Jane the Virgin – 2×01 – Chapter Twenty-Three

Jane-the-Virgin-2x01

Imagem: Greg Gayne/The CW

Continua após as recomendações

 

Vem todo mundo porque uma das melhores estreias da última temporada está de volta e já chegou com um episódio maravilhoso, superando qualquer expectativa.

Continua após a publicidade

Precisa dizer que a ansiedade estava extrema? Acredito que não. Janinha está de volta e já adianto que o início dessa segunda temporada não poderia ter sido melhor. Já começou com uma tonelada de coisas interessantes, além de claro, o desfecho do maior gancho que a série poderia ter. E esse narrador gente? Dando aquela recapitulada em tudo pra ninguém ficar perdido? Melhor pessoa, definitivamente!

Claro que a maior pergunta era sobre o paradeiro de Mateo e como seria o retorno do bebê para os braços de Jane. O caso todo foi solucionado super rápido, mas nem por isso deixou de ser maravilhoso. Rolou uma parceria muito grande entre Rafael, Michael e a própria Jane, que mesmo após dar a luz algumas horas antes estava lá, correndo pra todo lado disposta a fazer de tudo para salvar seu filho.

Michael, como esperado, foi o verdadeiro herói da vez, aquele que teve a maior parcela de participação no resgate. Foi justamente o detetive que recebeu a ligação de Sin Rostro, avisando sobre o que deveriam fazer para conseguir o bebê de volta. Tudo se resumiu a um pen drive, que estava nas mãos de ninguém menos que Luisa, irmã de Rafael. Ali tinha todos os rostos do vilão e Michael não pensou duas vezes antes de aceitar a troca e fazer de tudo para salvar Mateo.

Obviamente que a cena dos três procurando o dispositivo dentro da piscina merece ser lembrada, porque foi hilária. Só fiquei aqui com aquela pergunta do motivo de Michael não ter copiado o conteúdo que tinha ali dentro, tudo bem que o desespero tinha tomado conta de todo mundo, mas é um detalhe que ele, com toda aquela experiência poderia ter utilizado. Mas enfim, pelo menos deu tudo certo e aquela cena dele saindo da igreja com o bebê no colo foi emocionante.

Jane-the-Virgin-2x01-a

Imagem: Gossip and Gab

Pra quem pensou que teríamos um pouco de calmaria depois disso, se enganou legal. A série resolveu voltar a todo vapor e mesmo depois de passar por todo aquele sufoco, Jane ainda tem uma bela carga dramática pra enfrentar. Essa vida de mãe está prometendo usar todas as forças possíveis da nossa Janinha e foi exatamente o que aconteceu. Sofri junto com ela durante toda aquela preocupação com sua amamentação. Ainda bem que no final tudo se resolveu, com direito até daquela cena maravilhosa de Jane dizendo para a freira que havia feito relações sexuais, inclusive dentro de um carro.

Michael foi maravilhoso durante todo o episódio. O cara ama Jane, isso é mais do que óbvio, mas nem por isso deixou de estar ao lado dela e fazer o possível para ajudar, inclusive até, dando conselhos para Rafael de como se aproximar da família. Aquilo foi lindo demais gente! Claro que Rafael também merece uns pontos por ter agradecido o rapaz pelas dicas, também foi uma atitude muito bacana.

Sobre o plot de Petra, estou cada vez mais curioso pra saber se ela realmente vai conseguir engravidar. A cena dela deitada no sofá com os pés pra cima foi hilária, fazendo os prós e contras então nem se fala. Porém ela arrumou um problema dos grandes com o tal Scott e quero só ver como vai conseguir se livrar do rapaz. Tem ainda a possibilidade do Rafael descobrir sobre o esperma, que com certeza vai agitar ainda mais as coisas.

Tivemos pouco de Rogelio e Xiomara, mas Xio foi linda como avó, dando toda atenção possível para Jane e me conquistando cada vez mais. Já Rogelio rendeu outro ótimo momento com Michael, pra intensificar ainda mais esse ótimo bromance entre os dois. Agora, aquela cena final me deixou muito intrigado e gritando pelo segundo episódio.

Alguém duvida que teremos outra excelente temporada? Se esse primeiro episódio era só pra esquentar o clima, literalmente passou dos limites, de tão maravilhoso que foi.

Avatar

Lucas Santtos

Já tem seus vinte e tantos anos, formado em administração. Seriador por amor nas horas vagas e nas não tão vagas assim. Apaixonado eternamente por One Tree Hill e The O.C. e enfiando cada vez mais séries na lista, mesmo sem ter mais espaço. No Mix escreve as reviews de Jane the Virgem, MixAudiência e comentários sobre The Voice US, The Voice AU, The X Factor UK e American Idol!

1 comment

Add yours

Post a new comment