How To Get Away With Murder – 4×06 – Stay Strong, Mama

Imagem: ABC/Divulgação

Continua após as recomendações

Em seu sexto episódio, Murder consolida a maturidade dessa temporada. Percebe-se que a série não tem mais aquele ímpeto, aquela pressa, aquela necessidade de deixar a audiência impressionada o tempo todo. Por um lado alguns podem encarar um roteiro mais lento como um ponto negativo, mas em consequência, a história está muito mais trabalhada e detalhada. Temos a oportunidade de acompanhar o crescimento e desenvolvimento dos personagens muito melhor que no começo da série.

Continua após a publicidade

Annalise segue focada em processar o Estado da Pensilvânia por todos aqueles cidadãos que não tiveram seu direito à defesa totalmente assistido. Aliada com Connor, essa dupla demonstra bastante afinidade e é interessante ver o garoto ressurgir das cinzas – seu brilho no olhar e interesse pela advocacia retornam aos poucos. Inclusive, é com a ajuda de Connor que Keating tem a ideia brilhante de convocar uma coletiva de impressa para escancarar de vez toda a verdade e explana seus objetivos. Agora até o governador foi atingido. Denver vai ter que rebolar muito para conseguir vencer esse caso.

Paralelo a isso, vemos as crianças fazendo merda sem a supervisão de um adulto. É assim que enxergo as atitudes de Laurel, Michaela e Oliver na tentativa de comprovar que o Sr. Castillo é o responsável pela morte de Wes. Alguém aí tem dúvida que isso tudo vai dar muito errado? Eles querem passar por cima de Tegan Price, mesmo Micaella sendo muito contra, mas acredito que com um empurrãozinho de Laurel, ela vai ceder com certeza. É claro que essa investigação do trio parada dura vai culminar na prisão do Asher e na morte que não sabemos ainda de quem é. Atrevo-me a dizer que quem morre é a Tegan, visto o choque de Micaela nos flashfowards. Só sei que nada disso está dando certo, inclusive Asher descobriu tudo – da maneira mais agoniante possível: colocando uma câmera escondida no olho do ursinho que ele deu para Laurel (gente, eu sempre tive medo disso na infância!!!).

Enquanto isso, conhecemos um pouco mais de Isaac. Acredito que ele seja o personagem mais interessante da temporada. Aqui, descobrimos o porquê de Annalise ser um gatilho para ele: o mesmo também perdeu uma filha. Em uma conversa com sua terapeuta, Isaac é estimulado a passar o caso de Annalise para outro profissional, já que claramente ele está sendo prejudicado emocionalmente. É óbvio que ele não aceita, alegando que pensa no bem de sua paciente. O engraçado é que sua “terapeuta” é ninguém mais ninguém menos que sua ex mulher. Agora me diz: o que esses terapeutas têm em mente? Eles não conhecem o significado de ética profissional? Só dá maluco nessa série.

Por fim, a uma semana do acontecimento chave dessa primeira parte da temporada, ficamos sabendo mais um detalhe importante. O flashfoward mostra Annalise em estado de choque cheia de sangue debaixo do chuveiro. Pelo menos sabemos que ela está viva. Faltando apenas dois episódios para o hiatus, muitas dúvidas ainda nos assombram. O que nos resta é esperar e acompanhar as demais reviews aqui no Mix de Séries. Até mais!