ela aparece.

Continua após a publicidade
O MIX DE SÉRIES atingiu 10 milhões de visitas mensais e vamos ensinar tudo que aprendemos nessa caminhada! Aumente o tráfego do seu site com técnicas avançadas de SEO.
Faça seu pré-cadastro aqui!