Legends of Tomorrow – 1×10 – Progeny

397316-620x350
Imagem: Banco de Séries

[spacer size = “20”]

Continua após publicidade

Engraçado como ver toda essa dinâmica futurista e ditatorial me deu um ponto de vista diferente de LoT. A série cresceu um bocado com o tempo e vem mostrando que é mais do que um simples spin-off. Por mais que alguns plots estejam ZzZzZzZz, temos grandes atores em jogo que sabem bem o que estão fazendo…

Continua após a publicidade

Todo o universo DC foi ampliado neste último ano com a adição de contextos já apresentados antes, como universos paralelos e linha temporal. E isso tem efeito direto sobre os personagens. Vimos Ray no dilema sobre a possibilidade de um filho em 2016 e como isso afetou seu relacionamento com Kendra. Falando na garota, acho muito estranha essas aparições de Carter para ela, sinto que finalmente ele está próximo de um retorno, mas por enquanto nos contentamos com os flashbacks.

Continua após publicidade

Um ponto mais do que interessante de se ver na trama foi a adição de Per Degaton como um pequeno vilão em ascensão. A atuação do garoto foi mais que boa, a parte de discussão com Rip em frente ao lago mostrou uma posição de antagonista que talvez Savage não tenha apresentado até hoje. Toda a ideia de tirania combina com o universo da DC, uma vez que grandes vilões como Lex Luthor por exemplo (e espero que vocês entendam essa comparação), utilizam de suas mentes e palavras para influenciar seus oponentes e destabilizá-los.

397790-300x169
Imagem: Banco de Séries

Quando vemos este rosto podemos esperar por coisas boas, e realmente é. Wentworth é um ator de grande peso ao elenco e sua manutenção na série é crucial. O diálogo com Sara nos mostrou que apesar de cabeça dura, Snart tem seu lado humano. Da sua maneira, ele conseguiu resolver suas diferenças com Rory, mas parece que esta amizade ainda está abalada por todos acontecimentos. Como se não fosse o bastante, agora temos mais uma tropa vindo atrás de nossas lendas e estamos chegando ao fim da temporada. Então se preparem pois prevejo muito mais emoção nos episódios finais que nos restam…

Continua após publicidade
Mineiro, Escorpiano, 20 Anos, Estudante de Medicina. Direto do Arkham Asylum para o Mix. Eterno fã de Chuck, E.R. e Friends (RIP). Por entre as madrugadas vive a dualidade dos estudos e das séries. No Mix, escreve as reviews de Quantico, The Good Doctor e Legends of Tomorrow.