Liam Neeson afirma que escândalo sexual em Hollywood é “caça às bruxas”

Imagem: Lionsgate/Divulgação

Continua após as recomendações

Em plena campanha de divulgação para o lançamento do seu novo filme, The Commuter, Liam Neeson disse em entrevista recente que as denúncias de assédio, abusos e estupros em Hollywood provocaram uma criação de uma “caça às bruxas“. As informações são do The Hollywood Reporter.

Questionado sobre o assunto na RTÉ, uma das maiores emissoras de rádio e televisão da Irlanda, Neeson respondeu que “algumas pessoas, famosas melhor dizendo, são surpreendentemente acusadas de tocar o joelho de uma jovem e em seguida perdem seus empregos,” em referência ao caso do radialista Garrison Keillor que foi demitido da Minnesota Public Radio no ano passado por “comportamento inapropriado“.

Continua após a publicidade

O ator continou dizendo que “não foi equivalente ao que Harvey Weinstein fez” e que está “no muro” quanto às denúncias de assédio e má conduta contra o ator Dustin Hoffman. Por outro lado, durante sua passagem pelo The Late Late Show with James Corden na última sexta-feira (12), o ator elogiou o movimento #MeToo (Eu Também) e disse que é “saudável” a limpeza em algumas indústrias.

The Commuter estreou nos Estados Unidos na última sexta-feira (12), mas ainda não há previsão de lançamento no Brasil.

Nenhum comentário

Adicione o seu