Madam Secretary – 3×18 – Good Bones

Imagem: Twitter

Continua após as recomendações

Por mais que goste de assistir os maravilhosos resultados que um trabalho bem sucedido de diplomacia entregue ao mundo, a falta de um fracasso no trabalho de Elizabeth McCord e sua equipe é algo que vinha me incomodando bastante. Todos lembramos dos problemas de Hillary Clinton em Benzhazi, de John Carrey na Síria, de Condoleezza Rice na Guerra do Iraque e entre tantos erros notórios de Secretários de Estado. Foi aí que os roteiristas resolveram nos brindar com Good Bones.

Continua após a publicidade

Imagem: CBS

Seria leviano da minha parte fazê-los acreditar que o roteiro propõe mostrar a lambança do Departamento de Estado numa história semelhante à das garotas sequestradas pelo Boko Haram na Nigéria, pois o que temos aqui é a sensação de que nem todos deram o seu melhor, de que há lutas maiores a serem lutadas e que no final do dia, todos poderiam ter feito um trabalho melhor. E isso, meus queridos leitores, é exatamente o que Madam Secretary precisava entregar.

É verdade que é possível que a sensação após o término de Good Bones tenha sido de um episódio fraco, de uma história que girou em círculos e de performances na zona de conforto. Entretanto, não compartilho desta visão porque essa reorganização é exatamente àquilo que a série precisava para continuar seguindo com força. O poema, Good Bones de Maggie Smith, declamado nos minutos resume bem o meu sentimento ao assistir esse episódio.

O que me impressionou, positivamente, foi a introdução de um tema muito falado nos Estados Unidos no momento – orçamento. O problema é que na ficção a Secretária de Estado, que entende o seu trabalho e sabe a importância de cada dólar investido ali, consegue reverter a vontade do Congresso em cortar uma fatia importante do Departamento de Estado. Na vida real, entretanto, é possível que o legislativo corte 29% do orçamento anual do Departamento.

Good Bones é mais contido? Não há a menor dúvida. Desenvolve pouco em relação aos episódios anteriores? Com toda a certeza. Esse episódio é extremamente necessário não só para o futuro de Madam Secretary, como também o seu Season Finale.

Avatar

Bernardo Vieira

Catarinense e estudante de direito. Escrevo sobre entretenimento desde 2010, mas comecei com política internacional depois da campanha americana de 2016. Adoro uma premiação e um debate político, mas sempre estou lendo ou assistindo algo interessante. Quer saber mais? Me pague um café e vamos conversar.

No comments

Add yours