Kevin Spacey e Jeffrey Tambor são ignorados em premiações após escândalos sexuais

Continua após as recomendações

Provavelmente devido às acusações de assédio sexual e estupro, Kevin Spacey e Jeffrey Tambor não receberam nenhuma indicação ao SAG Awards na última quarta-feira. Os atores estavam cotados como os favoritos ao prêmio anual. Nos indicados ao Globo de Ouro a situação foi a mesma.

Atuando em House of Cards, Spacey ganhou o prêmio de melhor ator em séries de drama em 2015 e 2016 e foi nominado em 2014 e 2017. Tambor, estrela da série ‘Transparent‘ da Amazon, ganhou o prêmio de melhor ator em séries de comédia em 2016 e foi nominado novamente em 2017.

Continua após a publicidade

Enquanto isso, Robin Wright, que interpreta Claire Underwood, esposa do personagem do Kevin Spacey na série ‘House of Cards‘, foi nominada para melhor atriz em séries de drama.

Spacey foi acusado de assédio sexual que começaram depois que o ator Anthony Rapp alegou que Spacey o atacou sexualmente quando tinha apenas 14 anos. Logo depois, Spacey foi suspenso da produção da série da Netflix e a empresa anunciou que a sequência foi escrita sem seu personagem, tornando Robin Wright a atriz principal na temporada final de 8 episódios.

Tambor foi acusado de assédio sexual pela sua ex assistente pessoal, uma mulher trans chamada Van Barnes que postou a acusação em seu facebook. Logo depois, a atriz Trace Lysette também acusou o ator de comportamento inapropriado.

Primeiramente Tambor disse que não sabia se continuaria na série depois das acusações, sinalizando que deixaria o show. Entretanto, sua equipe informou que nenhuma decisão foi determinada sobre seu futuro na série.

Tambor e Spacey são dois dos grandes nomes do entretenimento que estão envolvidos em acusações de assédio sexual. Estão na lista que incluem Harvey Weinstein, Matt Lauer, Russell Simmons, Mario Batali e Dustin Hoffman.

Fonte: Variety

Equipe Mix

Equipe Mix

Perfil criado para realizar postagens produzidas pela equipe do Mix de Séries.

1 comment

Add yours
  1. Avatar
    anamaria 14 dezembro, 2017 at 18:20 Responder

    Foram condenados após denúncias sobre fatos ocorridos há décadas, sem direito a defesa e sem serem condenados pela Justiça. Nada justifica assédio, mas não houve chance de defesa, só se ouviu um lado.

Post a new comment