Law and Order: SVU – 19X05 – Complicated

Imagem: NBC/Divulgação

O que você faria pelo seu filho? Essa foi a grande pergunta do episódio dessa semana. A resposta que já veio com o título, complicated, mostrou que até onde os pais são capazes de chegar em face a perda daquele que, para muito, é o grande amor de sua vida.

Uma criança desaparecida há anos retorna, parece com ela, a projeção de idade mostra a semelhança, a mãe tem certeza, mas algo fica obscuro, a dúvida permanece. Peçamos o teste de DNA então, obvio. Mas a família não quer. “Nós deixem em paz”, eles dizem, mas, por trás daquela felicidade do reencontro, vem o horror do fato real.

Continua após a publicidade

A criança estava na verdade morta, se foi pelas mãos do próprio irmão. Acidente? Ficou um dúvida sobre isso, e, com a ajuda do próprio pai com medo de perder ambos,teve seu pequeno e frágil corpo enterrado na floresta na esperança de ocultar este crime trágico.

Julgá-lo? Não cabe a mim. Aceitou um acordo para que a esposa não sofresse ainda mais. Mas, por mais que ele tentasse, ela já havia perdido tudo, já estava sofrendo tudo.

“Gostaria que você não a tivesse encontrado. Antes, eu tinha pelo menos esperança, agora não tenho nada”. Palavras fortes que tocaram fundo o coração de nossa querida Tenente, que, por sua vez, encarava um julgamento na corte de família pelo direito de visitação da avó materna, recém descoberta, de seu filho Noah.

Com a força se dez gigantes (não sei se eu conseguiria), Olivia optou por ceder e deixar que a avó visitasse o neto. Com aperto no peito e dor de alma, viu seu bebê pegá-la pela mão para mostrar seu quarto e ouvir uma história para dormir.

Um episodio clichê, podemos dizer. Uma história parecida já havia sido mostrada em SVU, a diferença, desta vez foi pessoal, mexeu com todos, sentimos na pele.

As grandes protagonistas foram as mães desta historia que mostraram que este amor é sim o mais puro que já existiu. Admirei a sua força daquela que nunca desistiu de encontrar sua filha, força que a deixou cega e a fez acreditar que uma estranha era sua pequena. Admirei a força da mãe Olivia, que preferiu se ferir a correr o risco de ser obrigada a ficar um minuto sequer longe de seu filho do coração. Admiro sempre, a força de tantas mães por este mundo de meu Deus seja chorando e rezando por aqueles que não sabem onde estão, que se foram ou que, mesmo estando por perto, não estão mais ali.

Com o coração apertados esperamos ansiosos pelo próximo episódio, Unintended Consequences.

Avatar

LaryCarvalho

Mãe de 3 princesas, de 2 anjos de 4 patas e esposa dum homão da porra! Mantenho a mente sã legendando e assistindo série. Sempre tento ver as coisas pelo lado bom e espero sempre o melhor dos outros. Brasileira, mineira e feliz, Uai!

No comments

Add yours