Iron Fist – 1×04 – Eight Diagram Dragon Palm

Imagem: Reprodução Netflix

Um amor fraternal entre Harold e Danny… só que não. Vimos muita coisa acontecer com os personagens principais. A história mais interessante neste capítulo, sem dúvida, é do Harold, o qual agora está mais do que claro, ser servo do Tentáculo. A conversa dele com o Danny fez uma bagunça na cabeça de muita gente, mas acredito que havia muita verdade ali. Sempre lembro de uma lição: “É muito difícil mentir quando se está em forte emoção”. Por isso, acredito que ele de fato morreu e foi ressuscitado pelo Tentáculo. Esse temor dele pela organização mostra que ele pode estar sendo de fato mais uma vítima.

Fato é que dessa conversa saiu a primeira vitória para o nosso herói. Ward é obrigado a ceder e ver sua empresa passar, em sua maior parte, para o legítimo herdeiro. Esse ciúme crescente do irmão de Joy é algo que vai contar muito para a ruína anunciada em sua vida. Ele sempre teve esse lado, como vimos no episódio piloto, mas ao crescer se tornou muito mais seco, agarrado ao poder e submisso ao pai. Aliás, nada claro ainda o porquê só ele poder ter contato com ele… Algo a mais para pensarmos.

Continua após a publicidade

Imagem: Reprodução Netflix

E Danny não perdeu tempo e já colocou ordem na casa. Abrindo mão de milhões em lucros, fez sua empresa deixar de lado as margens em cima da venda de medicações. Essa construção humana do personagem, bem mais do que “hippie”, como bem define Ward, o traz para perto do que se tornou o Doutor Estranho nos momentos finais do filme: mudança para o mal versus mudança para o bem. Gostei muito disso. Se ele se elegesse a algum cargo votaria nele (desde que não concorresse com Frank Underwood, de House of Cards).

Collen mais uma vez brilhou! Não é claro o porquê dela lutar nas ruas, pois não vi ela dar o dinheiro que ganhou para nenhuma obra de caridade e nem sequer para um de seus alunos, mas é certo de que suas cenas são ótimas. Ela, na arena, com dois de uma vez! Nossa, que incrível! De gatinha ela passa a honrar o título de “Filha do Dragão” e mesmo tendo muito dinheiro à sua disposição, deverá seguir o caminho das lutas de rua.

Volto para fechar de novo com Harold, que teve uma visita um pouco mais longa de Madame Gao dessa vez. Ele ganha a possibilidade de ver, depois de longos anos, sua filha Joy, mesmo que de longe. Ao descobrir que ela foi atacada, ele fica irado e aí busca vingança. Neste ponto, ficamos ainda mais em dúvida sobre ele ser do lado bom ou mal do jogo. É tipo esperar para ver mesmo.

Valeu a pena: Ver que a Netflix não tem medo de perder fãs ao apostar em suas próprias versões de fatos e personagens.
Valeu a pena 2: Ver que as cenas de ação estão aumentando (em quantidade e qualidade).
Valeu a pena 3: Ver que já estou apegado a mais uma série com qualidade crescente!

Equipe Mix

Equipe Mix

Perfil criado para realizar postagens produzidas pela equipe do Mix de Séries.

No comments

Add yours