Iron Fist – 1×01 – Snow Gives Way [SERIES PREMIERE]

Imagem: Netflix/Divulgação

A espera valeu a pena! Hoje, dia 17, estreou finalmente Iron Fist (Punho de Ferro na tradução em português), última das quatro franquias dos Defensores a ser lançada pela Netflix, em parceria com a Marvel, antes do crossover Os Defensores que sai ainda esse ano. Nós do Mix, assim como outros diversos veículos de imprensa, tivemos acesso a alguns episódios antes da estreia mundial e vimos a crítica super negativa atribuída para essa adaptação. O que nos estranhou muito, pois a opinião que muitos de nós compartilhamos é que tudo foi muito bem ajustado – inclusive falamos mais disso na preview.

Agora, mergulhando de vez nas análises episódio por episódio, vamos descobrir mais da vida de Daniel Rand, o Danny, que retorna a Nova York após ter sumido por anos, para combater a corrupção instaurada em “sua empresa”. Para isso, ele fará justiça com as próprias mãos, valendo-se de kung-fu e a habilidade de invocar o poder do Punho de Ferro <3. Finn Jones, apesar de ser vítima de críticas por não ter “nada a ver” com a etnia do personagem dos quadrinhos, não deixa nada a desejar em termo de caracterização. Ele me convenceu de que é o Danny e de que vai fazer as coisas balançarem pra valer em NY!

Imagem: Netflix/Divulgação

Continua após a publicidade

Neste primeiro episódio, fomos apresentados a alguns personagens essenciais para o desenrolar da temporada. Colleen Wing com certeza é a mais interessante. Dona de um dojo (local onde se treinam artes marciais japonesas), ela recebe a visita de Danny que quer um emprego. Vestido como mendigo, coitado, é rejeitado veementemente. Só no final do capítulo é que vemos como ela fica impressionada com as habilidades do rapaz e, como sabemos, daí sairá uma amizade para os combates que estão por vir.

Os irmãos Ward e Joy são figuras curiosas nessa trama. Ambos são filhos de Harold Meachum, um “empresário sociopata” que era parceiro dos pais do Danny. O primeiro sempre foi muito mau com Rand e vemos isso nos lapsos de memória apresentados nesta première. Mesmo jogando a verdade na cara dele, o mau caráter se recusa acreditar e, quando acredita, manda meio mundo atrás do coitado para matá-lo. Joy, apesar de parecer mais próxima dele, também cai no jogo do irmão e, por hora, trabalham junto contra ele.

Como toda estreia, esse capítulo nos serviu para conhecermos a ambientação, personagens principais, vilões, nos familiarizarmos com algumas cenas de ação e ficarmos bem furiosos com a desfaçatez dos que detém o poder. Confesso não ter lido os quadrinhos e, deste quarteto (Demolidor, Jessica Jones, Luke Cage e Punho de Ferro), só ter assistido a Demolidor, que aliás, me empolgou tanto quanto essa!

Acha que faltou algo? Deixe sua opinião nos comentários e vamos debater juntos o rumo dessa história! Todos os dias tem review nova!

Equipe Mix

Equipe Mix

Perfil criado para realizar postagens produzidas pela equipe do Mix de Séries.

3 comments

Add yours
  1. Avatar
    porlapazyporlavida lc 17 março, 2017 at 23:23 Responder

    Ameiiiii! Gostei muito da provável amizade entre Danny e Collen. Queria que Big Al continuasse na série. Amei a breve amizade que ele teve com o protagonista enquanto esteve nas ruas. Também só assisti o Demolidor, que foi a única que me empolgou. Tentei ver Jessica Jones e Luke Cage, mas não curti. Espero que tenhamos mais episódios maravilhosos desse herói carismático.

  2. Avatar
    MSylvia 21 março, 2017 at 21:11 Responder

    Comecei e já viciei. Não sabia nada deste personagem mas estou adorando conhecer. Gostei muito de Demolidor e Jessica Jones e quando terminar esta vou dar uma chance para Luke Cage que ainda não vi mas deve ser boa tb. E não tinha me tocado que o protagonista era o Sir Loras de GOT. Achei ele bem diferente nesta série. Aprovado.E que venha um vilão tão poderoso quanto o de Jessica Jones.

Post a new comment