Justiça – 1×16 – Capítulo 16

Imagem: Gshow

Imagem: Gshow

Continua após as recomendações

 

O declínio de Antenor veio a galope  neste episódio. E mais uma vez quem dominou foi Drica Moraes. A esta altura da história, tempo de reta final, se pergunta quem é Maurício? Ah sim, aquele cara apagado, íntegro, correto, que não quer sujar as próprias mãos. Só que para isso está valendo usar os outros, ?

Continua após a publicidade

Pois bem. Guardem duas falas do capítulo: “Eu não sou um assassino”, dita por Maurício ao contar os motivos de seu novo plano para Celso; “Na minha família não tem divorciado. Só tem viúvo”, proferida por Antenor, em um dos vários momentos de fúria disparada contra Vânia, momentos antes de lançá-la contra uma vidraça no banheiro. Essas falas muito provavelmente selaram o destino da personagem.

Percebam que a história, do ponto de vista da proposta inicial, se embaralhou e deixou de ser sobre Maurício e a dor de perder sua amada. Em outras palavras, se perdeu.

Neste capítulo, a trama virou uma tentativa de vingança de Vânia. Pobre, Vânia. Tentou lavar sua alma, recuperar sua dignidade, mas recaiu usada e abusada por todos os lados, por marido, enteado, amante e pela imprensa. Foi um capítulo difícil de assistir.

Imagem: Gshow

Imagem: Gshow

E aí se acaba por perceber que de alguma forma todos as histórias trataram de violência contra a mulher, abordando as mais variadas formas de abuso. Considerando ainda que Vânia passará por muito mais no último capítulo.

Considerando ainda a covardia de Maurício. Que sequência desesperadora aquele final em que Vânia chega ao hotel. Que presença descomunal aquela mulher tem. Drica Moraes estabeleceu com Vânia sua grandiosidade ao lado de Adriana Esteves e Leandra Leal na minissérie.

P.S.: Em tempos de eleições, umas revelações como a de Antenor não cairiam nada mal, hein? Espetáculos políticos e midiáticos agitando a arena.

2 comentários

Adicione o seu
  1. Eduardo Nogueira
    Eduardo Nogueira 22 setembro, 2016 at 08:01 Responder

    Da história do Maurício, esse foi sem dúvidas o melhor episódio. Drica Moraes aos poucos foi evoluindo, e agora pra mim esse plot é mais dela que do personagem de Cauã Reymond. Foi simplesmente brilhante do começo ao fim, de prender o fôlego e a atenção, mas acho que infelizmente o desfecho para Vânia não será um dos melhores. Ela só não é mais sofredora que rainha Fatima, mas olha nossas eternas Carminha e Cora 2 estão páreo a páreo

Post a new comment

Tags Justiça