Justiça – 1×05 – Capítulo 05

justiça 05
Imagem: Reality Social (Twitter)

 

Continua após publicidade

“Não perdoar é pouco, mas é a única coisa que eu posso fazer.” 

E para quem tinha dúvidas, a moral e o machismo são mesmo os temas da história de Elisa e Vicente. O que eu disse lá no início ainda vale, dói mais quando é o teu calo que apertam, não é?

Continua após a publicidade

Depois de sete anos, os dois protagonistas dessa história mudaram muito. Uma aura sombria paira sobre Elisa, e a dor do arrependimento destrói Vicente. Os dois recomeçaram suas vidas, sem aquele pedaço que perderam na noite de 28 de junho de 2009.  Vicente pagou seus pecados, mas não consegue se perdoar por tudo que aconteceu. Ele mesmo afirma que nunca tinha notado o quanto era machista até aquele ato. Ele pede perdão, mas claro que o perdão não viria assim tão fácil. Elisa sente raiva, uma raiva de morte, mas ao longo do episódio notamos como ela consegue refletir melhor sobre o que deve e o que pode fazer.

Continua após publicidade

Professora de Filosofia do Direito, é até irônico ver a sua aula, as perguntas e os casos apresentados ali são exatamente a base do roteiro da série. Quanto é contigo, é diferente! Se colocar no lugar no outro então, mais difícil ainda. Julgar é fácil, difícil é ter que encarar a culpa.

Notamos isso no momento em que Elisa olha as marcas no braço de Vicente, notando que sim, ele tentou se matar. Centrada apenas em sua própria dor, pela primeira vez ela percebeu que não foi a única que sofreu com o que aconteceu aquele dia. Claro que ele errou, mas carrega a culpa sem dar chances a si mesmo de superar. Ele pede o perdão de Elisa, mas não tem condições de se perdoar. Aliás, Jesuíta merece um prêmio por sua interpretação.

Continua após publicidade
justiça 04
Imagem: Reality Social (Twitter)

Para colocarmos aquela discussão sobre o que culpa ainda mais em evidência, temos um suicídio na universidade, após a divulgação de um vídeo íntimo de uma das alunas. Todos apontam o dedo para Theo (o ex-boy de Elisa), jogando nas suas costas a culpa pelo ocorrido, mas é um belo tapa na cara a frase que Elisa usa para silenciar os justiceiros da sala de aula:

“O Téo errou, mas todo mundo aqui compartilhou o vídeo, vamos pensar na própria hipocrisia.”

Continua após a publicidade
O MIX DE SÉRIES atingiu 10 milhões de visitas mensais e vamos ensinar tudo que aprendemos nessa caminhada! Aumente o tráfego do seu site com técnicas avançadas de SEO.
Faça seu pré-cadastro aqui!

VRÁÁ

E um VRÁÁ que serve para todos nós. Julgar os outros é fácil, mas olhar para o próprio umbigo e enxergar sua parcela de culpa na situação que é difícil.

Já posso dizer que, pelo menos para mim, a história de Elisa e Vicente é a melhor de todas!