Marco Polo – 1×08/09/10

Marco Polo

Continua após as recomendações

 

Com sete episódios passados, chegamos ao oitavo, Rendering, que nos mostra o início do combate entre mongóis e os chineses rebeldes. Jia, mais uma vez, é o centro do episódio, afinal tudo aconteceu exatamente como ele queria. Com a morte do antigo chanceler e com a rainha em suas mãos ele volta a ter o posto de poder que tinha. A enormidade de sua maldade e do quanto ele está apto a manipular e matar para conseguir o que quer não pode ser medida.

Continua após a publicidade

Os mongóis marcham contra o ponto fraco na muralha apontado por Marco, que insiste em uma ataque rápido. Nesse ponto vale pensar: Ok, engolimos a conversa de “ele ser um par de olhos frescos que pode dar informações ao Khan” mas a influência dele sobre o imperador bárbaro é meio desconsertante. Quase surreal. Nesse ponto concordo com o príncipe Jinging que não se conforma com a moral dada pelo Khan ao forasteiro.

Byomba e Kuthurum estão cavalgando para o combate como um casal, afinal ele a derrotou. Não sei dizer exatamente o quanto o pai dela, Kaidu, gosta disso, mas ei, regras são regras e ela prometeu se entregar a quem a derrotasse em combate. Não tão feliz assim, esta Tulga e a Princesa Azul Kokishin. Ele planeja escapar com a confusão da guerra, mas ela não está muito disposta e… bom, termina com ele. Ele não leva isso muito bem e tenta matá-la mas acaba acertando seu acompanhante. Eu honestamente não sei qual é a de Kokishin ainda. Ela ama Tulga, ela odeia Tulga, ela joga uma cobra envenenada sobre Marco, ela dá mole para ele…

Quando as negociações começam, Yusuf e Jia não chegam a um acordo de paz e as coisas ficam piores entre Jia e o Khan. O encontro dos dois, finalmente, é interessante muito mais por colocar Jia numa posição até agora não vista: a de não saber nada inocente. Ele foi traído pela mulher que… ahn, ama. Eu acho. Do jeito dele, né? Seu desespero ao ser apresentado a imperatriz mongol, supostamente esta morta, é evidente.

Após presenciar a selvageria dos mongóis com seus prisioneiros, Marco entende que ali não é seu lugar e decide partir (pela nonagésima quarta vez….) e desiste (pela nonagésima quarta vez….) por que, adivinhem… Sim! A Princesa Azul agora decidiu que ama ele! Sexo na tenda compensa a cobra que ela colocou na caixa para matá-lo, certo? Também acho que não.

Então Marco marcha para o ponto falho da muralha com o exército e essa fraqueza se mostra mais uma armação de Jia. Era uma armadilha e o exército mongol é terrivelmente rechaçado dando espaço para o príncipe Jinging colocar Marco como o traidor que sempre suspeitou ser. Os protestos de Marco que ele é leal ao Khan são interrompidos pela espada do príncipe mongol e essa é bloqueada por Byomba, o meio-irmão do príncipe. É parece que ele realmente é amigo de Polo, e parece que o aventureiro latino está com seríssimos problemas…

mp1x09Esses problemas se mostram evidentes em Prisoners, nono episódio da série. Marco está preso e aguardando sua sentença de morte, mas é o Khan que se mostra o mais transformado. Quando o conhecemos ele era um poderoso imperador, temido e respeitado, que tinha palavras certas e conselhos duros para todos. Conhecendo-o melhor, vemos um homem em dúvida de si mesmo, manipulado pela esposa e distante da realidade do seu próprio reino.

Durante o julgamento de Marco, ele não está mais interessado se o estrangeiro é ou não culpado. Marco servirá de bode expiatório e no final de tudo sua religião, e a cruz que carrega no peito, terminam sendo sua perdição, além de suas palavras sobre as forças do oeste que não perdoarão as expectativas expansionistas do Khan. Ele possui ao seu lado apenas Yussef e Byomba mas isso é pouco. É isso, Marco será morto. (Não, não será, leia um livro de História!)

No lado chinês, Jia tem que lidar com a oposição, agora descarada, da imperatriz que tem ao seu lado o jovem imperador. Qual é a sua solução para todos que se opõe a ele? Por mais incrível que pareça ele despacha a imperatriz! Agora, tendo o jovem menino imperador ao seu lado, ele lhe presenteia com um Louva-Deus. Esse inseto cada vez mais explica como funciona a personalidade de Jia: mata os mais fracos impiedosamente, até mesmo sua cria, e também sua aversão a mulheres, visto que a fêmea Louva-Deus dá cabo do macho após a cópula. E esse é um destino que Jia luta muito para não ter.

Uma noite antes de sua execução, Marco é visitado em sua cela por Jinging. É a doce vingança do príncipe. Além disso, Kokashin é visitada pela imperatriz Mongol, que traz uma bela seda de presente. A líder Mongol ainda deixa claro que compartilha da situação de Kokashin. Saberia ela sobre a falsidade da princesa azul? Como já provou em episódios anteriores, a imperatriz se resguarda de qualquer tentativa da princesa azul em ajudar Marco colocando guardas na porta. Desesperada, Kokashin tenta se matar… mas não consegue. Que pena.

Cem Olhos tenta convencer o Khan a poupar Marco e o punir no lugar mas é Yussef, um dos melhores personagens do show, que toma seu lugar como traidor após a explicação de Marco sobre como vencer a guerra contra os chineses se baseando em uma campanha realizada por Alexandre. Yussef então procura o Khan e se acusa traidor, mandando cartas por todo reino, e tomando para si o tormento que seria sofrido por Polo, injustamente em ambos os casos todos sabemos. Ainda não esta claro quem tentou assassinar o Khan… essa resposta só virá na season finaleThe Heavenly and Primal! Todo o CGI, todo o porradeiro e a resolução dos conflitos entre a China e a Mongólia!

mp1x10A esperança de Marco Polo aqui é que a ideia que teve no fim do episódio passado, a utilização de maquinas de guerra para vencer os muros da cidade rebelde, traga a vitória aos Mongóis ou sua vida estará acabada, como o Khan faz bem questão de frisar. Não há mais a relação que foi construída durante a temporada, se é que um dia ela existiu. O imperador apenas quer ver o plano de Marco executado ou ele está acabado.

Querendo liderar a carga contra os Chineses, Lorde Kaidu, pai de Khutulum, ofende o imperador e é expulso junto com suas tropas e sua filha. Ele termina se excluindo da lista dos prováveis culpados pela tentativa de assassinato do Khan por deixar bem claro o quanto é descontente, assim, às claras.

Enquanto isso, a imperatriz Mongol Chabi, mostra toda sua determinação em fazer a princesa azul se casar com o príncipe Jinging. Ela faz o “teste” para comprovar sua virgindade intacta e ele obviamente falha… mas ela tenta com mais “brutalidade” e o sangue que comprova a pureza da Princesa Azul aparece e confirma que ela pode casar com o príncipe. A pergunta que fica é: porque?! Qual é o interesse na sórdida imperatriz em fazer com que uma falsa princesa se case com seu filho? Fica a dúvida para a temporada que vem…

A Princesa Azul consegue encontrar-se secretamente com Marco e explica sua situação de consorte de Jinging e propõe a ele um plano de fuga para serem felizes. A resposta dele para a mulher que ama, chamando-o para ficar com ela em vez de lutar uma guerra que não é sua e sim de um povo traiçoeiro, onde ele fez dois amigos, e que até ontem ia matar ele? Não, prefiro a guerra mesmo, vlw, flw. Olha, será que fui eu que não prestei atenção suficiente para saber que as motivações do personagem nesse ponto estão rasas demais e que ele sonha com essa mulher desde sempre? Talvez os roteiristas tenham deixado essa também para a temporada que vem…

O exército marcha para guerra e o momento da verdade chega! As máquinas de guerra de Marco Polo funcionarão? Ele será poupado?

A primeira tentativa falha miseravelmente mas, após alguns ajustes de Marco, o ataque do exército se inicia com a Muralha destruída. Bom, pelo menos uma parte dela. Mas o Khan não é o único com uma nova arma. Jia utiliza a mesma arma que usou para dar cabo da Imperatriz Chinesa contra os exércitos Mongóis, sem muito sucesso. A cidade está a mercê do Khan.

Jia despacha por um túnel secreto o jovem imperador e se preparada para o confronto final e quem se apresenta para ela é Marco.

Ele leva uma surra, como era de se esperar, mas quando Jia vai terminar o que começou Cem Olhos aparece. Se o combate com Marco era vitória certa para Jia, o velhinho cego não se mostra uma presa tão fácil e no fim do embate, o chanceler termina perdendo a cabeça…. literalmente

Jinging é ferido e Marco ajuda a salvá-lo, marcando uma relativa paz entre os dois, depois retorna para casa e… a Princesa Azul partiu! I say fuck that bitch! Byomba abandona a área do combate ao fim de tudo para se juntar a Khutulum e Lorde Kaido. Será terrível para o Khan, caso resolva tirar satisfação com o Lorde ter que enfrentar seu próprio filho. E é do próprio Khan a insatisfação final.

Ele venceu. E agora?

No fim de tudo Ahmad se junta a Mei Lee, que consegue escapar e fica claro, pelo mural do ministro, que ele era o autor dos planos contra o Khan. Realmente não foi uma reviravolta e os roteiristas optaram pelo óbvio. Seus planos ao final deixam todas as peças preparadas para a segunda temporada da série da Netflix, que já está confirmada!

Nos vemos lá!

Equipe Mix

Equipe Mix

Perfil criado para realizar postagens produzidas pela equipe do Mix de Séries.

No comments

Add yours